Quinta, 28 de Maio de 2020 - 20:05

Especialista em sono explica que dormir melhora a imunidade

por Iga Bastianelli

 Especialista em sono explica que dormir melhora a imunidade

 

Muito se fala que um sono de qualidade contribui para a saúde mental e a estabilidade emocional. Num momento como este, de pandemia causada pelo Coronavírus, o fato tornou-se ainda mais relevante, indo além do equilíbrio emocional: os efeitos sobre o corpo causado pela sono prolongado também promovem mais eficiência imunológica no combate à Covid-19. 

Para Verena Senn, PhD em neurociência e especialista em sono da Emma Colchões, startup global voltada à tecnologia do sono, uma noite bem dormida está diretamente ligada ao equilíbrio do sistema imunológico, que protege o corpo contra o vírus, aumentando a capacidade de proteção. 


Mas, para que essas funções protetoras tenham a mais alta performance, o sono prolongado é de suma importância, pois dormir pouco regularmente torna o sistema imunológico mais suscetível a doenças e infecções. Pesquisadores têm estudado como o número de glóbulos brancos se desenvolve quando dormimos menos. Resultado: um teste feito com grupos que dormiam apenas quatro horas, ao invés de oito por noite, experimentaram uma diminuição na proporção de suas células assassinas naturais em 70%. Esta é uma descoberta científica marcante e um claro apelo para o sono recomendado e de qualidade. 

Assim, a especialista alerta que o sono é um grande aliado ao aumento da imunidade corporal e, eventualmente, ao combate mais eficiente aos vírus. "Neste aspecto, um colchão de qualidade, que permita a adequação ao corpo alinhando firmeza e maciez simultaneamente pode ajudar neste desafio de obter um sono revigorante em meio a este momento de ansiedade e estresse que estamos vivendo", finaliza Verena. 

Histórico de Conteúdo