Quarta, 06 de Novembro de 2019 - 09:05

Qual destes estilos de decoração é o seu?

Qual destes estilos de decoração é o seu?

 

Moderno, Sofisticado, Rústico, Romântico. Essas são algumas opções de estilos para você decorar o seu cantinho para que fique do jeito que imaginou! E neste momento de decorar seu ambiente, um bom primeiro passo é saber qual o tipo de decoração é a sua cara. Se você está mudando ou só quer saber qual é o perfil que mais se adequa ao seu gosto, selecionamos um quiz da EasyDeco , plataforma que conecta clientes a arquitetos e designers de interiores de todo o país, para descobrir o que mais combina com você! 

 

“Conhecer e entender o seu estilo é fundamental para quem quer decorar o apartamento ou casa. Você pode achar incríveis todas aquelas ideias de decoração da internet, tão diferentes e modernas. Mas tenha certeza: somente o seu estilo de decoração vai deixar sua sala de estar, sua sala de jantar ou seu quarto com a sua cara”, explica Miriam Yokoyama, CEO da EasyDeco. 

 

Moderno Sofisticado 

Para ter um ambiente deste estilo, aposte na simplicidade e nas características do estilo minimalista. Dessa forma, além de trazer muita beleza para a composição, cada item da decoração será bastante funcional para o dia a dia. Invista em mobílias de madeira, itens decorativos coloridos e com diferentes texturas, no uso correto do espelho para ampliar as dimensões com sutileza e elegância, entre outros.

Moderno Prático 

Esse estilo é para quem entende a necessidade de uma casa descomplicada. Com a correria do dia a dia, tudo que vier para facilitar é bem vindo. 

É o mais versátil, já que é capaz de criar um ar sofisticado sem perder a funcionalidade. Ele também permite agregar elementos de muita personalidade, exprimindo a essência do morador, além de toques de outros estilos, como o cool, romântico, clássico chic etc. 

Rústico 

Use e abuse da madeira e de cores terrosas, que remetem à natureza. Rústico não é sinônimo de precário: a decoração rústica pode ser tanto elegante quanto despojada. Não importa qual é a sua intenção: se você gosta de um ambiente quente e acolhedor, com um visual que tenha presença e personalidade, vai se apaixonar por esse estilo!

Romântico 

Para quem tem o estilo delicado, adora cortinas, almofadas, rendas, tapetes e estofados. Gosta de misturar algumas peças mais retrô com outras de desenho simples, e nas cores prefere os tons pasteis. Coloque peças com desenho clássico na composição: cadeiras ou peças menores, como abajours e espelhos. Use rendas e transparências: nas cortinas, almofadas ou mesmo em peças de vidro. Espalhe pequenos arranjos de flores em vasos de porcelana, cristal ou vidro pelo seu ambiente. 

Clássico 

O clássico é um dos estilos mais utilizados. A sua característica de atemporalidade é um dos grandes motivos por não cair em desuso. O uso de cores neutras, como branco, marrom e outras cores em tons claros, também atrai bastante os adeptos desse estilo. Nesse cenário, a decoração é ideal para quem busca um ambiente luxuoso, sóbrio, elegante e aconchegante. 

Divertido 

O bom desse estilo de decoração é que ele pode ser criado de forma simples e prática por meio de cores vibrantes, estampas no estofado, quadros com detalhes inusitados, entre outros. 

Além disso, ele pode ser implementado em diversos ambientes da casa, como a sala de estar, o quarto do casal ou das crianças, a cozinha, o escritório etc.

Aconchegante 

Utiliza-se muito a luz natural, com elementos que oferecem uma composição simples, mas ao mesmo tempo, proporciona sensações de aconchego, como a madeira, velas, plantas e texturas macias. 

Quadros com gravuras minimalistas e porta retratos com fotos da família e de momentos marcantes adicionam ainda mais a marca do morador dentro deste estilo. E quanto mais pessoal for o espaço, mais apropriada fica a decoração. 

Industrial 

A ideia é usar alguns recursos como tubulações e canos aparentes, paredes de tijolos, pisos de cimento queimado, móveis práticos e baratos , itens enferrujados, sofás e poltronas com aparência de estofado desgastado, entre outros. 

O mobiliário em madeira também pode ser aderido, como baús e caixotes, bem como prateleiras de ferro e outros itens de metal. A paleta de cores ideal é aquela que harmoniza tons sóbrios, como o marrom, o cinza e o preto, com cores quentes, como o vermelho e o laranja. 

Cool 

A dica fundamental para quem escolher esse estilo é saber combinar as cores para não criar um ambiente com poluição visual. O objetivo é um ambiente retrô alegre e cheio de personalidade — e não uma decoração brega.

Minimalista 

Esse estilo busca criar um ambiente apenas com itens que são essenciais para a rotina do cotidiano. Ou seja, menos será sempre mais! O intuito aqui é compor um ambiente organizado e limpo, que transmita paz e tranquilidade. 

A paleta de cores utilizada para compor esse estilo segue a linha de tons claros, como branco, off-white, bege e cinza.

Colonial 

O toque histórico e tradicionalista do estilo colonial deixa a decoração muito mais familiar e intimista. 

Apostar em janelas e portas bem grandes é uma boa escolha para garantir o estilo colonial na arquitetura da sua casa. Além disso, molduras, lustres e objetos clássicos ficarão ótimos na decoração. 

Sobre a EasyDeco 

Fundada em 2017, a EasyDeco é uma plataforma 100% online que conecta clientes a arquitetos e designers de interiores com a possibilidade de contratar projetos e comprar todos os produtos com a praticidade da internet, com base no valor estipulado pelo próprio cliente.

 

Quinta, 31 de Outubro de 2019 - 10:05

Por dentro de alguns ambientes da CASACOR

por Iga Bastianelli

Por dentro de alguns ambientes da CASACOR

Bangalô Cravo e Canela de Jéssica Araújo

 

O bangalô Cravo e Canela consiste em um refúgio, um lugar para se encontrar e permitir aflorar os seus instintos genuínos que somente um lugar conectado com a natureza pode proporcionar. A arquiteta Jéssica Araújo optou por idealizar um bangalô, para explorar com mais qualidade a luz natural e possibilitar sensações distintas traduzido em arquitetura.

 

“Sempre pensamos em trazer um conceito diferenciado para nossos ambientes na CasaCor Bahia, bem como deixar explícito a nossa identidade arquitetônica que consiste em integrar o natural e o urbano de forma harmoniosa e com um toque de personalidade”, explicou a arquiteta Jéssica. Neste ano, seguindo o entendimento de Planeta Casa Jéssica trouxe a mãe Terra e o Universo Feminino para proporcionar reflexões entre as conquistas e contrastes que compreendem esse universo.

Nossos ambientes estão sempre relacionados a música e poesia, todos os anos somos fortemente inspirados pelas canções.  Neste ano foi um pouco diferente, a musica não foi o ponto de partida mas escolhemos a música “Maria de Verdade” de Carlinhos Brown e interpretada por Marisa Monte para nortear nosso processo criativo.

 

“Nosso planeta é um Universo feminino, de criações, nascimentos e evoluções em que a natureza é responsável por nutrir nossa existência e no nosso bangalô Cravo e Canela a natureza não poderia ter menos força”, concluiu Jéssica Araújo.

 

Sala íntima multiuso é a aposta da arquiteta

Em sua primeira participação na CASACOR Bahia, a arquiteta, urbanista e designer de interiores, Daniela Alencar, assina uma sala íntima, ambiente multiuso para família composto de um espaço de jogos, um home e um espaço para estudo, planejado para garantir conforto com muita personalidade. 

 


A inspiração para a criação desse ambiente veio das relações familiares, criando um espaço que compartilhe o convívio, possibilitando encontros que aproxime a família. “Trouxemos elementos que tem muito uso em uma casa para esse convívio íntimo, no intuito de estimular o uso, a exemplo de um sofá confortável onde seja possível ver filmes com a família toda, uma mesa de jogos para que o espírito esportivo e a alegria estejam sempre presentes nesse espaço”, completa Daniela.

 

Arena do Conhecimento assinada por Ruy Espinheira Neto 

 


 

Idealizada para ser um ponto de convergência durante a CASACOR Bahia 2019 e um local para partilhar conteúdo, a Arena do Conhecimento, projeto de 96m², é assinado pelo arquiteto Ruy Espinheira Neto. O arquiteto busca desenvolver um ambiente de interação e convívio, com o propósito de “passe-partout”. Neste espaço, em parceria com a Ademi Bahia, serão realizados encontros, talks e eventos.

Presente pela 7ª vez na edição baiana do maior evento de arquitetura e decoração do país, Ruy apresenta um trabalho com uma estrutura minimalista. Na parte interna, a Arena abriga um espaço com um layout mais descontraído com lounges, cadeiras e puffs no lugar do auditório tradicional. Além disso, o projeto proporciona um espaço mais aconchegante, onde traz arte, com um painel inédito do renomado artista Jenner Augusto da Silveira.

 


  

 

CASACOR BAHIA 2019

A 24ª edição baiana da mostra de arquitetura, arte, design de interiores e paisagismo foi aberta no dia 22 de outubro. Comprometida com valores como acessibilidade, inclusão e sustentabilidade, aliada as exigências da vida contemporânea, a mostra terá aproveitamento máximo de recursos, baixa emissão de carbono, entre outras ações que visam minimizar o impacto ambiental. O tema da CASACOR 2019 é “Planeta Casa” e a mostra tem 33 ambientes. 

Este é o ano de estreia da CASACOR Bahia sob a direção de Carlos Amorim. “Teremos uma CASACOR à altura da confiança que nos foi depositada pelo mercado e da qualidade do design baiano”, assegura Carlos Amorim. 

 

SERVIÇO

CASACOR Bahia de 22 de outubro a 08 de dezembro

Onde: Rua Estácio Gonzaga, 210. Horto Florestal

Horário:

terças-feiras a sextas-feiras: das 16 às 22h

sábado e feriados: das 15 as 22 horas

domingos: das 15 as 21 horas

 

Quinta, 24 de Outubro de 2019 - 09:05

Confira alguns dos espaços da CASACOR Bahia que já começou

por Iga Bastianelli

Confira alguns dos espaços da CASACOR Bahia que já começou

 

A força e o poder da mulher contemporânea dão tom ao “Quarto da Estilista”, ambiente assinado pela designer de interiores Dinah Lins na CASACOR Bahia 2019. Em sua terceira participação na edição baiana do maior evento de arquitetura e decoração do país, Dinah apresenta um ambiente descontraído, sofisticado e cheio de personalidade, inspirado no trabalho da renomada estilista Irá Salles.

Em um ambiente de 33 m², a designer de interiores optou por um quarto em tons terrosos e alaranjados, utilizando materiais em couro, linho, madeira, terracota e palha.


Arquiteto Wesley Lemos apresenta ‘Casa de Vidro’

O arquiteto Wesley Lemos participa pela 13ª vez da edição baiana da CASACOR. Pioneira no Nordeste, a mostra é, atualmente, a maior em número de visitantes fora do eixo Rio-São Paulo, e tem como tema o “Planeta Casa”. Em um ambiente de 40 m², que leva o nome de “Casa de Vidro”, o arquiteto se inspirou na passagem da arquiteta modernista ítalo-brasileira, Lina Bo Bardi, pela Bahia, onde deixou um legado, sempre vinculado às artes e com olhar atento ao social.


Para o profissional, participar na CASACOR Bahia é muito importante. “É uma passarela para um grande público, por isso faço questão de sempre participar. Não tem como sentir arquitetura em todos os sentidos se não for num laboratório como a CASACOR”. 

 

Espaço Descontraído  

 

Durante a CASACOR Bahia o público ganhará uma "filial" do SAN Bar , no Horto Florestal. A proposta é uma parceria entre o Grupo San Sebastian, que comanda o bar na Pirâmide do Rio Vermelho, e o escritório JC Arquitetura, dos arquitetos Jussimar e João Colares.

  

"Eles manterão a proposta ao ar livre do SAN Bar do Rio Vermelho, mantendo o espaço singular, descontraído e confortável. Ficamos muito felizes com o projeto", adianta Deco Paranhos, um dos sócios da SAN, que contará com o bartender Alê Barberino para assinar o preparo dos drinks.


Projeto inspirado na culinária japonesa é um dos destaques 

A arquiteta e urbanista Mariana Castro estará presente na edição de 2019 da CASACOR Bahia, que abre para o público no dia 22 de outubro. A profissional assina o espaço do restaurante Soho trazendo um projeto moderno, com formas retas, que buscam suavidade e leveza, características próprias da culinária japonesa.  “A gastronomia atual e elegante do Soho pede uma atmosfera especial. Vamos trazer uma proposta conceitual e inovadora”, destaca a profissional.


A CASACOR Bahia poderá ser visitada de 22 de outubro a 8 de dezembro, das 15h às 22h (terça a sexta) e das 13h às 22h (sábados, domingos e feriados), no Horto Florestal (Rua Estácio Gonzaga, nº 210), com ingressos a partir de R$25 (meia).

 

Quarta, 09 de Outubro de 2019 - 14:05

Dia da Decoração: dicas para o Home Office perfeito

Dia da Decoração: dicas para o Home Office perfeito

 

O home office está se tornando cada vez mais comum no mercado de trabalho. Apesar de ser um movimento relativamente novo no Brasil, muitos profissionais autônomos já trabalham através dessa modalidade, o que pode ser, também, um desafio. No dia da decoração, Vera Sehbe, professora do curso de Design de Interiores da UNIFACS, reúne cinco dicas funcionais para transformar o espaço do seu home office em sinônimo de produtividade e afastar de vez a procrastinação.

 

O primeiro passo para conquistar o home office perfeito é entender que estar em casa não significa estar 100% à vontade. “Quem trabalha em casa e fica de pijama, ou sem camisa, acaba refletindo este desleixo na qualidade de suas tarefas. Se o hábito faz o monge, um traje não profissional pode contaminar a seriedade do trabalho e reduzir a credibilidade e até a autoestima do colaborador”, explica Vera Sehbe. O profissional precisa ter disciplina para lidar com as tentações presentes na sua própria casa, como a geladeira e a televisão. 

 

Crie o seu home office

 

A escolha dos móveis e da sua distribuição no ambiente pode ser crucial na hora de transformar um cantinho da casa em um espaço de trabalho. A escolha do mobiliário depende de 2 situações: o espaço disponível para esse ambiente e quantas horas se passará nele. Confira cinco dicas de móveis dadas por Vera Sehbe para garantir maior funcionalidade ao ambiente:

  1. Mesa ou escrivaninha: quando o trabalho exigir mais espaço para acomodar itens que vão além da impressora e notebook, o ideal é contar com uma mesa, garantindo espaço para papéis e outros itens.
  2. Cadeira: é importantíssimo sempre levar em conta a ergonomia. Ter uma cadeira ergonômica e confortável é primordial, afinal de contas, é ali que você vai ficar boa parte do seu dia e o seu conforto pode impactar diretamente na sua produtividade.
  3.  Iluminação: é preciso adotar uma iluminação geral e pontual. A iluminação natural e/ou artificial, desde que bem dosada, aumenta a produtividade e poupa a saúde da visão.
  4. Prateleiras: ideais para auxiliar na organização do ambiente e em espaços menores, onde se torna possível trabalhar um espaço aéreo de armazenamento sem atrapalhar a circulação.
  5. Armários: assim como as prateleiras, são uma boa opção para manter o ambiente organizado, porém demandam mais espaço. 

“ Organização e limpeza são fundamentais. Apesar dos desafios, quem consegue administrar seu tempo e produzir com qualidade no home office acaba trabalhando melhor e aproveitando mais a vida”, conclui Vera.

Quarta, 28 de Agosto de 2019 - 09:05

Por dentro da mostra 'Casas Conceito 2019'

por Iga Bastianelli

Por dentro da mostra 'Casas Conceito 2019'

 

Um Living na Mostra Casas Conceito

Reconhecido pela capacidade de transformar ambientes em espaços sofisticados e acolhedores, o arquiteto Wagner Paiva foi até a Grécia buscar a inspiração para o LIVING NAVAGIO que assina na segunda edição da Casas Conceito – com visitação aberta ao público até o dia 29 de setembro. Navagio é uma praia de água azul turquesa, desenhada por enormes falésias de calcário branco. Local estonteante e superexclusivo na ilha de Zantes (Zakinthos). Outra referência, mais afetiva e próxima, é da praia de Guarapari, no Espírito Santo, onde o arquiteto passava os verões da infância na casa da avó.

 

“O mar me traz memórias de puro amor. Não havia lugar mais acolhedor no mundo. Pude viver em liberdade com maresia impressa em cada fase do dia, nas manhãs do mar gelado, nas tardes de esporte e nas brisas noturnas sob o céu de estrelas. Também de solidão, nas pescarias com meu pai em praias desertas. Ali entendi a importância do momento dedicado a si mesmo, dos prazeres cotidianos”, relata.

 

Ilha grega inspira ambiente

Sob o mote “De todos os Santos ao Egeu: encantos de um projeto baiano”, os arquitetos Ivan Rocha e Carlos Pinillos criaram o ambiente “Refúgio lha de Paros”, na mostraCasas Conceito, que segue aberta a visitação até o dia 29 de setembro, na Bahia Marina, em Salvador. Com uma vista deslumbrante para a Baía de Todos os Santos, o espaço foi inspirado na ilha grega de Paros, que fica no mar Egeu, conhecida também como a Ilha de Mármore, por conta da generosa oferta da matéria prima no local.

 

O ambiente é um Loft, que sem perder o despojamento praiano, abriga uma sala de estar com uma cozinha integrada, divididos por uma ilha de mármore onde são realizadas as refeições, um quarto e um banheiro. Estrategicamente posicionada, em um ângulo de 45°, na parte posterior do ambiente, a cama – projetada pelo próprio escritório de arquitetura - se debruça sobre o mar, para que o usuário aprecie todas as nuances de um belo amanhecer e o fantástico pôr do sol na Baía de Todos os Santos. A cortina rolô com tela solar “filtra” a incidência do sol, permitindo a contemplação da visão exterior. 

 

 “O espaço foi pensado para um homem moderno que para aliviar o estresse do dia a dia, busca o mar como refúgio, e os esportes náuticos lhes servem como terapia. Apreciador de arte moderna e de artesanato primitivo, sempre está em busca de alguma peça interessante para adornar o espaço”, diz Carlos Pinilos.

 

Ambiente é inspirado em Alok

O espaço Living com Jantar, assinado pelas sócias-diretoras da Dois A Arquitetura e Interiores, Ana Paula e Ana Claudia Nonato, homenageia um brasileiro notável: Alok. O ambiente retrata através de artefatos, texturas, cores, móveis, iluminação e outras possibilidades criativas, o DJ, o marido, o filho, o amigo e o próprio Alok Achkar Peres Petrillo em suas características mais pessoais. O local pode ser visitado até o dia 29 de setembro, de terça a domingo, das 16h às 22h, na Bahia Marina, em Salvador. 

 “Buscamos desenvolver um projeto que buscasse por menos excesso e mais essência. O espaço foi pensado como sendo um palco, afinal ele é inspirado no Alok, esse grande ícone da música eletrônica. Um palco para as relações com as pessoas que convivemos e amamos, assim como com a natureza que invade”, conta Ana Claudia.

Pensando na forte conexão de Alok com o mar e envolvimento com trabalhos sociais em comunidades, o ambiente recebeu o nome de um das mais belas vistas da Baía de Todos os Santos, a Praia da Gamboa. “É um lugar histórico e lindo demais, por qualquer viela da comunidade, por qualquer fresta tem a vista para o lindo mar da nossa Bahia, além de possuir uma arquitetura única, afirma Ana Paula.

 

CASAS CONCEITO 2019

Quando: Até 29 de setembro. De terça a domingo, das 16h às 22h.

Onde: Bahia Marina – Avenida Contorno, Comércio – Salvador.

Quanto: R$ 40,00 de quarta a domingo e R$ 30,00 + 1 kg de alimento não perecível, nas Terças Solidárias.

 

Quinta, 22 de Agosto de 2019 - 09:15

Curso ensina arte da tecelagem a mulheres em Salvador

Curso ensina arte da tecelagem a mulheres em Salvador
Foto: Camila Souza/GOVBA
A tecelagem é uma das mais antigas técnicas de artesanato e, apesar da industrialização, a prática manual continua atraindo aprendizes. Um curso de tecelagem está sendo oferecido gratuitamente pela Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA), vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Com duração de quatro meses, carga horária de 192 horas e aulas três vezes por semana, de quarta a sexta-feira, no turno da tarde, a formação tem o objetivo de proporcionar qualificação e geração de renda.
 
Novas turmas serão abertas futuramente. "Este curso faz parte da retomada dos cursos promovidos pelo Estado através da CFA. O intuito é justamente gerar trabalho e renda para artesãs e artesãos com esta arte milenar, que é tão bem aceita nos salões nacionais e em outros espaços de comercialização", explica a coordenadora de Fomento ao Artesanato, Luciana Embilina.
As aulas são ministradas pelo artesão Joselito Pinto, o Mestre Zelito, que tece há 43 anos. "As alunas vão aprender a lidar com o tear, fazer enfiação, alguns pontos, produção, como armar o tear e preparar a combinação de cores do trabalho que elas vão fazer", afirma o professor. Segundo ele, a duração do curso é suficiente para que os alunos já saiam tecendo.
 
A artesã Marilene Carvalho trabalha com bordados e viu na tecelagem mais uma oportunidade de ampliar sua atuação profissional, seja dando aulas ou produzindo peças. "A tecelagem vem como uma terapia e também para complementar e enriquecer o trabalho que eu já faço. É uma reciclagem para o meu trabalho de artesã", avalia. Depois do curso, Marilene pretende empreender e levar a produção para as feiras.
 
A aposentada Carmen Monteiro também vê na tecelagem uma atividade de lazer e distração. Sem trabalhar há dois anos e afastada do artesanato há 10, ela retomou os trabalhos manuais a partir do curso. "Eu vim para me distrair um pouquinho, desestressar,  porque eu estou aposentada há dois anos. Fiz uma cirurgia, deixei de fazer artesanato e agora estou retomando. As aulas são boas, mas tem que ter paciência".
Quarta, 14 de Agosto de 2019 - 10:05

Vai começar o evento Casas Conceito 2019

por Iga Bastianelli

Vai começar o evento Casas Conceito 2019

 

Com uma grande festa para convidados, a empresária Andrea Velame inaugura a 2ª edição da Casas Conceito na noite do dia 16 de agosto, a partir das 20h, na Bahia Marina. Já no dia seguinte, 17, a mostra será aberta ao público para visitação, seguindo até 29 de setembro. Este ano, a mostra – que escolheu como tema A(mar) –, também faz parte das comemorações dos 20 anos de inauguração da Bahia Marina, que cedeu uma área de três mil metros quadrados para abrigar os 29 ambientes projetados por 30 escritórios, envolvendo 41profissionais das áreas de arquitetura, decoração e paisagismo.

 

Coube aos arquitetos Adriano Mascarenhas e Viviane Vieira, da Sotero Arquitetos, desenhar o masterplan, tirando partido da proximidade do mar. O espaço foi totalmente construído para abrigar os ambientes. “Mais do que uma mostra de decoração, a Casas Conceito tem como premissa mostrar todo um lifestyle, que envolve arte, gastronomia, entretenimento, moda e turismo”, diz Andrea Velame. Confira os profissionais e ambientes:

 

1. Adélia Esteves –Loft Palm Beach

2. Adriano Mascarenhas & Viviane Vieira (SoteroArquitetos) –Refúgio Baía de Todos-os-Santos

3. Alexandre Nalin –Home Theater Sarakiniko

4. Aline Cangussú –Living Mônaco

5. Ana Claudia & Ana Paula Nonato –Living com Jantar Praia da Gamboa

6. Bruna Milcent, Fernanda Milcent & Renan Saturnino (M100 Arquitetura) –Refúgio do Forte

7. Daniela Lopes –Living Praia de Mar Grande

8. Fabiane Lessa –Bangalô Maldivas

9. Flávio Moura –Spa e Casa Kohler Vik Beach 

10. Gabriel Magalhães, Luís Claudio Souza & Hugo Ribeiro –Suíte Creta

11. Grazielle Piccolo –Recanto Playa Del Carmen

12. Ivan Rocha & Carlos Pinillos –Refúgio Ilha de Paros

13. José Marcelino–Ilha Bimbarras

14. Licia Loureiro –Paisagismo Ilha Bimbarra e Eventos Ibiza

15. Mally Requião –Home Theater Vhadoo

16. Mariana Castro –Estar e Jantar Taormina

17. Marcus & Ivane Barbosa –Lounge SDB Portofino

18. Mário Figueiredo –Loft Tulum

19. Marlon Gama –Living Porto Vecchio

20. Mila Liberato –Refúgio Trancoso

21. Nágila Andrade –Cozinha Bodrum

22. Nathália Velame –Refúgio Itacaré

23. Rebeca Brasileiro –Eventos Ibiza

24. Roberto Leal & Naíssa Vieiralves –Living Barra Grande

25. Rodrigo Rocha & Marcelo Rodrigues (Rocha e Rodrigues Arquitetura) –Living Zamá

26. Rogério Menezes –Living Formentera

27. Simone Selem –Living Capri

28. Tania Facchinetti & Joilson Barbosa –Jardim de Alah

29. Thaís Braga –Estar Mykonos

30. Wagner Paiva –Living Navaggio

 

Entretenimento

A mostra contará com um bar que funcionará em horário independente e um espaço para realização de eventos que deverá trazer diversas atrações musicais, além de uma área do Shopping da Bahia, com 200m2, cujo projeto é assinado por Marcus e Ivane Barbosa.

No segmento de gastronomia, a empresária investe mais uma vez na parceria com o chef Vini Figueira que comandará o Espaço Gastronômico da mostra e estará à frente do buffet de todos os eventos.

 

Ação social

Uma das novidades desta edição é a parceria inédita com um projeto social de melhoria de moradias populares. Cerca de três mil metros de telhas serão doados após a realização do evento ao projeto Morar Melhor, da Prefeitura de Salvador.

 

Serviço:

O que: Casas Conceito 2019

Quando: Abertura para visitação do público, de 17 de agosto a 29 de setembro de 2019, de terça a domingo

Horário:16h às 22h

Onde:Bahia Marina, na Avenida Contorno

Ingresso:R$ 40,00 de quarta a domingo e R$ 30,00 + 1 kg de alimento não perecível, nas Terças Solidárias

Terça, 13 de Agosto de 2019 - 10:05

Tapetes: como usar e como cuidar

Tapetes: como usar e como cuidar

Tapetes podem fazer grande diferença dentro de casa. Cores, formas e a disposição correta influenciam muito na beleza do ambiente. O Arquiteto Maurício Arruda explica que os tapetes, apesar de serem quase sempre os últimos itens escolhidos, são importantes para o aconchego e ajudam a ligar os móveis oferecendo uma unidade visual.

 

Tapetes na sala são os delimitadores do espaço, por isso prefira aqueles que cobrem por completo o lugar entre sofá e rack. Segundo Maurício Arruda, menor que isso vai dar impressão que a sala é menos espaçosa. Comprimento e largura sempre devem seguir o tamanho dos móveis principais.

 

Todo cuidado é pouco: confira as dicas de manutenção dos tapetes

Raios solares, secagem inadequada do piso, vaso e plantas sobre o tapete, vassoura com cerdas duras e abrasivas, produtos de limpeza, lavagem inadequada, queda de substância líquida como vinho, café, tinta e urina, além do uso de objetos pesados ou pontiagudos. Você sabia que essas práticas podem destruir o seu tapete? Os cuidados incorretos podem danificar drasticamente a peça, por isso é necessário investir em uma manutenção profissional para prolongar sua vida útil.

Para um bom manuseio do tapete é importante verificar primeiramente a sua composição, conferindo se a matéria-prima é sintética ou natural. As fibras sintéticas são feitas da indústria petroquímica, as mais conhecidas são o poliéster, poliamida, polipropileno e vinil, já as naturais são de origem animal ou vegetal, sendo as mais comuns: lã, seda, algodão e sisal.

De acordo com Francesca Alzati, designer e diretora da By Kamy, uma das maiores grifes de tapetes do Brasil, é recomendado a lavagem a cada dois anos. "O tapete nasceu para ser pisado, por isso, requer cuidado e manutenção. Se os procedimentos forem seguidos da maneira correta e com frequência, as cores e tramas das peças se manterão conservadas por muito tempo, além de aumentar a durabilidade do produto", explica Francesca.
confira abaixo algumas dicas de serviços:

Restauro: 
Se o tapete está danificado (com partes da trama desfeitas) há duas maneiras de consertá-lo: fazendo enxerto, na qual a parte faltante é preenchida com um retalho de tapete semelhante, ou por meio da restauração, em um processo mais demorado, porém de resultado mais eficaz, na qual toda a parte danificada é reconstituída.

Remoção de manchas: 
A remoção é algo complexo e demorado, pois requer cuidado nas suas diversas etapas, produtos e também mão de obra especializada. As manchas mais difíceis de remoção são as de urina, porque além de alterar a cor, danificam também a trama. Em qualquer caso de mancha, devem-se apenas retirar o excesso com um papel toalha. Qualquer tentativa caseira de remoção de mancha pode acarretar esgarçamento dos fios e da trama, além de descolorir o local.

Terça, 23 de Julho de 2019 - 09:05

Dicas para Escolher a Cortina

Dicas para Escolher a Cortina

As cortinas e persianas servem como complemento da decoração da casa, seja sala, quarto ou escritório. Mas além de decorar elas também tem sua utilidade na hora de regular a entrada de luz natural no ambiente.  O decorador Maurício Arruda, em seu canal no YouTube, comenta algumas formas de escolher as cortinas.

O primeiro item que o decorador indica na hora de escolher é a fixação da cortina, que pode ser em trilhos ou varões. Os trilhos são para cortinas sob medida, já os varões para as peças que são vendidas em tamanho padrão.

Em relação as medidas Maurício Arruda explica que a largura deve ser sempre o dobro da largura da janela mais 40 centímetros. Já o padrão da altura é entre 2,20 metros e 2,80 metros.

Tecidos e cores variam de acordo ao restante do ambiente, lembrando que tecidos naturais tendem a se desgastar mais rápido se receber incidência solar direta, por isso tecido misto pode ser a melhor alternativa: tem sofisticação do natural e resistência dos materiais artificiais.

Já as persianas que podem ser usadas junto com cortinas de tecido, servem como bloqueador de luz, fica bem também como única opção. São encontradas em material de tela solar, de alumínio e madeira. Para Maurício Arruda uma persiana é a melhor opção para incrementar a decoração de qualquer ambiente.

Escola de Tecnologia promove programa Mais Mulheres com 100 bolsas de estudo

 

Para aumentar o número de programadoras no mercado, a Digital House Brasil, escola especializada em cursos intensivos voltados à tecnologia, em São Paulo, lançou o programa Mais Mulheres de bolsas de estudo. As inscrições deverão ser feitas até o dia 22 de julho no site bit.ly/PDHBolsasMulheres. Nesse endereço, também é possível encontrar mais informações sobre o programa e regulamento completo.

 

Serão oferecidas 100 bolsas às interessadas nos cursos de Web Full Stack, Mobile Android e Mobile iOS com o valor de 80%. Segundo a coordenadora dos cursos de programação, Ana Paula da Silva Pereira, a ideia é incentivar mais mulheres a entrarem no mundo da programação para mudar o cenário desse setor, que é predominantemente masculino.

 

"Sabemos que, historicamente, o mercado de tecnologia é dominado por homens e isso dificulta a entrada de mulheres na área. Com o programa Mais Mulheres em Programação, acreditamos que teremos novas alunas em nosso campus, que desejam estudar e trabalhar para fazer a diferença nesse mercado", reforça a coordenadora.

 

Para se ter uma ideia, segundo a ONU, no Brasil, 73% dos profissionais de programação são homens e 17% são mulheres. No caso da Digital House, 80% dos alunos formados nos cursos de programação são homens e 20% mulheres.

 

Para participar do processo de seleção e mudar esse cenário, as candidatas precisam se considerar mulher, ser maior de 16 anos e ter disponibilidade para estudar presencialmente no Campus Vila Olímpia, em São Paulo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Histórico de Conteúdo