Quinta, 26 de Janeiro de 2012 - 01:00

Vereador cobra aplicação de lei sancionada em 2010 para seleção de cordeiros

por Rodrigo Aguiar

Vereador cobra aplicação de lei sancionada em 2010 para seleção de cordeiros
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Todo ano, a proximidade do Carnaval faz ressurgir a eterna discussão sobre os cordeiros. No dia 25 de maio de 2010, o prefeito João Henrique (PP) sancionou uma lei que determinava que todos os seguranças de cordas contratados pelos blocos deveriam ser selecionados exclusivamente pelo Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-Obra (Simm). No entanto, a norma não entrou em vigor. O autor da proposta, vereador Alan Castro (PTN), reclama que a lei não entrou em vigor. A proposta também estabelecia que todos os escolhidos pelo Simm passariam por capacitação para exercer a atividade e que o Conselho do Carnaval, a Empresa Salvador Turismo (Saltur), as entidades carnavalescas e pedagogos deveriam ajudar na elaboração do conteúdo, execução, acompanhamento e avaliação da treinamento. "Os cordeiros são jogados à própria sorte durante o evento momesco, sem qualquer orientação para lidar com o público", lamenta o vereador.

Histórico de Conteúdo