Empresas abertas por mulheres cresce 118% no último ano 

 Que o mercado de trabalho empreendedor cresce em um ritmo acelerado não é segredo para ninguém - o Brasil atingiu a marca de 52 milhões de brasileiros em idade produtiva desempenhando algum tipo de atividade empreendedora no início de 2019, segundo o Global Entrepreneurship Monitor (GEM). O que a Contabilizei, um dos maiores escritórios de contabilidade do país e o pioneiro a oferecer os serviços 100% online mostra ao analisar sua base de clientes, é que a mulher tem papel definitivo nesse crescimento. 

Só em 2019 o número de empresas abertas por mulheres cresceu 118% quando comparado ao número de 2018, segundo dados da startup. Dados do Sebrae reforçam a representatividade feminina no mercado empreendedor - o último número divulgado mostra que já são 24 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil. "O crescimento ano após ano do número de mulheres proprietárias dos seus negócios demonstra não só o fim definitivo do mito de que empreender é coisa de homem, mas que nós, mulheres, somos uma força essencial para o crescimento do cenário empreendedor brasileiro", comenta Marihelen Santos, gerente de sistemas da Contabilizei. 

Quando os dados da empresa são analisados sob o ponto de vista regional, os estados do Rio de Janeiro e do Paraná são destaque, com 27% e 25% de mulheres à frente dos seus negócios, respectivamente. Outro dado interessante é de que as empreendedoras dominam o segmento de comércio - seja em e-commerces ou lojas físicas -, representando 39% das empresas ativas da Contabilizei. 

 

Histórico de Conteúdo