Vacinação infantil: como está a

Segundo o Ministério da Saúde doenças como catapora, sarampo e poliomielite não devem ser menosprezadas. É que muitos pais estão deixando de vacinar seus filhos por causa de boatos e notícias falsas, propagados nas redes sociais, dando a entender que as vacinas teriam efeitos colaterais maiores que os benefícios que proporcionam. Esse tipo de informação começou a ser circulada em relação as vacinas contra gripe.

 

Mas quais são as vacinas mais importantes até os 10 anos? Confira essas

informações segundo os dados do Ministério da Saúde:

  • Recém nascido - BCG - ID (dose única), que previne formas graves
  • de tuberculose e a vacina contra hepatite B (primeira dose);
  • 1 mês - Vacina contra hepatite B (segunda dose );
  • 2 meses - Vacina tetravalente (DTP + Hib) (primeira dose), que previne contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras
  • infecções; VOP (vacina oral contra pólio) (primeira dose) que previne a Poliomielite; VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) (primeira dose) que previne a diarreia por rotavírus e a vacina
  • tetravalente (DTP + Hib) (segunda dose);
  • 4 meses - VOP (vacina oral contra pólio) (segunda dose) e a VORH
  • (Vacina Oral de Rotavírus Humano) (segunda dose)
  • 6 meses - Vacina tetravalente (DTP + Hib) (terceira dose);
  • VOP (vacina oral contra pólio) (terceira dose) e vacina contra
  • hepatite B (terceira dose);
  • 9 meses - vacina contra febre amarela ( dose inicial));
  • 1 ano - SRC (tríplice viral) (dose única) que previne sarampo, rubéola e caxumba;
  • 1 ano e 3 meses - VOP (vacina oral contra pólio) (reforço ); DTP
  • (tríplice bacteriana) (primeiro reforço);
  • 4 - 6 anos DTP (tríplice bacteriana) (segundo reforço) ; SRC
  • (tríplice viral) (reforço);
  • 10 anos - vacina contra febre amarela (reforço).

 

Mantenha o cartão de vacina do seu filho em dias e fique atento as campanhas de vacinação, caso faça viagens com os pequenos pesquise se são necessárias outras vacinas ou reforços, ou se o lugar não está passando por alguma epidemia.

 

Infelizmente ainda há ideia de que a melhor forma de proteção para a catapora, por exemplo, é contraindo pela primeira vez, já que a doença geralmente acontece apenas uma vez. Porém esse é um ato de negligência, que expõe a saúde das crianças. Hoje há multa e possibilidade da perda da guarda da criança, caso os pais se neguem a vacinar. Não deixe de consultar o calendário de vacinação para gestantes e para adolescentes que também devem fazer alguns reforços e se previnir de outras doenças.

Especialista destaca quatro motivos para você lançar um livro

O cineasta brasileiro Glauber Rocha, expoente do cinema novo no Brasil, defendia que uma câmera na mão e uma ideia na cabeça, era o inicio para se fazer um filme. Mas nem tudo funciona assim. É fato que todo mundo tem uma história para contar, seja sobre sua família, sua experiência profissional, uma ficção, um sonho ou qualquer assunto que desperte interesse e que possa acrescentar algo na vida de outra pessoa. Mas daí a transformar essa história em um livro, já é outro departamento. No campo das letras, não se pode ajustar a máxima de Glauber - uma ideia na cabeça e um computador nem sempre é o inicio para se ter um livro publicado.

 

"Lançar um livro é uma das melhores formas de eternizarmos aquilo que sentimos e nossa visão de mundo sobre determinado assunto. É também uma oportunidade muito especial de dividirmos nossas vivências, aprendizados e habilidades com os outros", defende o book advisor Eduardo Villela que trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004. De acordo com Villela, seguir alguns passos, como planejamento, organização, dedicação e contar com know-how naquilo que se quer escrever são fundamentais para publicar uma obra. Confira as dicas abaixo:

 

Deixar um Legado

Os livros nunca morrem, estão sempre presentes em prateleiras de bibliotecas, livrarias e também no ambiente virtual como e-books. De acordo com Villela, quem possui uma obra publicada deixa uma herança para as próximas gerações.

 

Compartilhar experiências

"O livro é um meio muito eficaz para você transmitir seus conhecimentos e experiências a um grande número de pessoas", a frase de Villela demonstra que escrever também é uma maneira de compartilhar uma expertise de determinado assunto com seu público-alvo.

 

Alavancar os negócios

Publicar um livro para um autor pode ser um impulsionador de carreira. Eduardo Villela conta que já lançou mais de 200 livros de autores que já eram palestrantes, consultores, profissionais liberais e autônomos. Após terem suas obras lançadas, eles viram, depois de um ano, aumentar em, pelo menos, 50%, ou mesmo viram dobrar a procura por suas aulas, workshops e consultorias.

 

Conferir credibilidade e tornar seu autor uma referência

O livro dá força para o profissional que pretende ser referência em uma área. Villela defende que lançar um livro confere credibilidade e contribui muito para o seu autor se consolidar como especialista em determinado assunto, mas para isso a obra deve ser muito bem construída e de fato agregar valor aos seus leitores.

 

Quais os cuidados necessários antes de aderir ao alongamento capilar?

Os cortes curtos têm feito à cabeça de muitas famosas nos últimos tempos, porém, os cabelos compridos continuam no coração de muitas mulheres. Por isso, pessoas que gostam dos fios longos, mas por algum motivo não conseguem atingir o tamanho ou simplesmente querer aderir a uma mudança de look, recorrem ao alongamento capilar.

Porém, antes da aplicação das extensões é necessário ter conhecimento de alguns pontos para que a escolha seja bem feita, a fim de evitar problemas futuros. Confira agora quatro dicas para você saber o que levar em consideração antes do procedimento:

Escolha fios parecidos aos naturais: 

 

Essa parece ser uma dica banal, mas que merece atenção. Muitas mulheres cometem o erro de escolher extensões que não sejam compatíveis com o cabelo natural, ficando com um resultado longe do esperado. Ana Paula Silva, coordenadora do centro especializado em alongamento capilar Capelli Divine afirma “Esse primeiro passo é muito importante, pois a escolha correta do alongamento levará a um efeito mais harmonioso”;

Avaliação dos fios naturais:

 

É necessário também que o profissional avalie a condição dos fios naturais. Segundo Ana Paula é necessário levar em consideração a técnica que será empregada e também o peso dos fios. “Não adianta forçarmos o procedimento num cabelo fragilizado. O resultado imediato pode ser bom, mas não será duradouro e a pessoa pode ter complicações no futuro”,ressalta;
 

Manutenção:
 

Todos os tipos de alongamento precisam de manutenção, que podem ter um intervalo de 2 a 3 meses. Entre cada manutenção é importante manter certos cuidados diários, como: pentear sempre antes de dormir, para evitar a formação de nós, usar produtos adequados, de preferência com fórmulas sem sal e fazer hidratações semanais;
 

Lavar corretamente:
Com o alongamento é preciso ter ainda mais atenção e cuidado no momento da higienização dos cabelos. Desembaraçar os fios com as pontas dos dedos antes de lavar é uma boa dica para evitar problemas no momento de condicionar.

 

 

Quinta, 27 de Dezembro de 2018 - 08:05

O crescimento do "Estilo de Vida Vegano" em Salvador

O crescimento do
Foto: Milena Fahel

Muitas vezes confundido com o vegetarianismo ou algum tipo de alimentação saudável, o veganismo vai para além dos hábitos alimentares. O termo se trata de “um estilo de vida que busca excluir, na medida do possível todas as formas de exploração e de crueldade com animais, seja para alimentação, vestuário ou qualquer outra finalidade”, segundo a The Vegan Society, a mais antiga entidade vegana do mundo, a instituição foi fundada em novembro de 1944 por Donald Watson, na Inglaterra.

 

O estilo vem se tornando uma tendência mundial com o passar dos anos, por diversos fatores, como saúde, proteção ambiental e compaixão pelos animais. No entanto, se tornar vegano ainda gera muitas dúvidas, principalmente na retirada da proteína animal do cardápio. De acordo com a nutricionista e membro da Sociedade Vegetariana Brasileira, Alessandra Luglio, em entrevista à Vogue, ao deixar de consumir produtos de origem animal, não estamos deixando de consumir quantidades suficientes de proteínas e sim (na maioria das vezes) deixamos de consumir excessos. Pois, segundo ela, o atual modelo alimentar ocidental baseado em proteínas pode ser exagerado e causar danos à saúde.

 

Para ela, na dieta vegana não pode faltar alimentos ricos em proteínas vegetais, entre eles estão as leguminosas, como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha além das sementes de abóbora, gergelim entre outros alimentos.

 

CRESCIMENTO EM SALVADOR

Além da difusão mundial, o estilo tem sido adotado por muitos baianos. É o caso de Milena Fahel, assessora de comunicação da Feira Vegana de Salvador, que adotou o veganismo há mais de três anos. “Comecei sendo vegetariana,  pois eu não gostava de consumir carne. Desde criança, eu me sentia mal. Cheguei a ser internada pelo consumo de carne”, relembra. Milena ainda ingeria outros produtos animais, como leite e ovos nesta época, e em algumas ocasiões, peixes. Essa variação dentro do vegetarianismo é conhecida como ovo lacto.

 

Com o crescimento do veganismo na cidade, a assessora foi se aproximando do tema e buscando alternativas mais viáveis para aderir ao estilo de vida. Para ela, o assunto se popularizou ainda mais nos últimos anos em Salvador, apesar de ser um movimento antigo. Milena conta que não é difícil se virar. “Não me baseio muito em comer fora, faço sempre a comida em casa e, quando consumo na rua, tenho uma lista de lugares que posso consumir e, ainda assim, são acessíveis.

 

Milena está na produção e assessoria da Feira Vegana de Salvador há quase um ano. A iniciativa foi criada por um grupo de pessoas vegetarianas e veganas com marcas relacionadas ao estilo vegan. “A feira é um movimento autônomo realizado em conjunto”, define. Segundo ela, o objetivo é trazer mais do que produtos (roupas, comidas, cosméticos, entre outros), mas fazer do evento um espaço de conhecimento com rodas de conversa sobre nutrição, exploração animal e questões educativas, como a valorização dos pequenos agricultores.

Dezembro Laranja chama atenção para a prevenção e o diagnóstico do câncer de pele

 

Um sinal vermelho pequeno nas costas serviu de alerta para a administradora Iara Barreto, 28, procurar um dermatologista. Após biopsia, veio o resultado: melanoma maligno de pele, o tipo mais raro e grave do câncer de pele. O diagnóstico assustou, mas o tratamento foi muito mais simples e tranquilo do que ela imaginava. “Como estava muito recente, tinha aproximadamente três meses, não precisei fazer tratamento com imunoterapia, nem com radioterapia ou quimioterapia. As margens do sinal vermelho estavam livres, sinal de que o câncer não tinha se espalhado para outras partes do corpo”, conta a jovem.

 

O procedimento foi realizado, há pouco mais de um ano, e a cura veio justamente por causa do diagnóstico precoce. Segundo o dermatologista Ricardo Libório, professor do curso de Medicina da FTC, ao perceber sinais diferentes dos demais no corpo a pessoa deve procurar um dermatologista, como fez Iara. Ainda de acordo com o médico, o mais comum é o tumor não provocar dor, mas, em alguns casos, pode apresentar sangramento e a atenção do paciente tem que ser ainda maior.

 

Para estimular a população para a prevenção e o diagnóstico do câncer de pele, a Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza a campanha “Dezembro Laranja”, que terá ações de conscientização até março de 2019, ou seja, ao longo de todo o verão. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA), é de que 6.260 novos casos de melanoma cutâneo, que é o tipo de câncer de pele originado nos melanócitos (células produtoras de melanina, substância que dá cor à pele), sejam detectados no país em 2018. Já os carcinomas basocelular e espinocelular, que são os dois tipos menos graves e que correspondem a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil, devem somar 165.580 casos este ano.

 

De acordo com Dr. Libório, o fator genético é importante, mas a exposição aos raios ultravioleta é o principal fator de risco para desenvolvimento do câncer de pele. Para o especialista, o movimento Dezembro Laranja é super importante. “Não é para você deixar de tomar sol agora no verão, mas tem como se prevenir da exposição excessiva. A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda se expor ao sol até 10h ou após as 16h. É preciso evitar os momentos de maior incidência. Além disso, usar protetor solar, no mínimo, fator 30 e repor de três em três horas”, orienta Libório.

Quinta, 13 de Dezembro de 2018 - 08:05

Ambiente limpo e higienizado afasta ácaros e ajuda a prevenir alergias

por Iga Bastianelli

Ambiente limpo e higienizado afasta ácaros e ajuda a prevenir alergias

 

Para evitar problemas respiratórios e alérgicos, os médicos recomendam cuidados e até restrições com uso de tapetes, carpetes, cortinas e bichos de pelúcia, no caso das crianças. Mas manter o ambiente sempre limpo e higienizado é uma das principais recomendações médicas.

 

Por muitas vezes a mudança de tempo é apontada como a culpada por crises alérgicas, mas o problema pode estar bem mais perto, nos colchões e sofás. A verdade é que as pessoas passam quase 1/3 da  vida dormindo e o colchão acumula mais de 1,5 milhões de ácaros.
 

E foi exatamente por causa de alergias e problemas respiratórios que sempre acometem as filhas que a professora Alice Moreira recorreu a Menina do Sofá. Ela sempre pesquisa sobre o que pode fazer para afastar a poeira de casa, se diz uma “viciada em limpeza e organização”. A Menina do Sofá foi encontrada no Instagram e tem serviços de higienização, lavagem e impermeabilização de estofados, tapetes, carpetes, cortinas e colchões. Inclusive tem um plano de limpeza de 3 em 3 meses indicado para alérgicos e asmáticos.

 

“Utilizamos o aspirador Rainbow que é a mais recente evolução do Sistema de Purificação e Higienização. O Sistema Rainbow deixa o seu ambiente 2 vezes mais limpo. Este sistema exclusivo de filtragem à base de água remove 99,97% (por peso) da sujeira típica do lar. As partículas microscópicas restantes são captadas pelo Neutralizador HEPA do Sistema de Filtragem. O Aspirador Rainbow proporciona um ar 100% puro e higienizado”, explicou a responsável pela A Menina do Sofá, Yve Goes. 

Antes de descobrir a empresa @meninadosofa a professora Alice ficou em dúvida se o processo seria demorado ou se a casa ficaria uma bagunça. Mas entendeu que tudo era muito prático e todo serviço foi feito em menos de 4 horas. “A higienização é o processo com o Rainbow que tem vários bicos adaptáveis para cada tipo de parte da casa e dos estofados. Na primeira etapa utilizamos o Rainbow para retirar todas as impurezas, em seguida utilizamos a extratora, que é o equipamento especifico para lavagem de estofados com produtos específicos para cada tipo de tecido. Na impermeabilização utilizamos o Rainbow antes de aplicar o produto, mesmo o estofado sendo novo para retirar as impurezas e garantir melhor aderência do produto” explicou Yve Goes.

Conheça mais sobre o Sistema Rainbow:

O Aspirador Rainbow foi certificada pela AAFA (asthma & allergy friendly™) pela Associação Americana de Alergia e Asma.
A Association of Home Appliance Manufacturers (AHAM) certifica que o Aspirador Rainbow é um purificador de ar, concebido para reduzir os poluentes que contribuem para uma má qualidade do ar dentro de casa.

Duquesa Meghan quer ter filho em casa, diz correspondente real
Foto: Getty Images

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, quer ter um parto natural e em casa. De acordo com a revista Vanity Fair, a correspondente real Kate Nicholl informou que a sua intenção é que seu primeiro filho, ao lado do príncipe Harry, venha ao mundo no castelo de Windsor. O local será a residência do casal a partir do início de 2019.

 

O nascimento do bebê real está previsto para ocorrer entre março e junho. Segundo Kate, Meghan reservou uma suíte do castelo para a mãe, a instrutora de ioga Doria Ragland, que é uma das encorajadoras para que seu parto seja natural.

 

A última vez que um bebê real nasceu em casa foi em 1977, quando o primeiro neto da rainha Elizabeth, Peter Phillips, veio ao mundo. Tanto Harry quanto o futuro rei, William, e seus filhos George, Louis e Charlotte, nasceram no hospital St. Mary's, em Londres.

Hora de começar a planejar gastos com matrícula e lista de materiais

Matricular os filhos na escola e cuidar da lista de materiais escolares já são alguns dos assuntos que começam a preocupar os pais. Dos alunos mais novos aos mais velhos sempre há gastos extras com fardamento, livros, cadernos, agenda e por aí vai...

 

Toda mãe quer o melhor para o filho, mas para não ter gastos exagerados e começar o ano no vermelho, sempre vale a pena conter os impulsos e pesquisar ante de comprar. Segundo o PROCON, Programa de Proteção e Defesa do Consumidor, os materiais de uso coletivo não podem ser pedidos pela escola, é dever da instituição ter papel higiênico, giz, piloto, apagador, elásticos, grampeador, etc. A lista de materiais serve para orientar os pais a comprar aquilo que os filhos vão usar durante o ano e não para abastecer a papelaria da escola. Se você considera a lista da escola do seu filho abusiva, você pode procurar orientações no Procon.  

 

A Proteste, Associação Brasileira de defesa do consumidor, diz que a variação de preços de um mesmo material para outro chega a 300%. Claro que existem os abusos aos consumidor, que varia de loja para loja. Cadernos de times de futebol e super heróis são mais caros que os que tem apenas uma paisagem na capa, por exemplo. A pesquisa vale não apenas de loja para loja, as vezes dentro de uma mesma loja podem ser encontrados pelo menos 3 preços de um mesmo item.

 

Outra dica é reutilizar materiais. A depender da série da criança, ela não usa um tubo inteiro de cola quente, nem todos hidrocores, antes de sair para as compras veja o que pode e o que não pode ser reaproveitado. Estojos e mochilas se bem conservados não precisam ser trocados todos os anos, é preciso conversar e conscientizar as crianças da importância deste novo hábito.

Fotógrafa registra caso raro de 3 irmãos que nasceram 'empelicados'; veja imagens
Foto: Thalita Castanha

Casos em que um bebê nasce ainda dentro da bolsa amniótica, ou "empelicados", são raros. Mas uma fotógrafa conseguiu registrar um caso ainda mais especial na última semana: três irmãos gêmeos nasceram desta forma.

 

As imagens foram feitas por Thalita Castanha, fotógrafa renomada que já fotografou partos de celebridades como Eliana, Thais Fersoza e Sabrina Sato. De acordo com o site Universa, a profissional acompanhava o nascimento de quadrigêmeos na última quinta-feira (29), na maternidade Pró-Matre em São Paulo.

 

Em seu Instagram, Castanha disse que este foi "o maior desafio de sua carreira", que envolveu estar em uma sala com mais de duas dezenas de profissionais de saúde. "Eu dividi a cena com minha equipe, fiquei nos pés para fotografar a saída dos bebês. (...) Eram mais de 26 profissionais em sala e o único barulho que se escutava era do 'tu tu tu' que monitorava a linda mamãe". 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E com 31 semanas os quadrigêmeos (@deumpracinco ) chegaram ao mundo, 3 bebês nasceram empelicado. Foi o maior desafio da minha carreira como fotógrafa de parto ( vídeo no post anterior ), eu dividi a cena com minha equipe, fiquei nos pés para fotografar a saída dos bebês e a Anelise ficou na cabeceira pra pegar a emoção da família, a sala de parto foi cercada por uma incrível energia de paz e amor, eram mais de 26 profissionais em sala e o único barulho que se escutava era do tu tu tu que monitorava a linda mamãe que estava calma e confiante, foi uma linda história, assistida pelo @dr.andregiro . Quando vi as fotos editadas, as lágrimas escorreram e me veio à reflexão de que o milagre da vida acontece todos os dias embaixo dos meus olhos e eu só tenho a agradecer por cada experiência vivida, cada família com sua história e sua emoção me trazem aprendizado constante, é a vida em movimento, é a esperança no novo. #equipethalitacastanha #parto #nascimento #maternidade #fotosdeparto #fotodeparto #thalitacastanha #fotografathalitacastanha #estudiothalitacastanha #quadrigemeos #promatre

Uma publicação compartilhada por Fotógrafa Thalita Castanha ???? (@estudio_thalitacastanha) em

'Ainda tem flacidez': Bella Falconi desabafa sobre o corpo após três meses do parto
Foto: Reprodução / Instagram

Famosa por compartilhar uma rotina de exercícios e alimentação saudável, a nutricionista Bella Falconi tem aproveitado o seu perfil no Instagram para dividir também o seu lado materno desde o nascimento da sua primeira filha, Victoria, de 2 anos. Dessa vez, Bella falou sobre a relação com o seu corpo neste domingo (2), após de dar à luz a Stella, de 3 meses.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Memória muscular e um dia de cada vez! ???????? ainda que ter o abdômen trincado não seja mais um dos meus objetivos nessa fase atual, a memória muscular é algo que, inevitavelmente, me garante isso. E quando eu olho pra trás eu vejo que nada foi em vão, porque com cada tijolinho eu construí não apenas minha auto estima, que já não depende mais da minha imagem, mas principalmente minha saúde e condicionamento físico. 3 meses pós parto, ainda tem celulite, flacidez e tudo que faz de mim tão mulher como qualquer outra mulher. Eu não tenho mais o mesmo pique de 5 anos atrás, mas me apego ao fato de que sempre existirá alguma atividade que irá me motivar a ser cada dia melhor e por isso eu amo o Muay Thai! Valeu pelo treino @airton_senna_borep ???? (look alto verão @liveoficial ) #teamlive #borep #muaythai . . . Muscle memory and one day at a time. Although having super shredded abs is not one of my current goals now, my muscle memory is something that guarantees me that when it comes to training. And when I look back I see that I have not only built my self esteem but more than that I’ve built my health and a good conditioning. 3 months post partum I still have cellulite, I still am flabby but that just make me as feminine as all other women on earth! I may not have the same excitement about gym machines I used to have 5 years ago but I always try to focus on the fact that there will always be something you like doing within the fitness universe and that’s exactly what I feel about Muay Thai. Thanks for the sesh @airton_senna_borep ????????

Uma publicação compartilhada por Bella Falconi (@bellafalconi) em

 

No Instagram, ela publicou uma foto em que aparece depois de um treino e escreveu sobre as mudanças no corpo causadas pela gravidez. "Três meses após o parto, ainda tem celulite, flacidez e tudo que faz de mim tão mulher como qualquer outra mulher", afirmou. "Eu não tenho mais o mesmo pique de cinco anos atrás, mas me apego ao fato de que sempre existirá uma atividade que irá me motivar a ser cada dia melhor e por isso eu amo o Muay Thai", disse.

Histórico de Conteúdo