Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 23 de Setembro de 2021 - 18:55

Região do Médio Sudoeste da BA registra aumento de 63,46% em crimes violentos letais

por Vitor Castro

Região do Médio Sudoeste da BA registra aumento de 63,46% em crimes violentos letais
Foto: Reprodução / CNJ

O levantamento feito pelo Anuário de Segurança Pública da Bahia, divulgado nesta quinta-feira (23), revela que a região do Médio Sudoeste, formada por 13 cidades, registrou um aumento de 63,46% no número de crimes violentos letais intencionais. O inverso foi registrado no território de Irecê, uma redução de 20,65 % neste tipo de crime. Em relação aos índices de registro de homicídios dolosos, o médio sudoeste também figurou com o maior aumento (61,54%).

 

De acordo com os dados do levantamento (veja aqui), a região formada pelas cidades de Caatiba, Firmino Alves, Ibicuí, Iguaí, Itambé, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Macarani, Maiquinique, Nova Canaã, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, figurou como a mais violenta da Bahia. Se em 2019 foram registrados 52 crimes violentos e letais, em 2020 o número chegou a 85. 

 

Já o território de Irecê, formado pelas cidades de América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Ipupiara, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, Uibaí, São Gabriel, Xique-Xique, registrou a maior redução. Se em 2019 foram registrados 89 crimes letais, no ano passado o número caiu para 71.

 

Ao analisar os números referentes às vítimas de homicídios dolosos, os dados levantados pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) em parceria com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), revelam que a cidade de Itapetinga registrou o aumento de 56,86 %. Em 2019 foram registrados 51 homicídios dolosos, contra 80 registros no ano seguinte.  

 

A maior redução foi observada na cidade de Serrinha, na região Sisaleira. O município, que havia registrado 169 homicídios em 2019, chegou em 2020 com 126 registros. O que aponta uma redução de 25% nestes crimes. 

Histórico de Conteúdo