Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Jaguaquara: Câmara ‘salva’ gestão de ex-prefeito e rejeita de novo parecer do TCM
Foto: Reprodução / Blog do Marcos Frahm

Com votos de 14 vereadores dos 15 da Casa, os legisladores de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, descartaram o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) e aprovaram as contas de 2019 do ex-prefeito Giuliano Martinelli (PP).

 

Segundo o Blog do Marcos Frahm, apenas um vereador, Rodrigo Dias (PSD), votou pela confirmação do relatório que indicou a rejeição das contas do ex-gestor (ver aqui). Essa é a segunda vez que a Câmara local “absolve” o ex-prefeito. Em junho, os edis derrubaram o parecer que rejeitou as contas de 2018. 

 

Martinelli teve a gestão de 2019 rejeitada por ter extrapolado o limite de gastos com despesa de pessoal, além de não comprovar o pagamento de multas impostas pelo mesmo TCM-BA.

 

O gestor tinha ainda sido multado em um total de R$ 80,2 mil, o que inclui irregularidades no relatório técnico. Validaram as contas do prefeito os vereadores: Nildo Pirôpo (PP), Élio Boa Sorte (PP), Bode da Saúde (PP), Julival do Breguesso (PCdoB), Nei Filho (PP), Gilmar Fonseca (PCdoB), Dermeval Gama (Republicano), Alex Moraes (PL), Tia Nalva (PP), Cristiane Pinheiro (PP), Júnior da Kombi (PSD), Caneço (PP), Uelson (PP), Antonio Barbosa (PP).

Histórico de Conteúdo