Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Defesa de diretor da TV Bahia justifica falta em audiência; emissora diz que cumpriu obrigações
Eurico Meira, diretor de jornalismo da TV Bahia | Foto: Evandro Veiga

A defesa do diretor de jornalismo da TV Bahia, Eurico Meira, justificou sua ausência na audiência de conciliação ocorrida nesta quarta-feira (26), no Juizado Especial Criminal, no processo em que é acusado de calúnia pelo ex-coordenador de esportes da emissora, Hildázio Santana (saiba mais aqui).

 

De acordo com a nota encaminhada pelo escritório Venet Lima e Advogados Associados, responsável pela defesa de Eurico, uma petição foi protocolada antes da data da realização da audiência, manifestando a intenção do acusado de não comparecer. Segundo o documento, o diretor de jornalismo da TV Bahia não vislumbrava qualquer possibilidade de conciliação, não fazendo sentido a sua presença no Juizado.

 

Na terça-feira (25), o advogado Daniel Keller, representante de Hildázio no processo, protocolou uma petição, manifestando concordância com a ideia de suspender a audiência, visto que seu representado, assim como Eurico, não possuía interesse em uma conciliação.

 

Eurico é acusado de calúnia por Hildázio, que teria sido demitido da TV Bahia sob a acusação de ter furtado uma cafeteira da emissora. O ex-coordenador de esportes afirma que câmeras provam que o aparelho jamais deixou a sede da empresa (relembre aqui).

 

Há ainda um procedimento instaurado no Ministério Público da Bahia (MP-BA) apurando a existência de racismo neste caso. O inquérito é acompanhado pelo advogado Marinho Soares. De acordo com Hildázio, a acusação de furto teria se dado pela sua condição de pessoa negra.

 

TV BAHIA RESPONDE

Em resposta encaminhada ao Bahia Notícias, a Rede Bahia afirmou que não é parte do processo criminal movido por Hildázio contra Eurico e que os esclarecimentos necessários já foram dados pela defesa do diretor de jornalismo da emissora.

 

O grupo de comunicação também aproveitou para afirmar que cumpriu todas as suas obrigações trabalhistas com Hildázio. Entretanto, o jornalista contou ao BN que se prepara para acionar a emissora na Justiça do Trabalho, entendendo que ainda há pendências a serem resolvidas.

Histórico de Conteúdo