Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cândido Sales: MP-BA denuncia motorista que causou morte de major
Major pilotava motocicleta quando foi atingido por carro/Foto: Blog do Anderson

Um homem suspeito de homicídio culposo por causar o óbito de um oficial da Polícia Militar foi denunciado nesta terça-feira (11) pelo Ministério Público do Estado (MP-BA). O fato ocorreu na noite do dia 17 de abril passado em um trecho da BR-116 de Cândido Sales, no Sudoeste baiano. O major Nivaldo Góes pilotava uma motocicleta quando foi atingido por um veículo dirigido por Lázaro Almeida Lima que invadiu a pista contrária. O oficial morreu no local. (lembre aqui)

 

Segundo o MP-BA, o denunciado estaria sob a influência de bebida alcoólica no momento do acidente. O homem tinha a carteira de habilitação vencida desde 2017. No dia do acidente, ele voltava de um bar onde teria consumido bebida alcoólica na companhia de um advogado. Ao dirigia a quase 100 quilômetros por hora, em um trecho onde o limite era de 80 km/h, ele teria perdido o controle do veículo, invadido a pista contrária e causado a colisão.

 

Logo após o acidente, o denunciado e o carona foram levados para o Hospital Geral de Vitória da Conquista. Ao fazer o teste de etilômetro, feito no momento da alta médica, mais de sete horas após o acidente, a concentração de álcool era de 0,08mg de álcool por litro de ar alveolar. 

 

O major Nivaldo Gões era comandante da 77ª Companhia Independente da Polícia Militar em Vitória da Conquista.

Histórico de Conteúdo