Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Feira de Santana: Representantes da APLB protestam contra aulas presenciais
Foto: Reprodução / Paulo José - Acorda Cidade



Em Feira de Santana, no Portal do Sertão, professores e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), realizaram, nesta segunda-feira (2),  uma manifestação em frente ao Núcleo Territorial de Educação (NTE 19) contra o retorno das aulas semipresenciais implementado na última segunda-feira (26). 

Em entrevista ao site Acorda Cidade, a presidente da APLB, Marlene de Oliveira, informou que a categoria deseja dialogar com os representantes do estado, pois segundo ela, este ainda não é o momento de retornar com o ensino híbrido.

"Estamos aqui para mostrar o nosso descontentamento, estamos repudiando a atitude do governador de baixar o decreto para que as aulas semipresenciais possam retornar. Os professores estão trabalhando sim, porém ele quis atender aos apelos do setor particular, porque a educação virou uma mercadoria aqui no Brasil e por negligência, o Estado abandonou as escolas e agora a educação que está sucateada aqui em nosso país. Teremos um diálogo nesta terça às 18h para que a gente tenha um diálogo com relação a tudo isso", afirmou.



Histórico de Conteúdo