Líder do PSDB protocola pedido de convocação de Marcos Valério na PGR
O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), solicitou nesta terça-feira (11), à Procuradoria-Geral da República (PGR), cópia das declarações atribuídas ao publicitário Marcos Valério e divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo. No ofício, o senador cita trechos da reportagem onde Valério cita o ex-presidente Lula e faz revelações sobre o caso da compra de votos no Congresso. Em justificativa à sua solicitação, Álvaro Dias diz que a matéria “traz novos elementos sobre o esquema de pagamentos de parlamentares, conhecido como mensalão, e que ainda não constitui inquérito”. Marcos Valério foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal como um dos operadores do esquema que, entre outras coisas, usava dinheiro de estatais e de bancos privados para comprar apoio político de parlamentares durante o governo Lula. De acordo com a reportagem, Valério teria admitido que o dinheiro também serviu para pagar despesas pessoais do ex-presidente. O requerimento de Álvaro Dias solicita acesso às declarações atribuídas a Marcos Valério. O pedido ainda será analisado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.


Histórico de Conteúdo