OAB alerta autoridades após caso de coronavírus em congresso de advogadas
Foto: Divulgação

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, comunicou as autoridades de Fortaleza que um dos participantes da 3ª Conferência Nacional da Mulher Advogada, realizada na cidade no início de março, estava com o novo coronavírus. O comunicado foi emitido nesta segunda-feira (16). O evento foi realizado entre os dias 5 e 6 de março deste ano e reuniu diversas advogadas e especialistas. 

 

Segundo o site Metrópoles, uma conselheira federal de Pernambuco testou positivo para Covid-19. No momento, a mulher está em isolamento. Mais três conselheiras têm apresentado sintomas da doença. As informações foram confirmadas por Felipe Santa Cruz, presidente da OAB Nacional. 

 

“Em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em curso no país, tivemos a informação de que uma das participantes testou positivo para a enfermidade. Diante disso, para a devida adoção de medidas de controle e prevenção dos riscos à saúde pública, encaminhamos a listagem anexa com os nomes dos estabelecimentos hoteleiros em que os palestrantes e os funcionários ficaram hospedados”, informa nota. “Estamos avisando a todas as pessoas e autoridades que estiveram presentes no evento, assim como ao Ministério da Saúde”, informou Santa Cruz à coluna. “Por causa da importância do assunto, é necessário tratá-lo da forma mais transparente possível”, assinalou o presidente. 

 

Uma das advogadas internadas e que espera confirmação para o teste é do Rio Grande do Sul e tem 83 anos. Nesta segunda-feira (16), a Ordem suspendeu todos os eventos, as reuniões e as sessões marcadas até a próxima sexta-feira (20). Porém, a data será alterada para 31 de março. Santa Cruz pede a devida adoção de medidas de controle e prevenção dos riscos à saúde pública. A instituição encaminhou a lista com os nomes dos estabelecimentos hoteleiros em que os palestrantes e os funcionários ficaram hospedados. 

Histórico de Conteúdo