Contas de João Henrique, Louos e PDDU poderão ser votados nesta quarta
A bancada governista da Câmara Municipal de Salvador decidiu, durante a reunião de líderes desta terça-feira (11), que vai tentar votar o máximo de projetos nesta quarta (12), entre eles os mais espinhosos da atual legislatura. Os vereadores receiam que, devido à diplomação dos eleitos, não haja apreciação na semana seguinte. Durante o encontro, não houve entendimento entre os dois grupos. A ala da maioria pretende que se vote primeiro a reforma administrativa proposta por ACM Neto (DEM), seguida das alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Louos) e renovação da concessão do Aeroclube para 2056, o orçamento de 2013 e, por último, as contas do prefeito João Henrique de 2009 e 2010. Já a oposição quer votar apenas o orçamento, as contas e a reforma, e pretende obstruir a sessão.


Histórico de Conteúdo