Una: Acusado de matar dono de pousada é condenado a mais de 20 anos de prisão
Foto: Reprodução / TV Santa Cruz

Um homem foi condenado a 21 anos, 10 meses e 15 dias de prisão pela morte do dono de uma pousada em Una, no litoral sul baiano. O júri popular ocorreu nesta quinta-feira (21) no fórum da cidade. Já o crime aconteceu em dezembro de 2017 (lembre aqui). Segundo a TV Santa Cruz, José Cardoso dos Santos, que trabalhava de motorista da pousada, era acusado de matar a tiros Crispim Gomes, de 65 anos.

 

A audiência começou às 10h e e terminou por volta das 20h. Foram ouvidos um policial militar, que atendeu a ocorrência na época do crime, e outros funcionários da pousada. No depoimento, o agora condenado acusa a mulher de Crispim Gomes como mandante do crime. Lícia Ferreira Brasil chegou a ser presa, mas negou as acusações. Atualmente, ela aguarda julgamento em liberdade. Após a audiência, José Cardoso foi levado para um presídio.

Histórico de Conteúdo