Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Conselho Federal aprova contas da OAB-BA de 2021 por unanimidade
Foto: Angelino de Jesus/ OAB-BA

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou as contas da seccional baiana referente ao ano de 2021. A aprovação foi unânime pelo segundo ano consecutivo e objeto de destaque no relatório oficial. 

 

A Seccional também foi a primeira do Brasil a ter os balanços financeiros analisados e aprovados pela OAB Nacional. O processo teve como relatora a conselheira federal por Pernambuco, Yanne Katt Teles Rodrigues. 


 

De acordo com o ex-presidente da OAB da Bahia, o conselheiro federal Fabrício Castro, esse feito revela o compromisso com uma gestão austera, transparente, eficiente."Estamos muito felizes com o reconhecimento de uma aprovação das contas com louvor pelo Conselho Federal. Foram três anos de muito trabalho, superando dia a dia cada um dos desafios que nos foram apresentados. Estivemos em todo período devidamente alinhados com a CAAB e com a ESA, o que permitiu uma melhor otimização dos gastos em favor da advocacia", analisou. 


 

Hermes Hilarião, diretor tesoureiro da Seccional, também celebrou a aprovação das contas, destacando que o resultado foi fruto de um trabalho conjunto de toda a Diretoria, Subseções e Conselho Pleno: "A aprovação de nossas contas com louvor pelo Conselho Federal muito nos alegra e motiva para seguir trabalhando firme pela advocacia. Divido esse resultado com toda a Diretoria da época e com a nossa equipe de colaboradores, sobretudo com o presidente Fabrício Castro, que nos liderou de forma institucional, impessoal e eficiente. Vamos continuar nos esforçando para assegurar a saúde financeira da OAB". 


 

A presidenta da OAB da Bahia, Daniela Borges, comemorou a aprovação. “É um feito que enche de orgulho e inspira a todos nós, pela seriedade e responsabilidade no trato com os recursos financeiros da Ordem, oriundos das nossas anuidades”. “Quero parabenizar toda a Diretoria do triênio anterior, nas pessoas do ex-presidente Fabrício Castro, que continua trabalhando conosco pela advocacia, agora como conselheiro federal, e também de  Hermes Hilarião, que era o nosso diretor tesoureiro em 2021 e segue como nosso diretor tesoureiro agora, com o mesmo compromisso e a mesma competência de sempre”, completou.


 

A gestão da OAB da Bahia no ano de 2021 foi, ainda, enaltecida pelo relatório do Conselho Federal: "Destaque-se o esforço da Diretoria representada pelo Presidente Fabrício de Oliveira para desincumbir-se da nobre missão de dirigir uma Seccional que vem passando por um processo de reestruturação administrativa e o desafio de atender um quadro de 49.499 advogados ativos (fls. 478), de um total de 55.480 registros".

Histórico de Conteúdo