Madrinha de casamento é condenada a indenizar noiva em R$ 20 mil por agressão
Uma madrinha de casamento foi condenada a indenizar em R$ 20 mil uma noiva, por agredi-la durante a cerimônia, em São Bernardo do Campo, em São Paulo. A decisão é da 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). De acordo com a noiva, a ré desferiu tapas em seu rosto e atirou copos contra seu noivo, o que fez os convidados deixarem o local. A madrinha, em sua defesa, alegou que agiu em legítima defesa e que tentou proteger sua filha de dois anos, após terem sido provocadas de forma injusta pela noiva. A autora da ação pediu indenização pelos gastos relativos ao casamento, lua de mel e tratamento psicológico, acrescida de montante a título de danos morais. Para o desembargador Vito Guglielmi, o dano moral no caso foi evidente, pois uma festa de casamento representa a celebração de um evento especial na vida de qualquer casal. Quanto ao prejuízo material, o relator explicou que os valores alegados não foram comprovados.

Histórico de Conteúdo