Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Júri de Salvador condena homem a 19 anos de prisão por matar ex a facadas
Foto: Divulgação

O Tribunal do Júri de Salvador condenou Remerson Lima de Souza a 19 anos e quatro meses de prisão por assassinar a esposa na frente da filha de apenas  dois anos e da enteada de nove anos. Segundo o promotor de Justiça Ariomar Figueiredo, ele cometeu o feminicídio por motivo torpe e com utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, porque não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos. 

 

O julgamento foi realizado na última sexta-feira (26), com sentença proferida pelo juiz Paulo Sérgio Oliveira. A denúncia foi oferecida pelo MP, por meio da promotora de Justiça Ana Rita Nascimento, em janeiro de 2018.  As investigações apontam que o crime ocorreu no dia 29 de dezembro de 2017, na passarela que dá acesso ao metrô, em frente ao bairro da Paz, na Avenida Paralela. Naquele dia, Remerson Souza, acompanhado da sua mãe, seguiu e atacou Joelma Reis da Silva com vários golpes de faca pelas costas, causando-lhe a morte.

Histórico de Conteúdo