Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Simões Filho: Informais do Ceasa protestam ante risco de privatização do espaço
Foto: Juliana Almirante / G!

Trabalhadores informais do Centro de Abastecimento da Bahia (Ceasa) em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), protestaram nesta quinta-feira (16). Segundo a TV Bahia, eles temem ser excluídos com uma possível privatização do espaço. Mais de 2,5 mil pessoas trabalham como informais no local.

 

À emissora, o presidente da associação que representa a categoria, Osvaldo Bernardinho, disse que os profissionais não estão preocupados com o novo modelo do espaço, mas com a forma com que ela seja feita.

 

Nesta quinta-feira (16), uma audiência pública com membros da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) ocorrerá pela internet. Porém, os trabalhadores informais argumentam que não têm acesso de qualidade para acompanhar o que será decidido na reunião.

 

Segundo o chefe de gabinete da SDE, Luiz Gugé, os trabalhadores informais e avulsos terão seus espaços de trabalho assegurados. 

Histórico de Conteúdo