Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Professores da rede municipal protestam em Feira de Santana após atraso de salários
Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Professores da rede municipal e representantes da Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) da cidade de Feira de Santana, no Portal do Sertão se reuniram nessa segunda-feira (10), em frente a Secretaria de Educação da cidade para cobrar o pagamento do salário do mês de abril à aproximadamente 800 servidores da educação. 

Em entrevista ao site Acorda Cidade, a presidente da APBL Marlene de Oliveira  justificou o ato. "Nós viemos aqui cobrar mais uma vez do governo municipal o salário dos professores e todos sabem que aqui em Feira de Santana, os professores estavam com os salários cortados há um ano e o prefeito sempre dizendo que não estavam tendo atividades. As atividades voltaram de forma remota e os professores continuam utilizando os aparelhos pessoais, no dia 29 de abril foi feito o pagamento e quase 800 professores ficaram sem salários, sem receber as 20h", disse.

Ainda de acordo com a presidente da APLB, a secretária de Educação Anaci Paim, informou a categoria que a falha ocorreu devido a um problema no sistema.

"A professora Anaci informou que foi uma falha do sistema, e a gente sabe que quando tem um erro assim, sempre joga pro sistema, mas o que queremos é o pagamento dos salários dos professores porque não tem condições dos professores ficarem dessa forma. Ela ficou de nos dar uma resposta até amanhã para que faça outra folha extra, porque já tinha sido feito uma folha extra e agora vai ter que fazer outra para poder pagar os professores que estão passando necessidades aqui em Feira de Santana", disse.



Histórico de Conteúdo