Crimes homofóbicos em Jequié e Salvador estão sendo acompanhados, diz SJDHDS
Foto: Reprodução

Os dois homicídios motivados por homofobia que aconteceram nesta semana em Jequié e em Salvador estão sendo acompanhados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS). A pasta informou que está fazendo isso através da sua Superintendência de Direitos Humanos, com ajuda do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA).

 

Na última segunda-feira (4), Paula dos Santos, mulher transexual, foi encontrada morta em uma localidade da cidade de Jequié, no Sudoeste do estado. E nesta quinta-feira (7), o jovem Rodrigo Santos foi assassinado brutalmente no bairro de Fazenda Coutos, em Salvador. 

 

Desde junho deste ano, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a homofobia é considerada crime.

Histórico de Conteúdo