Segunda, 23 de Setembro de 2019 - 10:05

Modelo baiana Barbara Valente foi destaque no desfile da marca Bottega Veneta em Milão

por Iga Bastianelli

Modelo baiana Barbara Valente foi destaque no desfile da marca Bottega Veneta em Milão


A Bottega Veneta desfilou sua coleção de Verão 2020 na Semana de Moda de Milão. Sensação do streetstyle ao redor do mundo nos últimos meses, a grife de luxo italiana tem conquistado as fashionistas com novas e disruptivas silhuetas de bolsas, calçados e vestuário.

Para abrilhantar ainda mais a segunda coleção desfilada pelo Diretor Criativo Daniel Lee, a top russa Irina Shayk cruzou a passarela usando uma bolsa marrom em acabamento intrecciato e vestindo um maxi coat preto. O desfile ainda contou com a brasileira Bárbara Valente, que teve a missão de abrir o show. A modelo baiana apresentou um dos looks-chave da coleção, com colar dourado de correntes, maxi bolsa na cor creme e vestido preto de um ombro só.

 

Coleção Emílio Pucci 


Revelada à imprensa na semana passada, em Milão, a coleção de Emílio Pucci mistura extravagância e tecnologia, sofisticação e praticidade, estilo esportivo e elegância.
As raízes da marca são resgatadas por meio das silhuetas dos anos 60, época em que a marca introduziu tecidos esportivos com elastano em leggings caleidoscópicas que evocavam um senso de dinamismo. Essa mesma ideia se materializa agora em silhuetas ajustadas, que desenham o corpo e remetem ao universo esportivo.
Os looks de apelo noturno apostam num glamour sem esforço de vestidos bordados com lantejoulas, de um smoking desenhado como um macacão, de calças fluidas em georgette, de parcas de seda, além de top tipo lenço em variações de pink, vermelho, roxo, branco e preto.

 

SPRING-SUMMER 2020 BVLGARI 

 

Detalhes inspirados em joias, reinventados em um clima Glam Rebel, o poder do vermelho injetando carisma em novos modelos e um mundo imaginário voando com asas mágicas: para a coleção SS20, a Bvlgari lança um novo feitiço com Serpenti, infundindo seu criativo savoir-faire em uma coleção eclética e multifacetada.

A arte da joalheria e a expertise em artigos de couro se reúnem no clima Glam Rebel. Correntes cintilantes cobrindo couros requintados ou transformando-se em combinações de brilhantes geométricos, pedras preciosas transformando-se em tachas ousadas e peles ultra luxuosas brilhando como as pedras coloridas mais preciosas: desde Serpenti Forever até Serpenti Diamond Blast, a Bvlgari acrescenta um toque de irreverência aos seus icônicos artigos de couro usando técnicas de artesanato inexploradas. Mesmo na opção XXS, a nova bolsa Serpenti Micro Cabochon brilha com preciosidade, com peles premiadas vestindo a mini versão deste modelo ultra macio.

Com o poder do vermelho, a temporada chega à todo vapor. O mais vibrante de todos os tons ilumina vários estilos, indo desde a Serpenti Forever na pele de Python até Serpenti Diamond Blast, passando pela bolsa saco Serpenti Forever em couro de bezerro, e também se transforma perfeitamente no tom da nova mochila Serpenti Cabochon backpack, o mais recente acessório indispensável que une praticidade com suavidade e glamour indiferentes.

 

Desfile Primavera Verão 2020, Salvatore Ferragamo

 

Família - a cola que nos une - e as tradições artesanais da casa formam as bases de uma coleção Salvatore Ferragamo que é leve, brilhante e feita para uma vida alegre nos anos 2020.

Paul Andrew explica: "Tudo começou com uma foto na lareira da minha mãe, minha e do meu irmão nas férias de verão na Itália, quando erámos crianças no anos 1980. Estávamos vestindo bermudas com estampas impactantes e sorrindo. Eu queria trazer esse sentimento de diversão e inocência banhada pelo sol para um contexto moderno através de uma coleção que é fisicamente leve, conhecidamente burguesa, mas que também tem uma profundidade tangível, uma substância e um cuidado em sua construção".

O ícone da marca, o sapato Vara, criado em 1979 por Fiamma Ferragamo, filha do fundador Salvatore, é carinhosamente reinventado como o Viva. Novas estampas apresentando a Fonte de Netuno de Ammannati, do século 16, em Florença - recentemente restaurada graças ao investimento da família Ferragamo - contrastam com as estampas de tulipas enormes das jardineiras curtas frente-única, gorros, vestidos longos de seda, camisa masculina e swimwear.

Saias balonê, calças com tornozelo apertado, coletes de alfaiataria e macacões pantalona são um afetuoso resgate do estilo italiano dos anos 80, na maioria das vezes em couro e em uma paleta de cor que remete à tradicional fabricação de Murano

A nova bolsa expansível de três bolsos Ferragamo vem em lona de linho forrada com couro, tecida à mão com malha de couro, pele de avestruz e bezerro e é apresentada em um novo tamanho para o ombro.

Paul Andrew diz: "Precioso mas nunca pesado, essas são roupas, sapatos e bolsas para serem adoradas por muito mais do que uma temporada, são para muitos outros verões que virão".

Histórico de Conteúdo