Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Nova sede da Unicorp do TJ-BA será inaugurada com presença de autoridades
Foto: Divulgação

A nova sede da Universidade Corporativa (Unicorp) do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nesta quinta-feira (10), às 10h, com transmissão pelo canal do TJ no Youtube. A solenidade contará com a participação de autoridades da República, como o ministro Humberto Soares Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ); o procurador-geral da República, Augusto Aras; toda a Mesa Diretora da Corte baiana; o diretor-geral da Unicorp, desembargador Nilson Soares Castelo Branco; o vice-diretor da Unicorp, desembargador José Aras; a juíza Renata Gil, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB); e a juíza Nartir Weber, presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab).

 

A Unicorp, que funcionava, até então, em um imóvel localizado no bairro de Monte Serrat, através de um Termo de Cessão de Uso firmado entre o Estado da Bahia e o TJ, vigente até maio deste ano, passa a funcionar, agora, no quarto pavimento do Edifício Advogado Pedro Milton de Brito – Anexo II, na sede do Judiciário baiano, localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

 

A solicitação de transferência da sede foi feita pelo desembargador Nilson Castelo Branco, em junho do ano passado, com a entrega de ofício ao presidente do TJ-BA, desembargador Lourival Almeida Trindade.O documento foi baseado na economicidade e eficiência, levando em consideração os baixos custos com a mudança da sede para o Centro Administrativo da Bahia e os ganhos obtidos depois de uma análise e pesquisa realizada ao longo de três anos de atividade.

 

A relação entre os custos levantados e os benefícios advindos somente com a mudança da localização foram abordados em um estudo minucioso e detalhado das vantagens comparativas e competitivas para o novo empreendimento, que passa a ocupar um local próprio e com todos os recursos disponíveis no Anexo II do edifício-sede, como segurança, vigilância 24 horas, energia solar, reaproveitamento de água de chuva e um moderno sistema de tecnologia e informatização.

Criada em 2008, por meio da Resolução TJ nº 22, a Universidade Corporativa do Judiciário baiano, atua comprometida em desenvolver ações educativas plurais, transversais e democráticas, na linha de orientação do Desembargador Presidente Lourival Trindade.

 

Histórico de Conteúdo