MPF pede que prefeituras de Belmonte, Porto Seguro e Cabrália removam manchas de óleo
Reprodução/Arraial Dajuda Ecoresort

Os Municípios de Belmonte, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, na costa sul baiana, foram cobrados pelo Ministério Público Federal (PRF) na Bahia quanto a providências sobre as manhas de óleo. Segundo recomendação, as prefeituras precisam adotar medidas para remoção do resíduo, com limpeza das praias afetadas e recuperação do ecossistema costeiro.

 

Segundo o procurador da República Fernando Zelada, autor da recomendação, o pedido visa conter o avanço das manchas e aplacar os danos ambientais causados pelo óleo. As manchas começaram a aparecer no litoral brasileiro há cerca de dois meses. O MPF na Bahia também orientou as prefeituras a seguir as normas técnicas indicadas pelo Ibama. Foi solicitado também que a cada 30 dias, as gestões apresentem relatório e documentação, atestando a adoção das medidas recomendadas.

 

Antes das recomendações às três cidades, os pedidos também foram remetidos às prefeituras de Ilhéus, Itacaré, Maraú, Cairu, Una, Canavieiras e Camamu. 

Histórico de Conteúdo