Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 28 de Dezembro de 2012 - 14:40

Mulheres respondem por 70% dos gastos na classe C

No Brasil, onde 40 milhões de pessoas ascenderam à classe média nos últimos 10 anos, as mulheres passaram de coadjuvantes a protagonistas no mercado de trabalho, na política e, principalmente, no convívio familiar.  De cada R$ 100 consumidos pela Classe C em produtos e serviços, as mulheres são responsáveis por R$ 70, informa o Correio Braziliense. O valor é quase três vezes maior do que gastam, proporcionalmente, as mulheres mais ricas. Nas classes A e B, dos mesmos R$ 100 despejados no mercado, elas participam com apenas R$ 25. De acordo com dados do instituto Data Popular, nos lares da Classe C são as mulheres que decidem quais alimentos a família vai consumir, quais hospitais ou médicos procurar e em qual escola os filhos vão estudar. “nesse novo quadro, quando o assunto é o orçamento familiar, quem toma as decisões na Classe C é a mulher”, disse ao jornal o ministro da Secretaria de Assuntos Especiais (SAE) da Presidência da República, Moreira Franco.

Histórico de Conteúdo