Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eures diz que oposição tenta descredibilizar sua gestão após bloqueio de bens
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

O prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), disse neste sábado (15) que a oposição em vez de debater propostas para o município fica especulando questões do processo em que a Justiça que aprecia. "Quem não trabalha busca outras formas de tentar se projetar. A oposição não está acostumada com um governo que tem o maior índice de investimento e conclusão de obras que a cidade já viu. Não sabem o que fazer" , afirma o gestor.

 

A Justiça decidiu na última terça-feira (11) manter bloqueados os bens de Eures. O valor bloqueado chega a R$ 12,2 milhões e visa assegurar o ressarcimento de supostos desvios de verbas da prefeitura de Bom Jesus da Lapa. De acordo com a Folha do Vale, o Ministério Público Federal (MPF) apura suposto envolvimento de Eures em um “esquema organizado e continuado de fraude a licitações, superfaturamento de preços e desvio de recursos públicos no setor de transporte escolar no município”. 


Sobre a decisão, Eures declarou que trata-se de uma ação cautelar, em que mais uma vez o juiz federal não acata o pedido para afastamento e mantém o bloqueio dos bens para devida investigação. “Essa decisão só reafirma que já havia sido firmado na decisão cautelar de outubro de 2018 ", falou. 

 

"Sobre políticas públicas nas áreas de educação, saúde, esporte a oposição não quer debater. Nunca fizeram nada pelo município", alfineta o prefeito.

Histórico de Conteúdo