Buerarema: Prefeitura diz que denúncia sobre locação de carros 'é inconsistente'
Foto: Reprodução / Atlantica News

A prefeitura de Buerarema, no sul baiano, declarou que a denúncia sobre gastos excessivos com locação de carros e combustíveis (ver aqui) é “inconsistente”. Na última quarta-feira (14) foi noticiado que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) denunciou o prefeito da cidade, Vinicius Ibrann, pela prática. Uma vereadora local, Riviane Barbosa Martins, afirmou que Ibrann teria alugado 100 carros, sendo que 24 deles apenas para atender o gabinete do prefeito.

 

Em nota ao BN, a prefeitura de Buerarema disse que a denúncia se originou de “interpretações equivocadas” de informações contidas no Siga [Sistema de Gestão e Auditoria] em 2016. Conforme a gestão, “apenas” sete carros estariam à disposiçãodo prefeito. Em um trecho da nota, a prefeitura declara que “o Município de Buerarema mantinha na época da denúncia 31 linhas de transporte escolar para a zona rural, 3 veículos na Secretaria de Infraestrutura (01 F4000, 01 F1000 e Caçamba), 1 Secretaria de Administração (Fiat Uno), 1 na Secretaria de educação (1 Estrada) e 1 veículo para o gabinete”.

Histórico de Conteúdo