Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Santo Amaro: Após representação ao MP-BA, TCM volta a multar Ricardo Machado
Foto: Reprodução / Bahia no Ar
Depois de formular uma representação ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra o atual prefeito de Santo Amaro, Recôncavo, Ricardo Machado (PT), na última terça-feira (26) (saiba mais), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) imputou uma multar no valor de R$10 mil ao gestor. Em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (27), o gestor foi punido por irregularidades na contratação sem licitação de uma empresa para captação de recursos, organização e produção de eventos para atender as festividades do município em 2013. A relatoria apurou que a contratação da empresa por R$3 milhões ocorreu de forma inadequada, através de chamamento público. De acordo com a Corte, não foram empregados recursos públicos municipais no acordo, e o município não obteve nenhum lucro ou benefício com a contratação dos serviços. Ainda assim, o órgão ressalta que seria mais “vantajosa, legítima e legal a realização de pregão presencial com ônus para a empresa vencedora”. Ainda cabe recurso da decisão.

Histórico de Conteúdo