Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 08 de Abril de 2021 - 13:40

Corregedor do TJ-BA manda juízes atenderem advogados em 24h

por Cláudia Cardozo

Corregedor do TJ-BA manda juízes atenderem advogados em 24h
Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias

O desembargador Osvaldo Bomfim, corregedor das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), determinou que os juízes atendam a advogados no prazo de 24h. O pedido foi feito pela seccional baiana Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA).

 

No aviso, o desembargador afirma que os magistrados de entrância inicial e intermediária deverão colocar em prática "mecanismos que permitam o agendamento direto, público e transparente, do atendimento por videoconferência entre os magistrados e os advogados, bem como assegure o retorno aos e-mails enviados no prazo de 24h estipulado pelo Decreto Judiciário nº 358/2020, bem como a disponibilização de horários de atendimento pelos magistrados". O atendimento deverá observar as regras editadas pelo TJ-BA relativas ao funcionamento dos serviços judiciários durante a pandemia do coronavírus.

 

Para o presidente da OAB-BA, Fabrício Castro, a medida, se cumprida, será muito boa para o Judiciário. “Vai ser bom para o tribunal, que terá uma produtividade muito maior; vai ser bom para a advocacia, que vai conseguir trabalhar - a advocacia é indispensável para a administração da Justiça; e ao final será muito bom para o cidadão, que terá o seu direito observado”, declarou Fabrício em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, na Rádio Salvador FM. 

Histórico de Conteúdo