Quarta, 04 de Julho de 2018 - 08:05

Mestre Cervejeira gaúcha empreende em Lauro de Freitas

por Iga Bastianelli

Mestre Cervejeira gaúcha empreende em Lauro de Freitas
Foto: Reprodução / Facebook

Para a gaúcha Débora Lehnen, 34, as experiências sempre foram inovadoras. O hábito pelo artesanal, “faça você mesmo”, fez parte do seu cotidiano desde a infância. Com isso, Débora, e a equipe inovam o mercado cervejeiro e propõem uma transformação no consumo, que prioriza o prazer da degustação.

 

Técnica, Bacharel e Mestra em química, pela UFRGS e pela Universidade da Califórnia, em 2010, fez seu primeiro curso de cervejas, e quatro anos depois, ao mudar-se para Salvador, percebeu o potencial do mercado e dedicou-se a esse nicho. A busca a levou até a Escola Superior de Cerveja e Malte, a primeira da América Latina a se dedicar exclusiva ao ensino, pesquisa e extensão da bebida mais consumida no país. O curso de Sommelier de Cerveja na Doemens Akademie, completa as especificações técnicas.

 

A PROA Cervejaria, comandada pela Mestre cervejeira Débora, fica cidade de Lauro de Freitas, com capacidade de produção de 18 mil litros/mês, e num prazo de 48 meses espera operar na sua capacidade máxima de 44 mil litros/mês. “A boa localização, onde temos empresas, residências, além de estarmos no caminho das principais praias do litoral norte, torna Lauro de Freitas uma boa escolha, além de comportar muito bem um bar de fábrica, com capacidade superior a 100 pessoas”, afirma Débora.

 

Debora foi além, a fim de estimular a economia local, gerando emprego, renda a empresária reforça que ao beber uma cerveja produzida na sua cidade o consumidor é beneficiado com uma bebida mais fresca e com preço mais em conta. “Existe uma máxima no mundo das cervejas artesanais que é a melhor cerveja é aquela que você vê a chaminé da fábrica”, conta a mestre cervejeira.

Histórico de Conteúdo