UPB cobra e secretário se compromete a agilizar repasses atrasados da saúde
Foto: Divulgação / UPB

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, cobrou em reunião desta terça-feira (12) com o secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, os repasses da saúde dos anos de 2014, 2018 e 2019. Os aportes estariam em atraso. Segundo Ribeiro, o secretário se comprometeu a mandar ordem de pagamento para a Secretaria da Fazenda (Sefaz). Pelo acordo, ficarão de fora dos pagamentos os atrasos de 2014, que terão outra tratativa.

 

“A saúde é prioridade na gestão tanto dos municípios quanto do estado. Estive aqui para requerer um direito do município e consequentemente do povo. Repasses em dia significam melhoria da saúde. Fábio foi sensível ao pleito, tanto que já se comprometeu em regularizar”, disse Ribeiro.

 

Conforme a UPB, os atrasos envolvem três repasses: Incentivo Financeiro Estadual para a Estratégia de Saúde da Família (ESF) - seis parcelas de 2014 (julho a dezembro) e duas de 2019 (janeiro e fevereiro); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) - duas parcelas de 2014 (novembro e dezembro), três parcelas de 2018 (outubro a dezembro) e duas de 2019 (janeiro e fevereiro); e Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) - quarto trimestre de 2018.

Histórico de Conteúdo