Fux participa de evento no TJ-BA sobre desafios da magistratura e da Justiça 4.0
Foto: STF

O Tribunal da Justiça da Bahia (TJ-BA) realizará no dia 29 de novembro o I Fórum Nacional da Magistratura e os Desafios na Justiça 4.0. O objetivo é debater os caminhos da “nova Justiça”, marcada pelo uso de recursos tecnológicos e pela chamada “autocomunicação em massa”, fenômeno decorrente do maciço uso das mídias sociais. O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, fará a conferência magna de abertura, com o tema: “Ética e Novas Tecnologias: desafios regulatórios para a Inteligência Artificial no Direito”.

 

O evento é organizado pelo Instituto Justiça e Cidadania (IJC) com apoio da Universidade Corporativa do TJBA (Unicorp). Para o debate “Mídias sociais e Magistratura: liberdade de expressão versus preservação de imagem institucional” está confirmada a presença do ministro Humberto Martins, Corregedor Nacional da Justiça, onde foi criado Grupo de Trabalho encarregado de avaliar os parâmetros para o uso adequado das redes sociais pelos magistrados.

 

A programação contará, ainda, com o painel “Resoluções alternativas de conflitos”, a ser apresentada pelo Ministro Marco Aurélio Buzzi e pelo recém empossado Conselheiro do CNJ, Desembargador Luiz Keppen, além de painéis  sobre os seguintes temas: O Impacto das novas tecnologias no Poder Judiciário, com o Ministro Ricardo Cueva do STJ e o Conselheiro do CNJ, André Godinho; e a Aplicação da Inteligência Artificial na Justiça Brasileira com o Presidente do STJ, Ministro João Otavio de Noronha.

 

Desde 2001, os tribunais de Justiça utilizam tecnologias para tramite de processos eletrônicos. O TJ-BA é pioneiro na criação de um fórum nacional voltado aos temas pertinentes à tecnologia, onde serão discutidos temas que estão na pauta de todos os debates mundiais organizados pelo meio jurídico.

 

Histórico de Conteúdo