MP-BA realizou mais de 200 ações durante Plantão de Carnaval em Salvador
Foto: MP-BA

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) realizou cerca de 200 inspeções nos sete dias de Plantão do Carnaval. No período, uma equipe formada por promotores de Justiça e servidores realizaram vistoriais nos portais de segurança e abordagem para verificar se estavam funcionando normal e se havia policiais femininas para revistar as mulheres, caso fosse necessário.

 

Os promotores também visitaram diversos hotéis para divulgação da campanha de combate a exploração sexual infanto-juvenil e para alertar sobre a proibição de venda de bebidas alcóolicas a menores de 18 anos. Também realizaram vistorias em centros de convivência - espaços montados para receber os filhos dos ambulantes que trabalham no Carnaval. O objetivo é verificar as condições de alimentação e alojamento das crianças e jovens. A equipe ainda inspecionou camarotes públicos e particulares para cobrar dos responsáveis pelos espaços condições adequadas de acessibilidade para pessoas com deficiência, sinalização adequada de rotas de fuga e da área de resgate, além da identificação de menores de 18 anos nos camarotes. Durante o plantão, também foram visitadas unidades policiais e de saúde e expedidas cerca de 40 recomendações relacionadas à festa.

 

"Nos últimos três anos, o MP vem atuando de forma mais engajada na festa graças à dedicação de promotores de Justiça e servidores, e também de diversas parcerias que firmamos com instituições e órgãos públicos. Continuarei torcendo para que o MP faça a diferença no Carnaval, e para que o respeito, a diversidade e a paz estejam sempre presentes nos dias de folia", ressaltou a procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado.

Histórico de Conteúdo