Terça, 27 de Agosto de 2019 - 09:05

'Harmonização facial vai além de um rosto bonito'

por Iga Bastianelli

'Harmonização facial vai além de um rosto bonito'

 

“Dra sou outra mulher” disse a paciente. “Antes eu não conseguia sorrir, nem tirar fotos, agora consigo rir de manha, à tarde e à noite” completou a mesma paciente que tinha um nariz que considerava exagerado e, por isso, se sentia insegura. São depoimentos como estes que fazem Camila Conceição, cirurgiã dentista especializada em harmonização facial ter certeza que fez a escolha certa.

 

A harmonização facial é um processo que traz mudanças na face do paciente de acordo os seus desejos e reais necessidades. "A gente entende que estar bem consigo é uma questão de saúde. A harmonização é importante  para mudar o que de fato incomoda o paciente", explicou a cirurgiã dentista.

De acordo com Camila esses procedimentos mudam sim a vida da pessoa “não é só a casca que muda não ... eles mesmos falam que confiança volta, a autoestima volta. Percebo a mudança na postura do paciente já com um simples botox, eles se valorizam mais. Não é só estético não, minhas pacientes relatam ganhos na vida profissional e nos relacionamentos”, revelou Camila.

A profissional explica que utiliza de procedimentos minimamente invasivos, que não são padronizados e sim individualizados.  É observada  a simetria do rosto, se o nariz é harmonizando com o lábio, se tem contorno de mandíbula, e obviamente o paciente não é obrigado a seguir nenhum padrão.

 

Os procedimentos mais procurados são: botox, preenchimento de lábios, lábios carnudos, rinomodelação que incomoda muito os pacientes, mandíbulas marcadas também. “Um lábio grande pode ser até bonito, mas eu só faço se a paciente tem certeza que o lábio natural de fato está incomodando”, disse Camila

Profissional consciente que deve apenas ajudar, ela não cria padrões de beleza. “Costumo perguntar o que incomoda e trabalho dentro daquilo ... nunca, nunca mesmo aponto defeitos, espero o cliente falar. Muitas vezes, ao contrário acontece de tirar uma ideia da cabeça daquele paciente que quer ficar igual e fulana ou beltrana da tv, explicao que isso não vai acontecer e a pessoa desiste”, contou Camila. O resultado da intervenção vai depender da simetria do rosto e das proporções que é diferente para cada pessoa.. 

 

Como todo procedimento os riscos existem e são relativos, por isso importante o paciente buscar referências e fazer os procedimentos com profissionais quailificados.Totalmente realizada, Camila tem a meta de nunca parar de estudar. “Minha área evolui muito – faço cursos em Miami, em  Institutos reconhecidos sobre fios de sustentação facial, rinomodelação, entre outros. Sou apaixonada, não me imagino fazendo outra coisa, quero continuar fazendo a diferença na vida de meus pacientes”, concluiu ela.

Histórico de Conteúdo