Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Conquista: Grupo faz passeata e cobra justiça em feminicídio que vitimou jovem
Foto: Reprodução / TV Bahia

Familiares e amigos de Sashira Camilly Cunha Silva, de 19 anos, protestaram neste domingo (26) em Vitória da Conquista, no Sudoeste. A jovem foi assassinada pelo ex-namorado e dois comparsas no dia 15 de setembro. O corpo dela foi encontrado um dia depois. O ato cobrava justiça ao caso. Segundo a TV Bahia, o grupo usava camisas com o rosto da vítima e trazia cartazes com menção à Justiça. Os três acusados seguem presos.

 

Um deles é o ex-namorado Rafael Souza, que tramou e confessou o crime (ver mais aqui). Os outros dois suspeitos foram delatados por Rafael e foram identificados como Marcos Vinícius Fernandes e o Felipe Gusmão. À polícia, Rafael disse que dopou Sashira com um remédio de uso controlado e a esfaqueou no pescoço e no rosto.

 

No entanto, ele não teve coragem para matá-la e contou com a ajuda de outro suspeito, que pegou o carro da vítima e terminou de matá-la. Já o terceiro envolvido teria sido o ele entre Rafael e o segundo suspeito, que não eram próximos.

 

Em depoimento, os dois envolvidos alegaram que não sabiam que a vítima seria Sashira. Antes do crime, Rafael já tinha agredido Sashira. O fato ocorreu quando a jovem tinha 17 anos.

Histórico de Conteúdo