Casamentos problemáticos podem gerar danos à saúde, diz pesquisa
Foto: Reprodução / Pixabay

Uma pesquisa realizada por psicólogos das universidades de Nevada e Michigan, nos Estados Unidos, revelou que casamentos turbulentos podem ser altamente tóxicos quando o assunto é saúde. De acordo com o site Universa, brigas e desentendimentos frequentes entre o casal podem impactar diretamente no funcionamento do corpo, além de estresse, até a função cardíaca e o sistema imunológico podem ser afetados em casos extremos.

 

Os pesquisadores estudaram a rotina dos primeiros 16 anos de casamento de 373 casais heterossexuais. Para a conclusão, eles organizaram os motivos de cada desentendimento. Entre eles estavam filhos, dinheiro, parentes, viagens, entre outros.

 

A saúde dos casais foi analisada a partir de perguntas como "você tem problemas para dormir?", "você tem dores de cabeça" e "você é saudável o suficiente para fazer o que tem vontade?", entre outras.

 

Em entrevista ao "The Guardian", a psicóloga envolvida no estudo, Rossie Shrout, afirmou que os conflitos podem ser mais prejudiciais para a saúde se os cônjuges são hostis ou defensivos durante as brigas e quando um mesmo assunto é discutido repetidamente. A pesquisadora ainda destaca: "Não é o fato de assinar um papel que muda tudo, mas o que um cônjuge faz pelo outro e como se tratam durante anos juntos que pode afetar a saúde", explica Shrout.

Quarta, 18 de Julho de 2018 - 08:05

Quando a organização se transforma em "business"

por Rafaela Souza

Quando a organização se transforma em

Quem é que não gosta de ter um armário organizado? A organização desse espaço pode te ajudar a poupar tempo, dinheiro e ainda a controlar quais são as peças que você tem e muitas vezes nem sabia. Pensando nisso, o BN Mulher entrevistou a personal organizer Mirella Guedes que resolveu empreender nesta área. Mirella sempre se preocupou com a organização da sua casa e, em 2013, ela resolveu se especializar. Hoje, Mirella organiza residências em geral, armários, empresas e pré e pós mudança. Ela irá mostrar qual a melhor forma de organizar o seu guarda-roupa:

 

Para organizar os armários, o primeiro passo é fazer uma triagem das peças que são necessárias e as que devem ser descartadas ou doadas. “Provavelmente o cliente terá peças que não se lembra que tem ou que não usa mais há bastante tempo”, relata.

Em seguida, a escolha dos cabides também é muito importante. "Existem cabides específicos para cada tipo de roupas. Padronizar, além de visualmente mais agradável torna mais fácil enxergar e encontrar a peça desejada", destaca. O próximo passo é agrupar as roupas. De acordo com a personal, a arrumação precisa fazer sentido e condizer com a necessidade de cada um. Por exemplo, as roupas de inverno podem estar separadas das outras peças, já que não são usadas constantemente.

 

Outa dica é organizar as roupas por cores, do tom mais claro para o mais escuro. Por estações do ano ou tipo de ocasião. A profissional recomenda guardar as roupas que não estão sendo utilizadas na parte mais alta. Já os sapatos e bolsas podem ser organizados também por cores, uso ou ocasião e guardados em gavetas e prateleiras. Mirella ainda aconselha que as caixas com tampa ajudam a otimizar os espaços. “São super práticas e versáteis e dá para organizar uma infinidade de coisas, desde documentos, papéis, livros, fotografias, lembranças de viagem, medicamentos, brinquedos, bijoux, itens de cozinha, lavabo, até roupas. No mercado existem inúmeros modelos”, revela.

Para a personal organizer, a organização é um hábito diário. “É tipo dieta - você precisa se alimentar corretamente todos os dias para não engordar ou prejudicar a saúde”, pondera. De acordo com ela, a desordem pode ser evitada mantendo e guardando as coisas sempre no lugar.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 20:00

Kylie Jenner e Judy Sheidlin são as duas únicas mulheres em top 10 da Forbes

por Folhapress

Kylie Jenner e Judy Sheidlin são as duas únicas mulheres em top 10 da Forbes
Foto: Reprodução / Getty Images

A revista Forbes divulgou nesta segunda (16), a lista anual das 100 celebridades mais bem pagas do mundo, levando em conta salários, além de trabalhos publicitários e outros negócios. Dentre os dez primeiros há somente duas mulheres: Kylie Jenner e Judy Sheindlin. Além delas, outras 12 celebridades femininas integram a lista. 



Neste ano, a soma do montante arrecadado pelas personalidades foi de U$ 6,3 bilhões (R$ 24,3 bilhões), segundo o ranking da publicação. O valor representa uma alta de 22% com relação à lista do ano anterior. Em primeiro lugar na lista está o boxeador Floyd Mayweather, que faturou cerca de U$ 285 milhões (R$ 1,1 bilhão) nos últimos 12 meses, em parte, graças à luta contra o irlandês Conor McGregor no ano passado.



O ator George Clooney está em segundo lugar, tendo recebido uma fortuna de U$ 239 milhões (R$ 921,9 milhões) gerada pela venda de sua marca de tequila, a Casamigos, para a empresa de bebidas Diageo. A modelo de 20 anos é a mulher na posição mais alta na lista, em terceiro lugar. O montante de U$ 166 milhões (R$ 640 milhões) arrecadado no último ano advém de campanhas milionárias de publicidade e do lucro obtido com sua marca de maquiagem, a Kylie Cosmetics. 



Judy Sheindlin, que aparece em quarto, é uma advogada e juíza americana que se tornou apresentadora de um programa próprio, o Judge Judy (CBS), que já está na 22ª temporada. Desde 2012 seu salário de apresentadora é de US$ 47 milhões por ano (R$ 181 milhões). Nos últimos 12 meses, ela ganhou US$ 147 milhões (cerca de R$ 567 milhões).


Depois delas, a cantora Katy Perry aparece em 19º seguida por Taylor Swift, em 21º. Irmã mais velha de Kylie Jenner, Kim Kardashian West aparece em 30º lugar na lista. Beyoncé aparece em 35º; a autora J.K. Rowling em 42º. Pink (45º), Lady Gaga (49º), Jennifer Lopez (53º), Sofía Vergara (68º), Scarlett Johansson (76º), Kris Jenner (84º) e Rihanna (84º), que estão empatadas, também aparecem na lista. 



Em 2017, foram 15 mulheres entre as celebridades mais bem pagas. Nomes como Celine Dion e Dolly Parton, que estavam na lista no ano passado, ficaram de fora em 2018;


O único brasileiro a entrar para a lista foi Neymar. Ele aparece em 13° lugar com um faturamento de U$ 90 milhões (R$ 347 milhões). Entre jogadores de futebol mais bem pagos, o camisa 10 da seleção brasileira ficou atrás apenas do argentino Lionel Messi, em oitavo, e do português Cristiano Ronaldo, em décimo.

Cármen Lúcia quer realização de mil julgamentos de acusados de feminícidio
Foto: CNJ

A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, quer que até agosto, sejam realizadas mil sessões de júri popular contra réus acusados de feminicídio. A ministra espera atingir essa meta na 11ª edição da Semana Justiça pela Paz em Casa, com início no dia 20 de agosto. A recomendação foi transmitida aos coordenadores estaduais da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar na manhã desta segunda-feira (16). Nas edições anteriores, desde 2015, a campanha Justiça pela Paz em Casa realizou 995 júris de feminicídio e tentativa de homicídio contra mulheres. "Faltam apenas cinco para mil. É um número que apresenta ao Brasil a resposta dos tribunais em um tema mundial. Teremos feito mil júris, o que não é fácil, de um tema específico. Acredito que seja inédito", disse Cármen Lúcia. "Isso sinaliza, também para as presidências dos tribunais, a importância do empenho na Semana", afirmou a ministra. A juíza Andremara dos Santos, auxiliar da presidência do CNJ afirma que diversos segmentos querem prioridade, mas destaca que é preciso “adequar a pauta dos júris à perspectiva de gênero”. A Semana Justiça pela Paz em Casa é realizada três vezes por ano: em março, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher; em agosto, por ocasião do aniversário da promulgação da Lei Maria da Penha; e em novembro, durante a Semana Internacional de Combate à Violência de Gênero, criada pela Organização das Nações Unidas (ONU). A presidente do CNJ também quer maior envolvimento do Ministério Público e da Defensoria nos julgamentos, além de apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A ministra destacou dados do estudo O Poder Judiciário na Aplicação da Lei Maria da Penha – 2018. O trabalho indicou que juízes baixaram 18% mais ações em 2017, ante o ano anterior. No mesmo período, cresceu em 12% o total de processos de violência contra a mulher. Cármen Lúcia frisou a alta de 21% na concessão de medidas protetivas em 2017. E pediu aos coordenadores que apurem quantos municípios contam com serviço de Patrulha Maria da Penha, por guarda municipal ou polícia militar.

Reino unido elege a sua primeira miss negra em 66 anos de concurso
Foto: Reprodução / Instagram

Pela primeira vez, uma mulher negra foi coroada miss Grã-Bretanha e irá representar o reino Unido no Miss Universo 2018, que ainda não tem data definitiva para acontecer. Dee-Ann Kentish Rogers, de 25 anos, se tornou a primeira negra a conquistar a coroa em 66 anos do concurso. A jovem é natural de Anguilla, ilhas caribenhas que fazem parte do território britânico. Além de participar de concursos de beleza, a miss já representou o país nos jogos da Commonwealth, na modalidade de heptatlo e, ainda está para se qualificar como advogada neste mês. Deen-Ann é formada em Direito pela Universidade de Birmingham.

 

Em entrevista ao portal Pageants News, a nova miss comemorou o título. “Usarei o título de Miss Universo Grã-Bretanha para encorajar as mulheres a acreditar em si mesmas e seguir em frente com seus sonhos”, afirmou.

 

 

It has been a whirlwind two days since being crowned Miss Universe Great Britain 2018. I am privileged to have been chosen from a concentration of talented, ambitious, beautiful and funny women! I am humbled and truly uplifted by those who are embracing my rewarding experience and success as their own. I am deeply grateful for the financial donations of many to the A-sisterhood charity. I am thankful for the sponsors of my pageant sisters 2018, my own and especially @doyen_style @carajewellers @justboutique_nw for believing in this pageant and supporting the girls every step of the way. It is an absolute honour to carry the British flag ???????? on to the Miss Universe pageant later this year. @gracielevy my pageant coach at @lsp_london - thank you for preparing me for this weekend! The hours we spent pouring over my interview, platform, poise and walk gave me a solid foundation to stand on this past Saturday! Paula - our director- we owe you the greatest respect and appreciation for your unwavering belief that each one of us was capable of capturing the crown. @missuniversegreatbritain @annamariaburdzy thank you for representing class, grace and intelligence during your reign and for inspiring me to enter this pageant system. And to the previous titleholders of Miss Universe Great Britain who i met on Saturday- @taravaitiere @nenafrance @jaimeleefaulkner - thank you for warmly embracing me into the fold like a newly born lamb. ????????. To my cherished friends, family and my manager Kerith, thank you for your unwavering support!!????????????

Uma publicação compartilhada por Dee-Ann Kentish-Rogers (@astoldby_dee) em

 

De acordo com o G1, a diretora nacional do Miss Universo Grã-Bretanha, Paula Abbandonato, destaca que a vitória de Dee-Ann Rogers é motivo de orgulho. "Ela é um modelo excepcional para mulheres de todas as cores da pele e incorpora todas as qualidades do ideal do Miss Universo", acrescentou.

 

Dee-Ann irá disputar o mundial com a brasileira Mayra Dias e a primeira miss transgênero Angela Ponce (lembre aqui).

Terça, 17 de Julho de 2018 - 14:20

Grafite e arte nos espaços Casacor São Paulo

Grafite e arte nos espaços Casacor São Paulo

 

Criado na década de 1970, o grafite se tornou muito popular não só como uma manifestação artística para as ruas, como tomou espaço em projetos de arquitetura e decoração particulares. Na 32a edição da CASACOR São Paulo, é possível admirar esta arte em ambientes de profissionais renomados, que buscaram valorizar o grafite inserindo-o em projetos modernos e autorais.


É o caso da Casa do Escritor, de Jóia Bergamo. A profissional resolveu integrar à decoração uma pintura retratada pelo renomado artista plástico e muralista Camilo Rodrigues que interage a imagem de um escritor em uma época de transição entre a escrita manual, em que ele usa o bico de pena, para a máquina de escrever.

.


No espaço Paisagens de Luz, do Plantar Ideias, foi criado um grafite cinético, com uma mistura de cores que parece se movimentar e mudar de tons com o passar da luz do dia, com a ajuda de lâmpadas de LED. Assinado pelo artista Bieto, esta obra se estende pela parede e segue até dentro do espelho d'água.

No espaço Praça CASACOR, de Catê Poli e João jadão, temos dois grafites pintados com spray e stencil pelo artista plástico Arnaldo Degasperi: um escaravelho, símbolo egípcio sagrado, em uma das casinhas; e uma libélula, no pergolado. Além de imprimir um toque fashion e descolado ao espaço, a ideia dos paisagistas com os grafites dos insetos foi compor um ciclo vivo de um jardim.

Esta arte urbana também invade as cabines do WC No Gender, de Lissandro Piloni. Cada cabine recebeu uma intervenção com cores vibrantes e puras, criada por Mena e Rafael Zoli. Os grafites propõem uma reflexão sobre o corpo humano, objeto de inspiração do arquiteto, que propõe um espaço livre de estigmas e que abraça a diversidade e a aceitação pessoal.

A Casa Sustentável, de Larissa Oliveira e Gabriela Lotufo, ganhou uma obra na fachada do artista Marcos Baru. O artista partiu do tema da mostra – A Casa Viva – e automaticamente remeteu ao seu tema principal de trabalho, a água. "Fonte natural tão importante e que cada vez mais preocupa a todos, o painel veio com um objetivo muito maior do que simplesmente "decorar": trazer ainda mais o tema "ÁGUA" para dentro da Casa Sustentável e alertar todos os visitantes da importância da sua preservação", comenta.

A 32ª edição da CASACOR São Paulo acontece até o dia 29 de julho, no Jockey Club de São Paulo.

Serviço: CASACOR São Paulo

De 22 de maio e 29 de julho

Terça a sábado, das 12h às 21h - Domingo, das 12h às 20h

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, 875

De terça a quinta-feira: Ingresso inteiro: R$ 60/Meia entrada: R$ 30

De sexta a domingo e feriados: Ingresso inteiro: R$ 76/Meia entrada: R$ 38

Passaporte Único: R$ 180

Valet: R$ 35

Sobre a CASACOR

Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne anualmente prestigiados arquitetos, decoradores e paisagistas. Em 2018, são 17 praças nacionais: São Paulo, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina (Florianópolis e Itapema) e, pela primeira vez, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A mostra acontece ainda em quatro praças internacionais: Bolívia, Estados Unidos, Paraguai e Peru.

Aumenta a busca por cosméticos com ingredientes naturais, diz pesquisa
Foto: Reprodução / Pixabay

O levantamento "Power Natural: Vivendo intensamente, mas com saúde",  divulgado pelo Google revelou que a procura pelo termo natural aumentou 70% nos últimos cinco anos, passando à frente até da busca pela palavra saudável, que cresceu 55% no mesmo período.

 

 

De acordo com o site da revista Boa Forma, essa tendência também chegou aos itens de beleza. Isso porque cerca de 80% dos consumidores pesquisados pelo e-commerce Use Orgânico contaram que, na compra de um cosmético eles avaliavam a composição da fórmula e 74,4% priorizavam os ingredientes naturais, seja na alimentação ou nos cuidados com a beleza. Para 48% dos 1 517 entrevistados, um produto com menos componentes químicos são mais atrativos. 

Artista transforma as princesas da Disney em ilustrações plus size
Foto: Reprodução / Instagram

Com o objetivo de representar as meninas do mundo real, a artista Crystal Procknow idealizou o projeto "Chubby Disney Ladies" (as senhoritas gordinhas da Disney, em livre tradução). Ela que é famosa por lutar contra a gordofobia em suas ilustrações, trouxe as princesas da Disney de uma forma nunca vista antes. Para Crystal, todas as princesas são plus size e não tem problemas com o seu corpo. Em seu Instagram, podemos ver as clássicas heroínas redesenhadas e felizes esbanjando as suas dobrinhas e curvas.

 

A artista contou ao BuzzFeed que o seu intuito é mostrar como a representatividade é importante. "A variedade é linda e essencial, e vou continuar a promover essa mensagem o máximo que puder", completou.

 

Branca de Neve (1938)

 

Princesa Jasmine, de Aladdin (1998)

 

Mulan (1998)

 

Princesa Tiana, de "A princesa Tiana e o Sapo" (2009)

Modelo amamenta filha durante desfile de moda praia nos EUA
Foto: Reprodução / Instagram

A amamentação em público ainda é considerada um tabu, apesar de ser uma condição natural da mulher. Para discutir essa questão, a modelo Mara Martin surpreendeu a todos ao desfilar no "Sports Illustrated Swimsuit". Vestida com um modelo dourado, ela ignorou o estigma contra a amamentação em público e subiu na passarela alimentando a filha de cinco meses. O desfile de moda praia aconteceu no último domingo (15), em Miami, nos Estados Unidos. 

 

 

Em seu Instagram, Mara comentou sobre a questão da amamentação e o fato de ter virado manchete por algo que deveria ser considerado normal. "Eu não posso acreditar que estou acordando para as manchetes comigo e minha filha neles por fazerem algo que faço todos os dias. Eu sou muito grata por poder compartilhar esta mensagem, normalizar a amamentação e também mostrar aos outros que as mulheres podem fazer tudo", declarou.

 

Além de Mara, a diversidade das modelos presentes na passarela foi outro destaque. Entre elas estavam modelos curvilíneas, negras e a campeã paralímpica Brenna Huckaby, que já havia chamado atenção ao participar de um ensaio da revista no início do ano. 

 

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 17:00

Plataforma reúne iniciativas que trabalham para equidade de gênero

por Patricia Pamplona | Folhapress

Plataforma reúne iniciativas que trabalham para equidade de gênero
Foto: Agência Brasil

Um mapa interativo criado para potencializar iniciativas que trabalham para a equidade de gênero e o direito das mulheres ao reuni-las em uma rede. Essa é a proposta da Plataforma UNA, lançada em junho após ficar aberta para o primeiro cadastramento durante um ano.

Realizada pela Womanity Foundation, parceira do Prêmio Empreendedor Social, e agora gerida pela ONU Mulheres, a plataforma foi desenvolvida por uma tecnologia criada apenas por mulheres. "Ter informações que cada uma das organizações dão voluntariamente é uma forma inovadora e interessante de se relacionar num país tão grande e diverso", afirma Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil. "Tecnicamente é uma iniciativa pioneira no país."

 


Ela destaca ainda que a tecnologia é um caminho para o estabelecimento de parcerias. "É uma forma de reconhecer a importância de todas as mulheres brasileiras e a capacidade que têm de se conectar em rede. A plataforma registra a mobilização, possíveis conexões virtuais e reais e tanta gente importante para a promoção da igualdade de gênero."

Esse ponto de vista é compartilhado por Giuliana Ortega, diretora-executiva do Instituto C&A, que apoia financeiramente a iniciativa. "É uma grande teia que pode enxergar todo o ecossistema e também a relação entre elas‘, diz. ‘O Instituto C&A, por estar olhando para a melhoria [da condição de trabalho na indústria da moda], precisa colocar o foco na mulher. E a Plataforma UNA fortalece todo o ecossistema, tem impacto positivo na moda e trazer a tona todos os atores."

Além de conectar atores, a ferramenta se comporta como um mapa ao vivo, pois segue aberta para outras iniciativas se cadastrarem. "É um esforço contínuo para que esse número cresça e que [essas instituições] façam uso da plataforma‘, explica Ortega. ‘Elas vão conseguir se achar nessa teia, que tira organizações da invisibilidade, pois até iniciativas informais podem se inscrever."

Para participar, é preciso que o projeto tenha a equidade de gênero como missão. O cadastramento pode ser feito pelo site da Plataforma UNA (acesse aqui).

Compostagem pode ser reproduzida em casa de uma forma sustentável
Foto: Divulgação

A compostagem é o processo de reaproveitamento da matéria orgânica encontrada no lixo, na intenção de transformá-la em uma fonte de nutrientes que quando misturada a terra funciona como fertilizante. A técnica muito utilizada em grande escala na agricultura também pode ser reproduzida domesticamente e aplicada em plantas, hortas e jardins.

 

Para Bruno José Esperança, diretor geral da Esalflores, o processo de compostar é um grande aliado no cuidado com o meio ambiente, pois colabora com a redução dos resíduos orgânicos produzidos em residências. “A compostagem permite que restos de alimentos e outros tipos de sobras orgânicas sejam reaproveitadas contribuindo com a diminuição do volume de compostos descartados em lixões. Além de evitar a utilização de fertilizantes sintéticos”, explica Bruno.

 

O especialista ainda alerta que é preciso ter cuidado com os resíduos utilizados. “Nem todos os restos orgânicos podem ser utilizado na compostagem. Lixo comum, restos de carne, laticínios e óleos não são indicados. Já restos de verduras e legumes, cascas de frutas, borras de café, cascas de ovos e serragem são ideais”, detalha.

 

Como montar a composteira caseira

O processo de compostagem doméstica é simples e exige apenas 3 caixas plásticas escuras (sendo uma com tampa), folhas secas e galhos pequenos e cerca de 100 minhocas. “As caixas serão empilhadas em três níveis. Nas duas caixas superiores será feira a compostagem, elas devem ter pequenos furos que serão responsáveis pela comunicação entre uma caixa e outra. A caixa inferior será utilizada apenas para coletar o resíduo líquido orgânico”, explica Esperança.

 

O primeiro passo é forrar o fundo da caixa superior com as folhas secas e pequenos galhos ou serragem. Esta primeira camada vai funcionar como dreno para a composteira. Em seguida deve-se colocar a terra com minhocas e logo acima os resíduos orgânicos. É importante que os resíduos sejam cobertos com outra camada de folhas secas para contribuir com oxigenação.

 

Depois disso é só fechar a caixa e fazer depósitos diários até que ela seja preenchida. Assim que estiver completa basta passar essa caixa para baixo e subir uma vazia para recomeçar o processo. Não sendo necessário inserir novas minhocas. “Após três meses em média, já é possível coletar o húmus que pode ser utilizado como adubo. Na última caixa ficará acumulado o resíduo líquido orgânico. Diluído ele pode ser usado para regar plantas e hortas”, completa o especialista.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 11:00

Delineado no côncavo é nova tendência para maquiagem

Delineado no côncavo é nova tendência para maquiagem
Fotos: Reprodução / Instagram

 

Fugindo do clássico olho de gatinho, o delineado no côncavo é uma técnica que promete dar um ar fashionista ao look e profundidade ao olhar.  Isso porque diferentemente do gatinho que é rente aos cílios, a maquiagem no côncavo destaca a região mais curva dos olhos e tem a tendência de criar uma linha marcante na área.

 

 

Segundo o site da revista Claudia, existem duas formas para reproduzir o visual. A primeira seria usando um lápis de olho, que pode deixar o traço mais marcado na pálpebra. As sombras funcionam como uma segunda opção e possibilita que a maquiagem seja mais esfumada. Quanto às cores usadas, não há restrição. No entanto, a depender da cor, o mais indicado é que o batom seja neutro para não “brigar” com os olhos.

 

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 08:05

Diferentes estilos de calças para usar no inverno

Diferentes estilos de calças para usar no inverno

Desde o final do século XIX as mulheres passaram a usar calças, uma peça que era só para homens passou a fazer parte do universo feminino seja na prática de esportes, na versão curta, para trabalho ou lazer, segundo a historiadora e jornalista Márcia Pinna Raspanti, no seu site História Hoje. O que antes era uma afronta ao mundo machista, é uma peça comum no guarda-roupa da maioria das mulheres. Confira os modelos e as diversas formas de usar:

 

Skinny é um modelo totalmente justo. Segundo o site Dicas de Mulher é um ótimo modelo para quem tem pernas finas porque ajuda a criar um efeito de mais curvas. As cigarretes, muito parecidas com a skinny, é uma calça bem justa ao corpo, mas pode ser em outros tecidos além do jeans e é mais curta termina no ossinho do tornozelo, fica bem com Scarpins para um look mais sério e vai bem com um tênis em um look mais despojado.

Flare é uma versão mais simples da boca de sino, tem uma abertura menor na boca, sua maior característica é justamente o alargamento na parte inferior. É uma ótima peça para mulheres de quadril largo, pernas mais grossas ou simplesmente mais curvilíneas, já que a abertura ao final do comprimento equilibra as medidas.

 

A calça legging é muito mais encontrada em tecidos mais elásticos como cotton e lycra, é uma calça justa que cobre toda a perna ou na altura do calcanhar. Indicada para academia e prática de esportes.

 

Muito usada nos anos 60, segundo do site Portais da Moda, a calça capri é justinha e com medida até metade da canela. Já “A calça do namorado”, o estilo boyfriend, é um modelo mais largo e largado que dá a impressão de que a mulher realmente pegou a roupa do namorado.

 

E a pantalona, que tem um corte reto e larga do quadril até os pé, um estilo cintura alta sem muitas curvas e geralmente em tecidos bem leves. É também um bom modelo para as mulheres gordas, bem como para as de quadril e pernas mais avantajados.

Domingo, 15 de Julho de 2018 - 14:00

Como acabar com a bagunça em casa

Como acabar com a bagunça em casa
Foto: Divulgação

Guardar lembranças como presentes, recordações, prêmios ou algo que tenha valor sentimental é um hábito de muitas pessoas. Entretanto, o exagero pode ser um problema, gerando o acúmulo de objetos que não possuem função e apenas ocupam espaços e atrapalham a organização da casa. Para evitar a bagunça e ter um ambiente mais organizado, basta seguir algumas dicas simples, que vão ajudar a tornar o "quartinho da tranqueira" em um cômodo útil. Confira:

 

Primeiro, desapega!

É comum encontrar objetos sem utilidade que só estão acumulando poeira em casa. Livros, revistas, roupas, CDs, DVDs e brinquedos são alguns exemplos de itens que não são mais utilizados, mas se acumulam em armários e despensas. Mesmo que remetam a algo especial, se não têm uso, não há necessidade de serem guardados. O melhor é fazer uma triagem para otimizar o uso dos espaços. E, para conseguir isso, é preciso uma análise e separação do que realmente é importante e do que será descartado.

Para o armazenamento desses objetos, ou até mesmo de móveis e utensílios maiores, a sugestão é procurar um local adequado. 

 

Organização é essencial

No quarto, caixas organizadoras, como da empresa UpBox, cestas e baús são ótimas opções para armazenamento, pois preservam e protegem objetos. Prateleiras e nichos também podem ser utilizados, principalmente para acomodar itens de decoração e brinquedos. Na sala, móveis com portas e gavetas ajudam a armazenar utensílios, além de já servirem como decoração. O mesmo vale para a cozinha: armários com divisórias permitem que todos os utensílios sejam guardados, evitando exposição e desordem. Toalhas, produtos de higiene, perfumes, cremes, entre outros, podem ser guardados em um armário multifuncional no banheiro.

 

 

Ter uma rotina de organização ajuda a manter a casa em ordem. Quanto menos objetos espalhados, mais fácil será a limpeza e a conservação do ambiente - além da sensação de leveza proporcionada por locais mais funcionais.

Companhia aérea forma a primeira turma só de mulheres no Brasil
Foto: Divulgação

Com o intuito de buscar a igualdade de gênero no quadro de funcionários, a Avianca por meio do Programa Donas do Ar, formou uma equipe de 16 pilotos mulheres. De acordo com o jornal O Globo, a iniciativa exclusivamente feminina é pioneira no país. As pilotas receberam o certificado na quarta-feira (11) e já estão pilotando voos da companhia dentro do Brasil. 

 

Segundo a organização, o programa Donas do Ar foi criado para contratar pilotas e assim promover a transformação social e disseminar conceitos de diversidade e inclusão. A expectativa da avianca é aumentar em 10% o número de mulheres no quadro de pilotas a cada ano.

 

"Quando começamos o projeto, em 2017, menos de 2% do nosso quadro de tripulantes técnicos era formado por mulheres, o que ainda é normal entre empresas aéreas. Depois da implantação do programa, essa porcentagem subiu para 5%, a maior entre as aéreas brasileiras", explicou o presidente da Avianca Brasil, Frederico Pedreira.

Malala cria conta pessoal no Instagram e primeira foto publicada é em Salvador
Foto: Reprodução / Instagram

A ativista paquistanesa e mais jovem prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafzai, aproveitou a visita ao Brasil e o seu aniversário nesta quinta-feira (12) para criar um perfil no Instagram. "Olá, Instagram. Estou feliz de estar celebrando meu 21º aniversário no #Brasil", escreveu, em inglês, na legenda da sua primeira foto publicada.

 

 

Hi, Instagram! So happy to be celebrating my 21st birthday in #Brazil!

Uma publicação compartilhada por Malala Yousafzai (@malala) em

 

A primeira foto foi tirada no Pelourinho quando conheceu o Centro Histórico de Salvador pela primeira vez (lembre aqui). Malala veio ao Brasil nesta semana para reforçar as suas iniciativas e esforços para defender a igualdade de gênero na área da educação. Além de palestrar na segunda-feira (9), em São Paulo.

 

De acordo com o site da revista Claudia, ela escolheu três brasileiras para integrar a Rede Gulmakai, uma iniciativa do Fundo Malala para apoiar educadores e ativistas locais que trabalham em países onde meninas enfrentam grandes obstáculos no acesso à educação, como o Afeganistão, Líbano, Índia, Nigéria, Paquistão e Turquia.

 

As brasileiras escolhidas são Sylvia Siqueira Campos (Pernambuco), presidente do Mirim, Ana Paula Ferreira de Lima (Bahia), coordenadora da Associação Nacional de Ação Indigenista e Denise Carreira (São Paulo), coordenadora da Ação Educativa. Elas irão receber um investimento de 700 mil reais para seus projetos.

Gucci lança nova coleção de decoração usando ilustrações
Foto: Divulgação

A marca italiana lançou a sua nova linha decorativa com uma grande variedade de peças, que incluem mobília, almofadas, bules, castiçais, canecas e até porta-incensos. Segundo o site da revista Elle, além dos diferentes tipos de itens, foram pensadas várias estampas e texturas. Dentre elas, tigres, cobras, escaravelhos, símbolos místicos, florais retrô e o monograma da grife. Além disso, a marca inovou listando os lançamentos no site oficial usando ilustrações do artista Alex Merry para divulgar as peças. A coleção pode ser vista no site da Gucci (acesse aqui).

 

 

 

Feira: Mulher em trabalho de parto é escoltada por policiais por causa de engarrafamento
Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Policiais militares da 66ª CIPM ajudaram uma gestante em trabalho de parto a chegar a tempo ao hospital na cidade de Feira de Santana, a 110 quilômetros da capital baiana. O caso aconteceu no início da tarde de quinta-feira (12), quando a guarnição avistou um veículo em atitude suspeita e, ao se aproximar do carro, verificou que uma mulher estava em trabalho de parto. Como o trânsito estava congestionado, os policiais iniciaram uma escolta com o acionamento de dispositivos sonoros e luminosos de emergência. A PM garantiu que a família chegasse em segurança ao hospital, onde o bebê nasceu e recebeu os primeiros atendimentos da equipe médica.

Sandra Oh é primeira asiática indicada ao Emmy de melhor atriz
Foto: Reprodução / Instagram

Sandra Oh, de 46 anos, se tornou a primeira atriz de origem asiática a ser indicada na categoria de melhor atriz de drama, uma das principais do Emmy Awards. De acordo com o site da revista Veja, anteriormente ela havia conseguido cinco indicações como atriz coadjuvante, pelo papel da médica Christina Yang na série Grey's Anatomy, na qual ficou até a 10ª temporada. A protagonista da série Killing Eve nasceu no Canadá, mas tem ascendência coreana graças aos pais.

 

Em publicação no Twitter, Sandra comemorou: “Sinto muita gratidão e alegria com esta nomeação. Estou muito feliz pela nomeação da Phoebe Waller Bridge e por todo o elenco / equipe de Killing Eve. Compartilho este momento com a minha comunidade. PS: Eu acho que minha mãe pode realmente estar satisfeita agora”, celebrou.

 

A protagonista de Killing Eve, interpretada por Sandra é uma espiã do serviço secreto britânico MI5 que está perseguindo uma assassina de aluguel, interpretada por Jodie Comer. A primeira temporada com apenas 8 episódios conquistou o público e a crítica ao ser exibida na BBC America.

 

A atriz concorre ao prêmio de melhor atriz em série dramática com tatiana Maslany (Orphan Black), Claire Foy (The crown), Elisabeth Moss (The Handmaid's Tale), Evan Rachel Wood (Westworld) e Keri Russell 9the americans).

Fifa orienta emissoras de TV a evitar erotização de imagens das mulheres na Copa
Foto: Reprodução/ Getty Images

Após a notificação dos 45 casos de assédio contra mulheres (lembre aqui), a Fifa, entidade mais importante do Futebol forneceu orientações para que as emissoras de TV evitem mostrar imagens que possam sugerir uma erotização das mulheres nos estádios. De acordo com o site da revista Claudia, a organização confirmou que houve uma decisão em relação à forma de transmitir imagens dos torcedores. Para isso, a Fifa emitiu um manual para o direito de partidas da emissão de televisão relacionadas com a cobertura nos estádios.

 

"Preferimos que a cobertura evite focos exagerados e prolongados que possam levar à sugestão de conotações sexuais ou uma tendência de gênero”, disse a organização em comunicado.

Jovem de Eunápolis é finalista do Troféu Inova Jovem Empreendedor
Foto: Divulgação

Dafne Oliveira de Sousa, de 18 anos, é uma das 30 jovens finalistas que concorrem ao Prêmio Inova Jovem Empreendedor, que será entregue nesta sexta-feira (13), em Brasília. O objetivo do projeto era capacitar cerca de dois mil jovens moradores de comunidades periféricas de todo o Brasil para empreender em um negócio partindo do zero. Todos participaram de um programa da Secretaria Nacional de Juventude, do Governo Federal, ao longo do primeiro semestre de 2018. Além de aulas, os alunos tiveram acompanhamento por 30 dias, com suporte presencial e online, para a garantia da continuidade dos empreendimentos. A finalista de Eunápolis concorre na categoria Histórico Social. Seu negócio é o “Dhay Masks”, empreendimento que está permitindo uma mudança na condição e na perspectiva social da jovem.

 

Dentre as categorias premiadas estão performance financeira; Histórico social: mudança social ocorrida, afastamento da criminalidade e da drogadição, busca por alfabetização; Inovação: desenvolvimento de uma área de negócios ainda não explorada no entorno.

Organização parceira da Fifa notificou 45 casos de assédio a mulheres na Copa
Foto: Reprodução / Twitter

A ONG Fare Network, que monitora questões de discriminação e atua junto à Fifa, documentou 45 casos de mulheres que foram vítimas de sexisno e assédio durante a Copa, na Rússia. De acordo com o site Globo Esporte, foram 30 torcedoras e 15 jornalistas que sofreram o tipo de violência.


Em coletiva realizada pela Federação, o diretor executivo da ONG, Piara Powar, contou que os casos normalmente eram de mulheres russas assediadas por estrangeiros e jornalistas que foram atacadas e até beijadas à força enquanto trabalhavam por torcedores.


Apesar disso, a organização alerta que os números podem ter sido  maiores, pois muitos abusos, na maioria das vezes, não foram registrados. Segundo as duas instituições, os torcedores que foram identificados nos casos de assédio foram impedidos de entrar nos estádios.

 

Fifa promoveu coletiva para discutir casos | Foto: Martín Fernandez / Globo Esporte

 

Entre os casos mais famosos, o que mais repercutiu na impresa mundial foi o grupo de brasileiros que assediaram uma jovem russa e a fez repetir palavras que remetiam ao seu órgão sexual, sem ela saber o verdadeiro significado.

Sexta, 13 de Julho de 2018 - 08:05

'É importante ter representações como Conceição Evaristo'

por Ashley Malia

'É importante ter representações como Conceição Evaristo'

Conceição Evaristo é uma escritora, poetisa e romancista negra, nascida na periferia de Belo Horizonte e que vem de uma família pobre. É preciso demarcar esses locais de fala para evidenciar uma trajetória que não foi fácil e, inclusive, foi (e ainda é) marcada pela resistência. A autora teve que conciliar o curso normal com o trabalho como empregada doméstica e foi quando mudou-se para o Rio de Janeiro que passou em um concurso e iniciou os estudos em Letras, na UFRJ.

 

Hoje, Conceição Evaristo é mestra em Literatura Brasileira e doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense. Ela é autora dos contos Insubmissas Lágrimas de Mulheres e Olhos D’Água, além do romance Ponciá Vivêncio e outros. Em 2015 ganhou o Prêmio Jabuti de Literatura e, este ano, será a autora homenageada na Flica.

 

Me senti especialmente tocada ao saber da homenagem à Conceição na Flica 2018, pois a literatura esteve presente na minha vida desde a pré-adolescência, como leitora e como escritora. Durante a minha vida já li mais de duzentos livros e nunca me senti representada em nenhum deles. Inclusive, um fato curioso é que há alguns tempos atrás comecei a ler o livro “No Seu Pescoço”, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, e só quando terminei o primeiro conto que percebi que estava lendo, imaginando e interpretando os personagens como brancos, mesmo estando claro que os personagens tinham origem africana. Foi a partir de então que comecei a questionar a minha trajetória na literatura como consumidora e até mesmo como aspirante a escritora. Totalmente marcada pela colonização e embranquecimento, pois mesmo os personagens das histórias que eu escrevia na adolescência eram brancos. Foi então que comecei a conhecer autoras e autores negros.

 

É extremamente necessário para a população negra ter representações como Conceição Evaristo na literatura brasileira, pois é uma forma de trazer para nós o protagonismo e lutar contra a colonização de nossos pensamentos e imaginações.

 

“A importância de enegrecer a Flica é a mesma de enegrecer a Academia [Brasileira de Letras] e todos os espaços sociais e culturais. São espaços nossos de pertença. Qualquer espaço que a gente conquiste, nada é dado, nada é privilégio. Nós estamos na base da construção dessa nação, então esses espaços são nossos em todos os sentidos”, diz Conceição em entrevista ao Ashismos.

 

E vale lembrar que essa referência não vem só pelo protagonismo e sim pela necessidade de mostrar para jovens negros que há possibilidades e que todos nós temos uma chance, mesmo que mínima, de conquistar estes espaços (e devemos). Conceição Evaristo é uma mulher que nasceu e cresceu na periferia, lutou muito para conseguir alcançar a academia e até hoje relata que não foi a mídia que a fez e sim aos irmãos e irmãs do Movimento Negro, que foram os primeiros a ler e valorizar seus textos. Portanto, o reconhecimento que tem hoje é mínimo em comparação ao que deveria ter não só para ela, mas para todas as mulheres negras que ocupam o campo da literatura.

"Eu não nasci rodeada de livros, nasci rodeada de palavras" - Conceição Evaristo

 

A homenagem na Flica é um passo em direção a uma democratização da leitura e da escrita. A autora faz questão de lembrar que as classes populares devem se apropriar da leitura e da escrita por direito. “Livro e leitura não é para ser de pertença das classes hegemônicas, tem também que ser de pertença das classes populares”, diz Conceição. Ela revela que faz questão de visitar escolas públicas para que crianças e jovens percebam que também podem ocupar esses espaços, pois existe um romantismo com relação ao escrito como se todos tivessem nascido nas classes privilegiadas. “Quando eu falo que a escrita é uma vingança, é justamente para mostrar que as classes populares, quando se tem oportunidade, são capazes de ser criadores de tudo”, completa.

 

Campanha pela Academia Brasileira de Letras

 

Recentemente, Conceição Evaristo declarou que iria se candidatar à cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras e, desde então, iniciou-se uma campanha pela ocupação da autora na cadeira 7 da academia. A campanha #ConceiçãoEvaristoNaABL tem gerado várias discussões sobre a representatividade negra dentro da ABL, fundada pelo autor negro Machado de Assis e que nunca foi ocupada por uma mulher negra. “Quem são esses escritores e escritoras que estão lá dentro? De que lugares sociais nascem essa escrita? De que lugar de gênero e experiência racial nasce a escrita dos representantes que estão lá dentro?”, questiona Conceição.

 

Ter Conceição Evaristo ocupando uma cadeira na Academia Brasileira de Letras é importante e necessário, não só pela representatividade negra, mas como diz a poeta Lívia Natália, “é devolver à academia sua vocação literária”.

Ashley Malia, 20 anos, baiana, mulher negra e periférica. Feminista, militante do movimento negro e estudante de jornalismo. Aos 12 anos encontrou na blogosfera um espaço para se expressar e hoje em dia vê as mídias digitais como uma possibilidade interessante para o seu futuro. Barbie preta, ama pink, fotografia e twitter.

O Ashismos é um blog com conteúdos sobre questões étnico-raciais e de gênero com linguagem simples e um toque cor-de-rosa.

Redes sociais:

www.instagram.com/blogashismos

www.twitter.com/ashismos

Celebrar saída dos noivos com velas sparkles é nova tendência para casamentos 
Foto: Reprodução / Pinterest

As velas sparkles estão substituindo a famosa "chuva de arroz" no fim das cerimônias de casamento. Assim como o arroz, as velas são distribuídas no fim da cerimônia para os convidados. A tendência promete um efeito iluminado e diferente para as fotos.

 

 

Antes de serem incorporadas as comemorações de casamento, as velas sparkles só eram usadas em bolos de aniversário. No entanto, se tornou tendência em celebrações de casamento no mundo inteiro. Segundo o portal Vix, as velas compridas e com efeito luminoso é uma opção radiante e diferente para comemorar a união dos noivos. Uma das adeptas foi a blogueira e digital influencer Niina Secrets, que casou em maio deste ano. Na saída, os padrinhos esperavam os noivos com as velas acesas nas mãos.

 

 

Sr e Sra ?????? fotos: @somosfratelli #casamentoniinaegui

Uma publicação compartilhada por Niina (@niinasecrets) em

 

Como usar
Normalmente, as velas são usadas pelos padrinhos formando um túnel para os noivos após a ceromônia, como se eles estivessem iluminando o caminho do casal e desejando uma vida próspera aos dois, mesmo significado da chuva de arroz. O resultado é ainda mais bonito quando a festa é realizada durante à noite.
Além disso, cabe ressaltar que as velas devem ser acesas uns minutos antes, para garantir o efeito, pois as velas queimam rápido.

Quinta, 12 de Julho de 2018 - 17:00

Marta se torna embaixadora da ONU Mulheres

por Folhapress

Marta se torna embaixadora da ONU Mulheres
Marta foi eleita cinco vezes como melhor jogadora | Foto: Reprodução / Instagram

A ONU Mulheres anunciou nesta quinta-feira (12) a atacante Marta como embaixadora da boa vontade para mulheres e meninas no esporte. A brasileira terá como função apoiar o trabalho das mulheres "pela igualdade de gênero e empoderamento das mulheres em todo o mundo".



"É uma honra me tornar uma embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres para mulheres e meninas no esporte. Estou totalmente comprometida em trabalhar com a ONU Mulheres para garantir que mulheres e meninas em todo o mundo tenham as mesmas oportunidades que homens e meninos têm para realizar seu potencial e eu sei, da minha experiência de vida, que o esporte é uma ferramenta fantástica para o empoderamento", disse Marta, em nota oficial da entidade.



Essa não é a primeira participação de Marta em projetos da ONU. Anteriormente, a atacante participava como embaixadora do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), que tem como objetivo promover o desenvolvimento e erradicar a pobreza no mundo.

 



Principal jogadora da seleção brasileira, Marta conquistou por cinco vezes o prêmio de melhor jogadora do mundo (2006 a 2010).

Quinta, 12 de Julho de 2018 - 14:00

Jacketa Puffer é tendência para o inverno

Jacketa Puffer é tendência para o inverno
Foto: Reprodução / Instagram

Vista nos desfiles das semanas de moda internacionais, a jaqueta puffer promete ser o agasalho mais quentinho e estiloso da estação. A peça é conhecida pelo volume, inicialmente ela era confeccionada em náilon e era indicada para quem praticava esportes na neve. Por esse motivo, apesar de ser um modelo confortável, a peça não fazia parte do circuito de peças fashionistas. No entanto, a jaqueta foi repaginada para uma versão atualizada e oversized, ou seja, ela ficou mais larga e comprida. Atualmente, muitas famosas aderiram a tendência, como Sasha Meneghel, Kim Kardashian, Anitta e Mariana Rios.

 

 

De acordo com o site da revista Boa Forma, a principal dica para se ter em mente quando usar a puffer jacket é combiná-la com peças mais sequinhas. Isso porque a peça já costuma ser mais volumosa e, assim, é possível equilibrar as proporções. Quanto as cores, para quem não quer errar a mais indicada é a preta, pois combina com tudo.

 

 

Apesar do estilo esportivo da peça, ela também pode ser usada em ocasiões mais formais. Nesse caso, o tênis ou bota podem ser trocados por um scarpin, por exemplo. Além disso, é possível brincar com tecidos mais cintilantes na jaqueta como fez a modelo Olivia Culpo ao usar a peça com brilhos e paetês.

 

Croácia faz história ao ser a única seleção com uma mulher ocupando um cargo de chefia
Olivari é chamada de 'Tia Iva' pelos jogadores | Foto: Reprodução / Instagram

Além do bom desempenho nas partidas e o saldo de dois gols contra a Inglaterra, que levaram a Croácia a disputar a final da Copa do Mundo da Rússia, que acontecerá neste domingo (15), a presença de uma coordenadora entre os jogadores chamou a atenção até dos menos curiosos. Isso porque Iva Olivari é a única mulher que ocupa um cargo de chefia dentro de uma delegação em pleno mundial de futebol masculino.

 

Desde 2012, ela é coordenadora da delegação. Segundo o jornal O Globo, o carreira da ex-tenista, de 59 anos, foi cheio de percalços. Ela iniciou sua carreira junto com a criação da Federação Croata de Futebol, após a independência do país da Iugoslávia, no início dos anos 90. A atual coordenadora já trabalhou em diversos cargos administrativos, sua formação após abandonar a carreira de tenista, aos 16, por causa de lesão no punho. 

 

Em entrevista ao jornal O Globo, ela ressalta a importância de se ter mulheres trabalhando na Federação, que segundo ela, a proporção delas em cargos de chefia é a maior do que a quantidade de homens. “É um orgulho dizer que a federação, liderada por Davon Suker, dá todo o apoio à equidade de gêneros “, afirmou.

 

Para ela, a educação recebida em casa a ajudou a superar o preconceito e a desconfiança. “Meus pais sempre nos criaram (ela e a irmã) com a crença de que podemos realizar tudo o que queremos, se formos fortes o suficiente e se formos persistentes no que fazemos. É assim que eu crio meus filhos até hoje”, completou

Uma em cada cinco brasileiras tem risco de sofrer um infarto
Foto: Divulgação

 

Nos últimos anos, a mulher vem ocupando grande espaço no mercado de trabalho, o que a leva a uma dupla ou tripla jornada de trabalho, considerando a sua atenção também com as tarefas domésticas e os cuidados com os filhos. Além disso, elas estão cada vez mais expostas a fatores de risco, como o uso de anticoncepcionais, tabagismo, álcool, diabetes e hipertensão, o que tradicionalmente não era comum.

 

Segundo o neurologista e membro da Socesp Dr. Alexandre Pieri, "a incidência das doenças cardiovasculares nas mulheres é menor do que em homens, mas quando já adoecida, a chance do óbito é maior, principalmente quando associado à idade". O especialista explica que, ao atingir a menopausa, a mulher diminui a produção de estrogênio, um grande aliado do coração. Este hormônio estimula a dilatação dos vasos, facilitando o fluxo sanguíneo. "É bom que as mulheres estejam sempre atentas aos sintomas de doenças cardiovasculares, pois, muitas vezes, elas se confundem com problemas na coluna, cansaço ou até mesmo dor no braço", alerta.

 

Dentre os fatores de risco de doenças cardiovasculares, estão a hipertensão, sedentarismo, colesterol alto, alimentação irregular, obesidade, estresse, tabagismo, alcoolismo e diabetes. Além disso, realizar exames periódicos, evitar o excesso de sal e álcool, praticar atividades físicas e cuidar de sua saúde emocional são dicas importantes para que a mulher tenha uma vida mais saudável e com menores chances de sofrer um infarto ou AVC.

 

Sobre a SOCESP

A Socesp - Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1976. Regional da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Departamento de Cardiologia da Associação Paulista de Medicina, conta com cerca de 8 mil sócios. Os principais objetivos da Socesp são contribuir para a atualização dos cardiologistas do estado e difundir o conhecimento científico gerado pela própria Socesp aos profissionais da saúde que atuam na Cardiologia e para a população.

Marca brasileira lança primeiro biquíni menstrual neste mês
Foto: Divulgação

Depois do surgimento das calcinhas e dos coletores menstruais, como alternativas menos poluentes para as mulheres. Graças a Herself (conheça aqui), a tecnologia também é incorporada a moda praia. Isso porque a marca é responsável pela criação dos primeiros biquínis e maiôs menstruais no Brasil.  Inicialmente, as peças serão lançadas via financiamento coletivo, incentivando assim a participação das interessadas no processo de criação.

 

A tecnologia usada será a mesma das calcinhas absorventes, um tecido ultra absorvente e com função antimicrobiana que evita fungos, bactérias e odores. O grande diferencial é que a peça entre e saia da água com segurança. Para isso, é usado uma camada de revestimento, que retém a menstruação e deixa apenas a água passar, evitando que haja vazamentos no momento de saída do mar ou da piscina. Apesar do cloro presente, a peça também pode ser usada na piscina, mas é necessário o enxágue no pós-uso para não comprometer a durabilidade do item.

 

 

As interessadas em adquirir a novidade poderão escolher o modelo, corte, tamanho, tipo de tecido, detalhes e até nomes. As peças vão custar de R$150 a R$ 180 e o envio das compras começam a partir de outubro e o lançamento no site da marca está previsto para novembro. A variedade de tamanhos também é uma preocupação importante para a marca, que vai oferecer do 32 ao 60. 

 

O lançamento oficial acontecerá no dia 13 de julho, na Casa Modaut, ponto físico de vendas da Herself em Porto Alegre. O momento também marca o início período na plataforma de crowdfunding Catarse.

Quase bilionária, Kylie Jenner estampa capa da 'Forbes' como a empreendedora mais jovem
Foto: Reprodução / Instagram

Com 20 anos de idade e apenas três anos à frente da sua marca de cosméticos, Kylie Jenner lidera quando o assunto é transformar o seu empreendimento em uma das maiores fortunas do mundo. Não é a toa, que a jovem foi escolhida pela revista "Forbes" como a empresária mais jovem e rica da América. Entre as 60 mulheres no ranking de empreendedoras mais ricas, Kylie é a mais nova, ocupando a 27ª posição. 

 

A americana fundou a Kylie Cosmetics em fevereiro de 2016 vendendo um kit com lápis de boca e batom. Atualmente, a empresa conta com linhas de sombras, delineadores e blush, entre outros cosméticos. Em entrevista à Forbes, Kylie relatou que a marca já vendeu mais de US$ 630 milhões e que os contratos de publicidade ajudaram a completar os US$ 900 milhões registrados no ranking. 

 

 

Nas redes sociais, Kylie comemorou o sucesso. "Mal posso acreditar que estou postando minha própria capa da Forbes. Obrigada pelo artigo e pelo reconhecimento. Sou tão abençoada por fazer o que eu gosto todos os dias. Não poderia imaginar isso", declarou.
 

Depois de Kylie, a cantora Taylor Swift, de 28 anos, é a segunda mais nova a fazer parte do grupo de mulheres mais ricas com menos de 30. Ela está ocupando a última posição da lista. A irmã de Kylie, a socialite Kim Kardashian também aparece na lista na 54ª posição com fortuna de US$ 350 milhões. 

 

A lista completa pode ser vista no site da revista (acesse aqui).
 

Histórico de Conteúdo