Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 02 de Março de 2012 - 00:00

Jonas Paulo avisa: ‘Wagner só subirá em palanque em que estiver à vontade’

por Evilásio Júnior

Jonas Paulo avisa: ‘Wagner só subirá em palanque em que estiver à vontade’
Foto: Betto Jr. / Ag. Haack/ Bahia Notícias
O presidente estadual do PT, Jonas Paulo, sem destinar o recado – apesar da declaração do deputado federal Daniel Almeida, de que o PCdoB avalia se juntar ao PMDB em Salvador –, pediu que os partidos da base aliada tenham atenção na hora de definir as suas alianças para as eleições municipais deste ano. Em telefonema ao Bahia Notícias, o dirigente petista salientou que, em alguns casos, as siglas contrárias poderão agir de forma oportunista. “A oposição se aquartela, como um biombo no cavalo de Troia, para fragilizar o nosso projeto e infringir derrotas ao governo”, salientou. Segundo Jonas, o governador Jaques Wagner já está “protegido” contra tais ações. “Nós jamais subiremos no palanque onde o governador não se sinta à vontade em subir”, alertou. Embora o sinal amarelo já esteja aceso para as composições híbridas, o presidente assegura que não haverá punições aos “insurgentes”, a exemplo de perda de cargos e secretarias. “Os tempos do chicote se esvaíram. Nós somos hoje liderados por um republicano chamado Jaques Wagner”, definiu.

Histórico de Conteúdo