Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Madre de Deus celebra acordo com empresa que adquiriu ativos da Petrobras na RMS
Foto: Divulgação

A prefeitura de Madre de Deus assinou, na tarde desta quarta-feira (8), um memorando de intenções com a empresa MC Brazil S/A, representante nacional do grupo árabe Mubadala, proprietário da Acelen, que adquiriu os ativos da Petrobras na Região Metropolitana de Salvador, como a Refinaria Landulpho Alves (RLMA) e o Terminal Marítimo de Madre de Deus (Temadre).

 

“Um momento histórico, que tenho certeza trará grandes frutos para nossa cidade, garantindo o futuro da nossa gente”, declarou o prefeito de Madre de Deus, Dailton Filho (PSB).

 

O documento assinado nesta quarta é um acordo prévio entre a prefeitura e a empresa, com foco em princípios e ações que nortearão as relações entre as partes, dando início a estudos para intervenções urbanas e investimentos, pautados na responsabilidade social e ambiental.

 

“Esse é o final de um processo de negociação que começamos em fevereiro, e o início de um novo tempo para a cidade, tenho certeza. Garantimos o desenvolvimento sustentável como guia das intervenções urbanas que virão no bojo dos investimentos que a Acelen fará em Madre de Deus. Teremos nos próximos anos muitas novidades, sobretudo na requalificação de áreas, melhorando a infraestrutura, gerando mais qualidade de vida e oportunidades para os moradores”, prometeu André Ferraro, secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

 

Primeiro município do entorno da RLAM a assinar um acordo com a Acelen, a prefeitura de Madre de Deus ainda busca um acordo com a Petrobras, para a resolução do conflito acerca do passivo ambiental deixado pela empresa durante suas décadas de atuação na cidade (leia mais aqui).

 

“Agora iremos nos empenhar em também resolver as pendências com a Petrobras, para uma saída tranquila, compatível com a importância da empresa na nossa história. Estou confiante também em chegar nesse acordo”, finalizou o prefeito Dailton Filho.

Histórico de Conteúdo