Irecê: Prefeito diz que pedirá reconsideração do TCM em caso de rejeição de contas
Foto: Reprodução / Jacobina Notícias

O prefeito de Irecê, no centro norte baiano, Elmo Vaz, se defendeu sobre a posição do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) que rejeitou as contas do gestor de 2018. A Corte ainda aplicou multa de R$ 10 mil devido a abertura de créditos suplementares acima do permitido na Lei Orçamentária Anual (LOA) (ver aqui).

 

Em nota, Elmo Vaz disse que não cometeu nenhum ato de irregularidade e que vai pedir reconsideração do TCM-BA em relação ao caso. Segundo o prefeito, falhas técnicas ocorridas não se configuraram como improbidade administrativa.

 

“O gestor tem demonstrado um exemplo de gestão qualificada, com excelentes resultados em todas as áreas do governo, o que tem resultado em importantes conquistas para a população, especialmente em obras estruturantes de interesse público”, afirma trecho da nota.

Histórico de Conteúdo