Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Navio parte ao meio e afunda em Hong Kong; 27 pessoas estão desaparecidas 
Foto: Reprodução/Band

A tempestade tropical Chaba atingiu e dividiu ao meio um navio que transportava 30 pessoas pelas águas de Hong Kong neste sábado (2). De acordo com o governo, 27 pessoas estão desaparecidas e três foram resgatadas por um helicóptero.

 

O Serviço de Aviação do Governo de Hong Kong informou que alguns membros da tripulação haviam abandonado a embarcação e as condições climáticas estavam dificultando o resgate.

 

Ainda de acordo com o governo de Hong Kong, as equipes de resgate vão expandir a área de busca devido ao grande número de pessoas desaparecidas e estenderão a operação se as condições climáticas permitirem.

 

Domingo, 03 de Julho de 2022 - 08:20

Petrobras tem trabalhadores e bancos como minoritários

por Nicola Pamplona | Folhapress

Petrobras tem trabalhadores e bancos como minoritários
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Na mira do presidente Jair Bolsonaro (PL) devido aos elevados dividendos da Petrobras, os acionistas minoritários da estatal são um grupo pulverizado e heterogêneo, que inclui bancos, aposentados e até trabalhadores que compraram ações com o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).
 

Em abril de 2022, a empresa tinha 718.185 acionistas pessoas físicas, 5.931 pessoas jurídicas e 2.949 investidores institucionais, segundo formulário de referência arquivado na CVM (Comissão de Valores Mobiliários).
 

O maior acionista privado, a gestora de recursos americana BlackRock, detém apenas 2,15% do capital total da companhia. As ações, porém, pertencem a investidores individuais ou fundos que investem em seus produtos.
 

Os minoritários viraram alvo do presidente da República em meio à crise provocada pelas conturbadas trocas de comando na Petrobras, que resiste a segurar os preços dos combustíveis.
 

"Grande parte dos minoritários [são] empresas de fundo de pensão dos Estados Unidos que ganham em média R$ 6 bilhões por mês. Dinheiro de vocês que botam combustível nos carros", afirmou ele, no dia 18. "Virou Petrobras futebol clube para seu presidente, diretores, conselheiros e dito minoritários."
 

O governo tem 28,7% do capital total, mas controla a empresa por ter 50,2% das ações ordinárias, com direito a voto em assembleia de acionista. Com essa fatia, é o maior recebedor de dividendos e consegue vencer qualquer votação, mas vem tendo problemas na eleição de conselheiros.
 

Recebe dividendos por meio das fatias do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que correspondem a 7,94% do capital. Com isso, ficou com R$ 37 bilhões dos R$ 101 bilhões distribuídos pela empresa em 2021, ano em que lucro e dividendos foram recorde.
 

O restante foi pago aos minoritários. Não é possível calcular quanto cada investidor privado recebeu, já que os gestores de investimentos têm uma enorme variedade de clientes, que incluem pessoas físicas, empresas e fundos de pensão de todo o mundo.
 

Mesmo com participação pulverizada, eles se mobilizam para participar da gestão da companhia, que reserva 2 das 11 cadeiras do conselho de administração a representantes dos minoritários. Uma terceira é reservada a representante dos trabalhadores.
 

Maior acionista individual, com 1,84% das ações ordinárias, o banqueiro João José Abdalla Filho, conhecido como Juca Abdalla, por exemplo, conseguiu apoio de outros investidores para avançar sobre as cadeiras antes ocupadas por indicados pelo governo.
 

Conseguiu a primeira ainda em 2020, com a nomeação do advogado Leonardo Antonelli. Na mais recente assembleia dos acionistas da estatal, em abril, conseguiu duas cadeiras, uma para ele próprio e outra para Marcelo Gasparino.
 

Sem se referir especificamente ao caso da Petrobras, o presidente da Amec (Associação dos Investidores do Mercado de Capitais), Fábio Coelho, diz que os minoritários tentam representação em conselhos para influenciar o poder decisório em busca de maior geração de valor a longo prazo.
 

"O Brasil é um dos países onde é elevado o número de empresas com um acionista controlador, em geral um grupo familiar ou o próprio governo federal ou estadual", diz. "Acionistas minoritários representam os demais sócios nas empresas e que não possuem poder de decidirem sozinhos os rumos das companhias, mas que podem influenciar o processo decisório."
 

Ele diz que vem crescendo no país, nos últimos anos, a participação de grupos internacionais influenciando empresas para incentivar práticas modernas de gestão ou revisão de sua função social. "Estamos falando não só de melhor governança mas também de aprofundamento da pauta socioambiental."
 

Na Petrobras, minoritários têm sido um contraponto ao governo, fiscalizando o cumprimento de regras estabelecidas no estatuto da companhia e na Lei das Estatais. Por isso, Bolsonaro propôs a eleição de um conselho mais alinhado, com muitos ocupantes de cargos públicos, na próxima assembleia.

Brasil apresenta queda na doação de pele e bancos podem ficar vazios
Foto: Unsplash

Dados do Ministério da Saúde mostram que o ano de 2021 sofreu uma redução de cerca de 30% no total de pele armazenada para transplante, em comparação com 2019. Este é o armazenamento mais baixo do país desde 2015. As informações são da CNN Brasil.

 

No Brasil, há cinco bancos de pele que são responsáveis pela captação, preparo e armazenamento do tecido humano utilizado como curativo biológico em casos de graves queimaduras e até de lesões decorrentes de doenças congênitas. 

 

De acordo com a publicação, o Banco de Tecidos da Divisão de Cirurgia Plástica e Queimaduras do Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo, enfrenta uma baixa histórica. Em janeiro deste ano, o banco chegou a não ter tecido.

 

Atualmente esse banco possui em média 3.400 cm² de pele, quantidade capaz de atender no máximo três pacientes com queimaduras graves. Em 2018, o estoque era quase dez vezes maior, de 30 mil cm². 

 

No Rio de Janeiro, o Banco de Pele do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) não tem tecido disponível no estoque. O Banco de Pele da Irmandade Santa Casa de Misericórdia, de Porto Alegre, também está com o estoque zerado. 

 

A doação de pele acontece quando um paciente morre e, ao ser ofertada a possibilidade, a família autoriza a retirada do tecido. 

 

À CNN, o ministério informou que trabalha para a ampliação dos estoques, visando prevenir a falta do tecido em situações de grandes emergências e que, apesar da redução dos estoques, a oferta do tecido ainda não foi impactada.

Bahia registra mais de 3 mil casos de Covid-19 nas últimas 24h 
Foto: Raquel Portugal / Fiocruz

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.480 casos de Covid-19 e 5 óbitos pela doença. O boletim epidemiológico divulgado neste sábado (2) pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) ainda contabiliza mais de 13 mil casos ativos no estado. 

 

Dos 1.584.287 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.540.832 já são considerados recuperados, 13.410 encontram-se ativos e 30.045 tiveram óbito confirmado. Na Bahia, 65.112 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

 

Apesar da alta dos números, a taxa de ocupação geral dos leitos é de 32%. 

 

Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas de sábado. 

 

Até o momento, 11.614.886 pessoas foram vacinadas com a primeira dose, 10.694.821 com a segunda dose ou dose única, 6.320.978 com a dose de reforço e 751.261 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 972.437 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 556.749 já tomaram também a segunda dose.


 

Lei que muda cálculo de gasto com publicidade institucional é suspensa
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por maioria de 7 a 4, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu neste sábado (1) suspender os efeitos de uma lei que flexibilizava as restrições legais sobre os gastos com publicidade institucional pela administração pública durante ano eleitoral. As informações são da Agência Brasil.

 

Sancionada em maio deste ano, a lei questionada alterava a Lei das Eleições para mudar o critério de cálculo do limite de gastos com publicidade de órgãos públicos federais, estaduais e municipais durante o primeiro semestre dos anos eleitorais.

 

No julgamento, prevaleceu o entendimento do ministro Alexandre de Moraes, para quem a flexibilização dos limites de gastos com publicidade poderia desequilibrar a disputa eleitoral, favorecendo os candidatos à reeleição.

 

Seguindo esse entendimento, o plenário aprovou a concessão de uma liminar (decisão provisória) determinando que a nova legislação passe a ter efeito somente após as eleições de outubro deste ano, em obediência ao princípio constitucional da anualidade eleitoral.

 

A lei em questão foi questionada no Supremo em duas ações diretas de inconstitucionalidade (ADI´s). Além da anualidade eleitoral, as peças mencionam violação aos princípios constitucionais da moralidade pública e da isonomia e segurança jurídica.

 

“A expansão do gasto público com publicidade institucional às vésperas do pleito eleitoral poderá configurar desvio de finalidade no exercício de poder político, com reais possibilidades de influência no pleito eleitoral”, afirmou Moraes em seu voto. Ele alegou ainda riscos à liberdade do voto ao pluralismo político, princípios também previstos na Constituição.  

 

Moraes seguiu parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), segundo o qual “qualquer aumento do limite de gastos com publicidade institucional, ocorrido há menos de um ano das eleições, tem o potencial de alterar o equilíbrio preestabelecido entre os candidatos”.

Voto vencido
A divergência de Moraes foi acompanhada pelos ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Rosa Weber. Ficaram vencidos o relator, Dias Toffoli, e os ministros Luiz Fux, Nunes Marques e André Mendonça.

 

Em seu voto vencido, Toffoli havia considerado que as mudanças promovidas pela nova legislação não teriam impacto sobre as eleições, pois não permitiriam a “utilização da publicidade institucional em benefício de partidos e candidatos, limitando-se a alterar os critérios de aferição da média de gastos efetuados sob essa rubrica, além de prever índice de correção monetária e permitir a realização de propaganda direcionada à pandemia da COVID-19 sem prejudicar outras campanhas de interesse público”.

 

Pela redação antiga, tal limite seria a média de gastos no primeiro semestre dos três anos anteriores. Na nova legislação, a limitação havia passado a ser a média mensal, multiplicada por seis, dos valores empenhados e não cancelados nos três anos que antecedem ao pleito, incluindo reajuste monetário pela inflação.

 

Além disso, a lei suspensa isentava os gastos com publicidade relacionada à pandemia de covid-19 dos limites impostos pela legislação eleitoral.

 

Matéria alterada às 22h06 para corrigir informação sobre metodologia de gastos com publicidade institucional em ano eleitoral.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 23:20

Carlinhos Brown fala sobre a mistura de estilos musicais no São João: ‘Faz parte da nossa história’

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Carlinhos Brown fala sobre a mistura de estilos musicais no São João: ‘Faz parte da nossa história’
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Após apresentação, neste sábado (02), Carlinhos Brown expôs sua perspectiva da presença dos estilos musicais além do forró no São João. Para ele, que esteve entre as atrações do Parque de Exposições, há espaço para todos os estilos.

 

“Bem, a diversificação faz parte da história cultural. São as pessoas que escolhem os artistas que querem ver, a música que querem ouvir.O que cabe são as lideranças organizarem esses espaços com a tradição e do momento contemporâneo. (...) As músicas  carnavalescas são todas do São João, o galope, o frevo, tudo isso é junino, assim como as fantasias usadas”.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 22:41

Luan Santana fala sobre seu retorno ao Parque de Exposições três anos após DVD

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Luan Santana fala sobre seu retorno ao Parque de Exposições três anos após DVD
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O cantor Luan Santana teve a chance de relembrar, neste sábado (2), como foi se apresentar no Parque de Exposições. Ele volta ao local depois de três anos da gravação do DVD Viva, em 2019. “Maravilhoso. Eu tenho uma relação com esse projeto muito especial. Como a gente se sente abraçado, a energia de Salvador é de uma forma muito linda e Viva, de todo lugar. A galera de Salvador abraçou esse projeto, emprestando uma energia que o Brasil inteiro sentiu depois.”


Em relação à pandemia, Luan disse que partiu dele a vontade da produção de novas músicas.

 

“Foi mais uma pressão pessoal, não a do mercado, não de fora, a pressão veio de mim mesmo. Eu fiquei muito tempo sem lançar  alguma coisa, e compor  música nova é bom demais,  é o que move o artista”.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 22:06

Burse vê Vitória mais compacto e competitivo: 'Tivemos uma evolução grande'

por Nuno Krause

Burse vê Vitória mais compacto e competitivo: 'Tivemos uma evolução grande'
Foto: Victor Ferreira / ECV

O triunfo do Vitória sobre o Figueirense, neste sábado (2), no Barradão (veja aqui), não foi por acaso. Na visão do técnico João Burse, o time se apresentou de forma mais compacta e competitiva, o que facilitou o caminho para os três pontos na Série C. 

 

"Tivemos uma evolução grande. No primeiro tempo, fomos um time compacto, que teve bastante a bola. Enfrentamos uma equipe muito forte no jogo posicional, que tem a bola. Dos 20 minutos do segundo tempo, oscilamos um pouco. Teremos mais uma semana para ajustar e continuar evoluindo (...) Todos os pontos que não funcionaram é algo que vamos ajustar. Mas, de modo geral, fiquei feliz com a vitória, com a equipe mais compacta, competitiva", afirmou, em entrevista coletiva após o confronto. 

 

O Leão agora é o 13º colocado da Série C, com 15 pontos, a três do Ferroviário, que abre a zona de rebaixamento. No entanto, ainda aguarda os resultados da rodada. No dia 10 de julho, o Rubro-Negro entra em campo contra o São José, fora de casa. 

 

"É jogo a jogo. Temos que comemorar hoje e amanhã já focar no próximo adversário. São atletas que trabalham muito, se dedicam muito. Então vamos construir novamente uma semana de muito trabalho (...) Não controlamos resultado, controlamos trabalho. Vamos consertar o que não funcionou, dar os elogios para o que funcionou e continuar estimulando", avaliou Burse. 

 

O triunfo sobre o Figueirense encerrou um jejum de quatro jogos. A comemoração pelo resultado foi grande, segundo o técnico. 

 

"Ganhar jogo é uma coisa tão difícil que precisamos, sim, comemorar (...) É o que falo para os nossos atletas. O primeiro passo é não pensar muito no passado. Temos o presente, agora, que foi uma vitória. Temos que viver uma semana de cada vez, um jogo de cada vez", destacou. 

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 21:35

Parque de Exposições ainda não fechou os portões neste sábado

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Parque de Exposições ainda não fechou os portões neste sábado
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Por conta da lotação de sexta (1), os portões do Parque de Exposições foram fechados, para impedir o acesso de pessoas ao evento. Nesse sábado (2), porém, último dia de festa, os organizadores do evento confirmaram que ainda há espaço para quem quer ir conferir a última noite de festa.

 

Ainda hoje subirão ao palco Luan Santana, Daniela Mercury, Murilo Huff, Seu Maxixe e Estakazero.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 21:14

Márcio Victor diz que quer gravar pagodão com Gil e que sonha com feat com Beyoncé

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Márcio Victor diz que quer gravar pagodão com Gil e que sonha com feat com Beyoncé
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Márcio Victor, cantor da banda Psirico, revelou neste sábado (2) que tem grandes sonhos de parcerias. E entre os nomes, um deles é bem inusitado. “Eu tenho um sonho sim. Já gravei percussões, toquei na turnê com ele, mas nunca gravei. Quero gravar um pagodão com Gilberto Gil, um com Caetano Veloso, Carlinhos Brown, Djavan e um samba de roda com Maria Bethânia, na pegada do Psirico. E também um sonho maior, que é fazer um feat com Beyoncé. Já pensou?”.

 

Sobre lançamentos para esse ano, Márcio contou mais sobre a gravação audiovisual do novo DVD Psi Universal, que tem participação de Zé Rodolfo,Thiago Aquino, Lincoln Sena, o Kanalha, Poeta, Tony Salles, entre outros. O projeto que será disponibilizado nas plataformas digitais e no canal do Youtube, em junho. É um projeto muito ousado, tem músicas que a gente remete às antigas e tem outras que chamo de pagode do futuro, pois passei seis meses fazendo ritmos novos, levadas novas”.

 

Em relação à possível mudança no circuito do Carnaval, da Barra para a Boca do Rio, o vocalista disse não ter uma opinião.

 

“Eu sou do povo, sou o axé dele. Ainda compro maçã do amor, leite de cana, baianinha, o que o povo decidir para mim tá ótimo. Se tiver uma panela lá no fundo de casa pra fazer carnaval eu estarei lá no fundo cantando ‘música do carnaval’", brincou.

Vitória joga bem contra o Figueirense, volta a vencer e se afasta do Z-4 da Série C
Foto: Mauro Akin Nassor / Ag. Haack / Bahia Notícias

Fim do jejum. Após quatro jogos, o Vitória voltou a vencer na Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (2), no Barradão, o Leão aproveitou bem as chances que teve e venceu o Figueirense por 2 a 0, com gols de Rafinha e Luidy. 

 

O resultado, construído ainda no primeiro tempo, coloca o Leão na 13ª colocação, com 15 pontos, a três do Ferroviário, que abre a zona de rebaixamento. Campinense, Brasil de Pelotas e Atlético Cearense jogam neste domingo (3), e podem reduzir a diferença para o Rubro-Negro baiano. 

 

O time comandado por João Burse volta a campo no dia 10 de julho, contra o São José, fora de casa, às 17h. 

 

O JOGO 

As coisas começaram boas para o Rubro-Negro, e de um jeito nada convencional. Após bola levantada na área, o zagueirão Maurício, do Figueirense, cortou de canela para trás e Rafinha aproveitou para tocar de cabeça e abrir o placar aos seis minutos. No lance, o goleiro ainda deu um soco, sem intenção, na cara do atacante do Vitória, que ficou sentindo, mas logo se levantou para comemorar. 

 

Rafinha levou soco na dividida com o goleiro ao marcar o gol | Foto: Mauro Akin Nassor / Ag. Haack / Bahia Notícias 

 

Bandeirinha inicialmente assinalou impedimento no 1º gol do Leão, mas voltou atrás na decisão após perceber que bola foi tocada pelo zagueiro do Figueirense | Foto: Mauro Akin Nassor / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

O Leão criou novamente aos 18 minutos. Luidy partiu pelo meio, tabelou com Rodrigão no pivô e arriscou de esquerda. A bola saiu fraca demais e parou nas mãos de Wilson. 

 

Na segunda tentativa, o camisa 7 conseguiu. Aos 22, o atacante trouxe a bola para o meio e chutou novamente de longe. Wilson falhou e a bola entrou no cantinho, ampliando o placar a favor do Vitória. 

 

Aos 29, Dionísio recebeu bom lançamento pela direita e deu um bonito corte no zagueiro, mas na hora de chutar de esquerda pegou mal e mandou para fora.  

 

Aos 37, foi a vez de Rafinha tentar de longe. O autor do primeiro gol mandou uma bomba de direita e Wilson voou para espalmar. 

 

A única chegada do Figueirense ocorreu aos 42 minutos. O lateral-esquerdo Mário Henrique avançou pela esquerda e tentou cruzamento. A bola foi direto para o gol e Lucas Arcanjo espalmou para longe. 

 

Figueira tenta reação

 

Quem começou assustando na etapa final foi o Figueirense. Aos dois minutos, Andrew recebeu na área, dominou com categoria e chutou forte, por cima do gol. 

 

Buscando a virada, o Figueira assustou de novo aos 12. Léo Arthur levantou na área e Gustavo Henrique subiu de cabeça, mandando por cima. 

 

Rodrigão foi substituído após sentir no início do segundo tempo | Foto: Mauro Akin Nassor / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Mas não consegue

 

Com o passar do tempo, o ímpeto do time catarinense se esvaiu. O Vitória aproveitou e criou boa chance aos 27 minutos. Roberto fez boa tabela com Eduardo, invadiu a área e cruzou para Rafinha. Wilson desviou antes que o camisa 11 chegasse para ampliar o placar. 

 

Logo na sequência, Eduardo cobrou falta forte na entrada da área, e ela passou perto, por cima do gol. 

 

Aos 31, Marco Antônio subiu de cabeça após cobrança de falta, e a zaga adversária conseguiu afastar. 

 

O Figueirense tentou uma última vez aos 41. Paolo mandou uma bomba de muito longe e Lucas Arcanjo defendeu com dificuldades. 

 

O Vitória, porém, foi mais perigoso. Sanchez fez belo cruzamento da esquerda e Roberto chegou sozinho para finalizar, mas parou nas mãos de Wilson, que fez belíssima defesa. 

 

FICHA TÉCNICA
Vitória 2 x 0 Figueirense
Série C – 13ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data: 02/07/2022 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Paulo César Zanovelli (MG)
Assistentes: Magno Arantes Lira (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (Fifa/MG).
Cartões amarelos: Rafinha e Lucas Arcanjo (Vitória) / Léo Arthur e Oberdan (Figueirense)
Gols: Rafinha e Luidy (Vitória)

 

Vitória: Lucas Arcanjo; Alemão, Alan Santos, Marco Antônio e Lazaroni (Sanchez); Léo Gomes (João Pedro), Dionísio e Eduardo; Luidy (Tréllez), Rafinha (Alan Pedro) e Rodrigão (Roberto). Técnico: João Burse.


Figueirense: Wilson; Muriel (Natan Masiero), Luis Fernando, Maurício e Mário Henrique; Uesley Gaúcho, Oberdan e Bassani (Léo Arthur); Gustavo Ramos (Jean Silva), Andrew (Paolo) e Gustavo Henrique. Técnico: Júnior Rocha.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 20:20

‘A gente coloca Salvador paralelo com carnaval do Brasil’, diz presidente da Bahiatursa sobre São João

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

‘A gente coloca Salvador paralelo com carnaval do Brasil’, diz presidente da Bahiatursa sobre São João
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Diogo Medrado, presidente da Bahiatursa, fez um balanço, neste sábado (2), sobre o São João da Bahia, que encerra com sete dias de show no Parque de Exposições. Para ele, o evento já está consolidado na agenda do estado.

 

 "O São João de Salvador realizado pelo Governo do Estado, tanto o Parque de Exposições, como Pelourinho, é algo que ficou no calendário. Já era tradicional em Paripe, no Pelourinho e em Periperi, com histórico de quadrilhas juninas. Agora com o Parque de Exposições a gente coloca Salvador não só a própria cidade, como também o evento, com os dias em que tivemos portões fechados, o grande número de pessoas presentes... a gente coloca Salvador paralelo com o carnaval do Brasil, principalmente com o circuito do Nordeste.” 

 

Medrado comenta que o evento deixará um grande legado para o São João na capital baiana, e que os resultados deste ano serão avaliados e para que ocorra da melhor forma no ano que vem.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 19:05

‘É uma inversão de valores muito grande’, desabafa Flávio José sobre seu afastamento dos palcos

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

‘É uma inversão de valores muito grande’, desabafa Flávio José sobre seu afastamento dos palcos
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O sanfoneiro Flávio José contou neste sábado (2) que já admite a possibilidade do afastamento dos palcos, em meio a uma desvalorização do forró e da cultura nordestina. O artista está na grade do último dia de shows no Parque de Exposições.

 

“Olha eu venho de uma geração em que a gente via o São João muito tradicional, música autêntica, as escolas, e as crianças com festinhas juninas, mostrando os tipos de música que se faz nessa época. Hoje eu não vejo mais.”

 

José comenta que as festas juninas têm dado espaço a estilos musicais como funk, e limitado o tempo de artistas tradicionais como ele: “É uma inversão de valores muito grande”.

 

Sobre a pandemia, o cantor conta que não saiu de casa. “Foram dois anos e meio trancado, literalmente. Eu não saía para canto nenhum, eu ficava trancado e com medo”.

 

Ele ainda lançou que aos poucos está se ajeitando para o retorno dos eventos, e que crê que logo "tudo isso irá passar".

Bahia deve registrar poucas chuvas em julho; Sul do estado pode ter clima mais ameno
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

A Bahia pode ter menos chuva ao longo do mês de julho. De acordo com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os volumes pluviométricos devem ficar abaixo de 80 mm.

 

Entre os destaques está a região do Matopiba, como é conhecida a área entre os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, e a divisa de Minas Gerais e Goiás, onde os acumulados de chuva devem ser mais baixos, podendo, inclusive, não chover em determinadas áreas.

 

Segundo a Agência Brasil, em relação às temperaturas, para o Norte, Nordeste e as porções mais ao norte do Centro-Oeste do país, a previsão é de temperatura acima de 24ºC. Apenas o sul da Bahia que deve registrar clima mais ameno, com termômetros entre 20º e 22ºC.

Após bug em foto de Lula, bolsonaristas sugerem edição e petista apresenta 'prova'
Fotos: Ricardo Stuckert

Um bug (erro) gerado por um recurso de fotografia gerou uma teoria da conspiração entre os eleitores do presidente Jair Bolsonaro neste sábado (2). Mais cedo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva postou uma foto de Ricardo Stuckert com o recurso de "foto panorâmica", e internautas contrários ao petista sugeriram que a imagem foi editada para dar a impressão de um público maior do que o verdadeiro.

 

De fato, a primeira imagem publicada no Twitter de Lula mostra diversas pessoas "duplicadas". E foi esse exemplo que fez aliados de Bolsonaro, como a deputada federal Carla Zambelli, sugerirem que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devia ficar de olho nas "fake news".

 

Porém, logo depois, a equipe de Lula compartilhou outro registro do fotógrafo que mostrava uma imagem semelhante, mas sem as repetições. "A verdade dói no cotovelo de alguns. Segue uma foto não panorâmica, tirada com drone, do @ricardostuckert. Compartilhe a verdade", sugeriu a publicação no Twitter.

 

Compare as duas imagens (clique para ampliar):

 

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 18:32

Filipe Escandurras revela gravação de DVD em Salvador; ‘Vem muita coisa boa por aí’

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Filipe Escandurras revela gravação de DVD em Salvador; ‘Vem muita coisa boa por aí’
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O cantor Filipe Escandurras adiantou, neste sábado (2), novidades sobre um projeto em Salvador no final desse ano. “Vem muita coisa boa por aí, sem contar os feats”, disse em coletiva após o show do Parque de Exposições, na última noite do São João da Bahia. Um dos feats que fez foi com o Grupo Clareou, aqui em Salvador, com a música, “Perdeu para cerveja”, lançada ontem (01), no Youtube.

 

Em relação às parcerias, Escandurras comentou:

 

“Já tenho confirmado Márcio Victor, Psirico, Grupo Clareou e Luan Santana. Vai ser aqui, em Salvador, mas não posso falar ainda o local.”

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 18:20

Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Cobrado sobre operações de crédito e de câmbio, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) tem sido usado por criminosos para enganar tomadores de empréstimos. Um alerta da Receita aponta que os estelionatários se passam por supostas empresas para condicionar a liberação do crédito ao pagamento antecipado de IOF via Pix.

 

Segundo o Fisco, os fraudadores fornecem documentos falsos de notificação e de arrecadação que induzem o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro. A vítima repassa o suposto IOF por meio de transferências Pix para pessoas físicas.

Por causa do golpe, a Receita Federal emitiu o comunicado reforçando que jamais fornece dados para recolhimento de tributos ou de taxas via transferência. Segundo o órgão, os servidores do Fisco não prestam serviços de empréstimo à população nem entram em contato para cobrar pagamentos.

 

De acordo com a Agência Brasil, embora alguns tributos possam ser pagos via Pix, o IOF só pode ser quitado por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), pago pela instituição que concede o empréstimo, não pelo tomador. Caso desconfie ser vítima de um golpe, a Receita Federal orienta que o cidadão procure imediatamente a polícia, munido de todas as provas possíveis, e registre um boletim de ocorrência.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 18:00

Maioria diz que professor deve evitar falar sobre política, diz Datafolha

por Gilvan Marques e Bruno Lucca | Folhapress

Maioria diz que professor deve evitar falar sobre política, diz Datafolha
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Mais da metade (56%) dos brasileiros acreditam que professores não devem falar sobre política em sala de aula, segundo pesquisa Datafolha. Apesar disso, mais de 90% dos entrevistados defendem que instituições e professores devem discutir com alunos sobre pobreza, desigualdade social e discriminação racial --temas relacionados à política.
 

Outros 54% dizem que pais têm o direito de proibir as escolas de ensinar temas que não achem adequados.
 

Encomendada pelo Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária) e pela Ação Educativa, a pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 15 de março com 2.090 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
 

Maria Braga, doutora em ciência política e professora da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), diz que a aparente contradição ocorre porque grande parte da população relaciona política ao partidarismo e a pautas de costumes.
 

Para Braga, a maior aceitação a temas como pobreza e discriminação se dá por serem assuntos menos sensíveis para os conservadores.
 

A pesquisa mostra também que apenas 27% da população conhece o Escola Sem Partido. Criado em 2004, o movimento defende uma educação neutra. O veto à discussão político-partidária e sexual são bandeiras levantadas pelos apoiadores.
 

As pautas do movimento foram abraçadas por políticos conservadores e inspiraram alguns projetos de lei.
 

As propostas foram repudiadas pelo Conselho Nacional de Direitos Humanos, órgão vinculado ao Ministério da Justiça, e questionadas devido à inconstitucionalidade por MPF (Ministério Público Federal), AGU (Advocacia-Geral da União) e STF (Supremo Tribunal Federal).
 

Em 2020, o STF considerou inconstitucional uma lei estadual de Alagoas que dizia, entre outras coisas, ser direito dos pais que seus filhos tivessem uma "educação moral livre de doutrinação política, religiosa ou ideológica". Até aquele ano, 237 projetos motivados pelo Escola Sem Partido haviam sido apresentados, segundo a Frente Escola Sem Mordaça. A derrota no STF foi um dos motivos que fizeram o fundador do Escola sem Partido, Miguel Nagib, abandonar o movimento.
 

Para o vereador Fernando Holiday (Novo-SP), que até 2019 foi um dos porta-vozes do Escola Sem Partido, o movimento conscientizou famílias sobre o que ele chama de aparelhamento ideológico. "Mesmo que esses projetos não tenham virado lei, a discussão já teve efeito. Hoje, a autonomia de pensamento dos alunos é muito maior."
 

Renata Aquino, do grupo Professores Contra o Escola Sem Partido, criado por docentes da Universidade Federal Fluminense em 2004, diz que a pressão provocada por movimentos conservadores continua. "Hoje somos mais comedidos. Não éramos assim há quatro anos. A autocensura [dos professores] é a principal vitória deles", diz.
 

Segundo a Aspescs (Associação dos Profissionais da Educação de São Caetano do Sul), recentemente um professor de história do município foi repreendido por falar sobre o nazifascismo. Também no ABC Paulista, docentes afirmam ter recebido orientação de uma diretora vetando debates sobre a ditadura militar.
 

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo disse que temas relacionados à política fazem parte do currículo, seguindo diretrizes da Base Nacional Comum Curricular. "O trabalho realizado em sala não tem foco político-partidário e os alunos são livres para dar opiniões."

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 17:51

‘Fiquei três dias sem dormir’, confessa André, da dupla com Mauro, sobre show no Parque

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

‘Fiquei três dias sem dormir’, confessa André, da dupla com Mauro, sobre show no Parque
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Se por um lado a ansiedade da dupla André e Mauro com o retorno dos shows foi sanada com o São João, a vontade de se apresentar em um palco tão importante como o montado no Parque de Exposições também tem lá seu lado ruim. André confessou, neste sábado (2), que sentiu no corpo o desejo pela experiência. “ Fiquei três dias sem dormir por conta da ansiedade, para chegar aqui e fazer parte desse momento”.

 

A dupla André e Mauro comemorou o convite para se apresentarem no São João da Bahia, após quase três meses do lançamento da sua música “Pidona”, que foi gravada em Goiânia. “O bom de cantar música sertaneja é que a gente desabafa no palco”, brincou Mauro.

 

Com a agenda de shows desde o dia 27 de junho na Bahia, os artistas admitiram, depois de anos de pandemia, o gostinho de estar voltar e apresentar-se nos festejos juninos em Salvador.

 

“É uma delícia estar em casa. Ficamos de fora dessas grandes festas, principalmente uma festa dessa magnitude”, disparou André.

Terceira atração do Parque, Filipe Escandurras faz homenagem a intérpretes de libras
Foto: Jefferson Peixoto / Ag Haack / Bahia Notícias

Os intérpretes de libras foram homenageados durante o show de Filipe Escandurras, no fim da tarde deste sábado (2). O artista é o terceiro a se apresentar no São João da Bahia, que chega ao fim após sete dias de festa no Parque de Exposições. Ainda neste sábado, sobem ao palco Psirico, Flávio José, Luan Santana, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Murilo Huff, Estakazero e Seu Maxixe.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 17:40

‘Ninguém da música nordestina fez tanta parceria quanto eu já fiz’, diz Del Feliz

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

‘Ninguém da música nordestina fez tanta parceria quanto eu já fiz’, diz Del Feliz
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

“Eu ouso dizer que ninguém da música nordestina fez tanta parceria quanto eu já fiz”. E ousadia é mesmo uma das marcas do cantor Del Feliz. Responsável pela abertura do São João da Bahia neste sábado (2), último dia de shows no Parque de Exposições, o cantor conversou com a imprensa sobre como essa troca com outros artistas foi tão importante para a sua carreira.

 

“Eu tenho músicas com mais de 150 participações. Gravei com Dominguinhos, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, Fagner, Saulo, É o Tchan, Maria Bethânia, Luiz Caldas, Gilmelândia, Xanddy do Harmonia... eu já gravei com muita gente. Essa ideia de fazer parceria é algo que aposto e que gosto. Para mim, construir com esses ícones me traz muitos insumos e aprendizagens do  mesmo jeito quando eu gravo com pessoas que estão começando, e me veem como referência. Essa troca é sempre positiva”, avaliou, durante coletiva de imprensa.

 

Del Feliz admite, contudo, que ainda falta um nome importante no seu currículo: ele é louco para gravar com Gilberto Gil, que para ele marca sua história. Ele conta que um dos motivos de cantar é sua mãe, que foi cantora de samba, e que Gil era um grande ídolo da sua família. E quem em 2012 ele teve esse privilégio de fazer um show acompanhado dele e de Elba. 

 

Com 23 CDs lançados na carreira, Del diz que ainda tem muitos projetos que quer fazer, além de muitas ideias de parcerias, que sairão ano que vem.

 

Uma curiosidade que o cantor conta sobre seu nome é que ele se chama Del Feliz Ramo de Oliveira Santos, um nome “todo simbólico”. “É praticamente impossível ter dois Del Feliz pelo mundo. Eu sou o cabra mais feliz do mundo”.

Empresa é condenada a indenizar jovem que ficou em estado vegetativo após levar choque
Foto: Reprodução/ YouTube

A Justiça do Distrito Federal condenou uma empresa a indenizar uma jovem que ficou em estado vegetativo após levar um choque ao usar uma máquina de chope. Segundo o g1, o acidente aconteceu durante uma festa universitária em 2018, no Paranoá.


A empresa Líquido Comercial de Alimentos foi condenada a indenizar por danos morais a jovem em R$ 100 mil e R$ 50 mil à mãe. Também foi determinado em segunda instância que a empresa terá que ressarcir os gastos com medicamentos, equipamentos, plano de saúde, alimentação especial, fisioterapia e outros cuidados que a jovem necessitar em decorrência do seu estado de saúde.


O processo foi aberto pela mãe da vítima, e o laudo pericial comprovou que a manutenção da máquina não era feita de forma correta e que foram usadas pelas impróprias na montagem do equipamento. "No dia seguinte ao acidente, foi levada a máquina para ser periciada e foi atestado que o terra não existia na máquina. Por conta disso, estava tendo a transmissão da energia", diz Manoel Jorge Ribeiro, advogado da família.


Segundo a Justiça, ficou comprovado que o equipamento, quando em funcionamento, era capaz de produzir choque de 220 volts em quem tocasse nela. A decisão também aponta que o laudo médico comprova que a descarga elétrica causou na estudante "sequelas neurológicas altamente incapacitantes e irreversíveis".

Cantareira volta para estado de alerta com armazenamento abaixo de 40%
Foto: Divulgação

Um dos maiores sistemas administrados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) destinados a captação e tratamento de água, o Sistema Cantareira, entrou em alerta nesta sexta-feira (1), por estar operando com 39,6% da sua capacidade. Segundo o g1, os especialistas dizem que a cidade já vive uma crise hídrica, a Sabesp nega.


O estado de alerta é atingido quando o Cantareira opera com volume igual ou maior que 30% e menor que 40% no último dia do mês. Na quinta-feira (30), o manancial operava com 39,7%. Para ser considerado normal, o volume deve ser de pelo menos 60%. Considerado o maior reservatório de água da região metropolitana, o Cantareira abastece cerca de 7,2 milhões de pessoas por dia. Um dos principais motivos para os baixos níveis do Cantareira é o déficit de chuvas, que foi de 25% de janeiro a junho deste ano.


Em nota, a Sabesp afirma que não há risco de desabastecimento neste momento na região metropolitana de São Paulo, mas reforça a necessidade do uso consciente da água, e reconhece que tem diminuído a pressão da água nas casas para economia.

Vladimir Zelenko, médico que inspirou Trump a defender o 'kit Covid' morre aos 48 anos
Foto: YouTube/Reprodução

O médico ucraniano Vladimir Zelenko, radicado nos Estados Unidos, que ficou famoso por influenciar o então presidente americano Donald Trump a defender o uso de hidroxicloroquina, combinada com azitromicina e zinco no tratamento contra a Covid-19, morreu aos 48 anos nesta quinta-feira (30), em Dallas. A informação é do jornal The New York Times. De acordo com a publicação, a mulher de Zelenko afirmou que ele estava internado com câncer no pulmão.
 

Zelenko, que se apresentava com um simples médico do interior, ganhou fama nos Estados Unidos em março de 2020 depois de gravar um vídeo endereçado a Trump, e o publicar em seu canal no YouTube. No vídeo, que foi removido por violar as regras da plataforma, Zelenko contava em detalhes uma "experiência" que vinha desenvolvendo em Kiryas Joel, uma comunidade de 35 mil habitantes no estado de Nova York, onde cuidava de seus pacientes, sugerindo a combinação de hidroxicloroquina, azitromicina e zinco a ser usada em infectados de grupos de risco pelo novo coronavírus.
 

Na época, o médico afirmou ter tratado 700 pessoas com o kit Covid. Desses, seis precisaram de internação, sendo que dois evoluíram para um quadro de pneumonia, dois necessitaram de intubação e um morreu. A vítima morta, segundo alegou médico, havia abandonado o tratamento.
 

Em uma entrevista ao ex-prefeito de Nova York e advogado de Trump, Rudolph Giuliani, o médico defendeu que o tratamento reduzia o risco de internação e deve ser receitado apenas para pessoas com mais de 60 anos ou com doenças crônicas, por causa dos efeitos colaterais das drogas. Trump chegou a chamar o tratamento de "muito eficaz" e de possivelmente "o maior divisor de águas na história da medicina". A tese se propagou entre negacionistas dos EUA e de outros países, inclusive no Brasil.
 

Em março de 2021, especialistas internacionais do Grupo de Desenvolvimento de Diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) concluíram que a hidroxicloroquina não deve ser usada no tratamento precoce da Covid-19. Notícias falsas publicadas no ano passado afirmaram que Zelenko havia sido incluído em um grupo de médicos indicados ao prêmio Nobel da Paz por seu papel no tratamento da pandemia. A fake news viralizou na época em redes sociais, inclusive entre os defensores do uso de kit Covid no Brasil.
 

Durante a gestão do governo Jair Bolsonaro (PL) na crise sanitária imposta pela Covid-19, o presidente brasileiro, em inúmeras ocasiões, defendeu o uso de remédios sem eficácia comprovada para combater a doença, notadamente a cloroquina, a hidroxicloroquina e a ivermectina.
 

A insistência do mandatário nesse ponto, inclusive, rendeu pedidos de impeachment por crime de responsabilidade contra a saúde pública, além de uma notícia-crime por charlatanismo. Diversos estudos já publicados em revistas científicas atestaram que o chamado "kit Covid" não possui qualquer eficácia no combate ao vírus e, pelo contrário, provoca efeitos colaterais graves no paciente.

Maria Marighella comemora fala de Lula: 'Reconectando a independência de ontem com o amanhã'
Foto: Anderson Ramos / Bahia Notícias

A vereadora Maria Marighella (PT) comentou, neste sábado (2), sobre a importância da vinda dos presidenciáveis à Bahia, no âmbito das comemorações da Independência da Bahia. "É muito bonito que a gente tenha tido esse momento com as forças políticas que estão essencialmente disputando o projeto político do amanhã", disse ao Bahia Notícias.

 

"Se é verdade que essa é uma data tão importante para o Brasil, de independência do Brasil na Bahia, das lutas populares pela independência, quando o presidente Lula decide fazer a sua fala pública reconectando a independência de ontem com o amanhã, é exatamente isso que a gente precisa fazer", avaliou.

Ciro comemora 'banho de democracia' com Tebet e Freire na Bahia e Huck comenta
Foto: Reprodução / Instagram

O presidenciável Ciro Gomes fez questão de registrar o momento em que encontrou e cumprimentou dois adversários políticos, durante a caminhada da Independência da Bahia neste sábado (2), em Salvador. O nome do PDT na disputa presidencial deste ano encontrou, durante o percurso da Lapinha, a pré-candidata Simone Tebet (MDB) e o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire.

 

"Como se fosse um encontro casual no carnaval baiano, abracei Simone Tebet e Roberto Freire no centro histórico de Salvador. O 2 de Julho é um banho de democracia! Uma maravilhosa folia política que só pode ocorrer mesmo na Bahia", declarou em suas redes sociais.


Pouco depois, o apresentador da Globo Luciano Huck, que chegou a cogitar participar das eleições deste ano, comentou sobre o momento.

 


Ainda nas redes, Ciro brincou sobre a informação de que teria se machucado durante o cortejo: "Que festa linda, andei e dancei tanto que até inventaram que eu tinha torcido o pé. Sou madeira que cupim não rói! Viva o 2 de Julho!".

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 16:02

Del Feliz abre os festejos juninos no Parque de Exposições neste sábado; veja ordem de shows

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Del Feliz abre os festejos juninos no Parque de Exposições neste sábado; veja ordem de shows
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

As apresentações deste sábado (2) no Parque de Exposições, do São João da Bahia, começaram com o forró de Del Feliz, que subiu ao palco às 15h07. Em seguida vem a dupla André e Mauro, Escandurras, Psirico, Flávio José e Luan Santana, uma das atrações mais esperadas da tarde. Por fim, a programação segue com Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Murilo Huff e Estakazero, e tem Seu Maxixe encerrando a grade.

 

A ordem da programação está sujeita a mudanças no decorrer do evento.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 16:00

Leo Prates defende apoio unilateral de Ciro a ACM Neto: 'Povo não aceita mais conchavo'

por Gabriel Lopes / Lula Bonfim

Leo Prates defende apoio unilateral de Ciro a ACM Neto: 'Povo não aceita mais conchavo'
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

O deputado estadual Leo Prates (PDT) apoiou, neste sábado (2), a decisão do pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), de declarar apoio unilateral à pré-candidatura de ACM Neto (UB) ao governo da Bahia.

 

“É isso. O povo não aceita mais política de conchavo. Você tem que apoiar quem você acredita ser melhor. Eu estou votando em ACM Neto e Ciro Gomes. É a minha escolha. Eu sou livre”, declarou o deputado, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Leo Prates também aproveitou para agradecer o trabalho dos profissionais da Saúde que trabalharam na pandemia, tanto na prevenção quanto no atendimento, contra o novo coronavírus.

 

“Nós trabalhamos dois anos para chegar a este momento e ele chegou. Momento de voltar ao 2 de Julho, de comemorar nossos heróis da independência, mas os nossos heróis da pandemia também. Saudando todos os trabalhadores e trabalhadoras da Saúde. Este momento é graças a eles. E eu estou muito emocionado de, como diz a música de Roberto Carlos, estar vivendo este momento lindo”, disse o parlamentar.

 

Neste domingo (3), Leo Prates acompanhará Ciro em agenda a ser cumprida em bairros de Salvador e de Alagoinhas.

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 15:40

'No Brasil dos que cultivam o ódio, o 2 de julho é todo dia', diz Lula

por Rebeca Menezes

'No Brasil dos que cultivam o ódio, o 2 de julho é todo dia', diz Lula
Foto: Mauro Akin Nassor / Ag Haack / Bahia Notícias

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou seu discurso na Arena Fonte Nova, neste sábado (2), para comparar a atual situação do país com a luta pela independência travada pela Bahia. "No Brasil dos que cultivam o ódio e a mentira, o 2 de julho é todo dia. E não haverá paz, se não houver luta", defendeu o pré-candidato ao Palácio do Planalto.

 

No texto, Lula aproveitou para fazer um afago às Forças Armadas, que estão entre as principais bases de apoio do principal concorrente do petista nas eleições deste ano, o presidente Jair Bolsonaro.

 

"O Brasil independente e soberano que queremos não pode abrir mão das suas Forças Armadas. Não apenas bem treinadas e equipadas, mas sobretudo comprometidas com a democracia. Cabe às Forças Armadas atuar na defesa do território nacional, do espaço aéreo e do mar territorial, cumprindo estritamente o que está definido pela Constituição", defendeu.

 

Entre as propostas citadas por Lula estavam ainda a revogação do teto de gastos, a defesa de estatais como Petrobras e Correios, e a defesa da Amazônia. "Chico Mendes, Bruno Pereira, Dom Phillips, Dorothy Stang e tantos outros heróis e heroínas que perderam suas vidas na defesa da Amazônia jamais serão esquecidos".

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 15:27

Maquiadora sai de Santo Antônio de Jesus para conhecer seu ídolo Luan Santana no Parque de Exposições

por Manuela Meneses / Amanda Carolina

Maquiadora sai de Santo Antônio de Jesus para conhecer seu ídolo Luan Santana no Parque de Exposições
Foto: Manuela Meneses / Bahia Notícias

Pessoas de longe vieram para Salvador para aproveitar o último dia do São João na Bahia no Parque de Exposições. Dentre elas está a maquiadora Natiele Souza, de 21 anos, que viajou de Santo Antônio de Jesus apenas para ver seu ídolo, Luan Santana, se apresentar no evento.

 

“Para ver Luan, poder pegar na grade mais uma vez, e tentar conhecer ele. São 12 anos de espera e esse ano tenho fé que vai, eu cheguei mais cedo hoje para que ele possa ver que estou ali, para poder conhecer e dizer que o conheci”, confessou Natalie.

 

Os portões de hoje abriram às 14h54, e o primeiro a subir no palco foi o cantor Del Feliz.

Histórico de Conteúdo