Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Advogado de Marília nega fortuna milionária: 'Possuía apenas uma parte da carreira'
Foto: Reprodução / YouTube

A Justiça de Goiânia deu início ao processo de inventário da cantora Marília Mendonça, que faleceu em novembro de 2021, vítima de um acidente aéreo, e desde então, é especulado qual o valor do patrimônio deixado pela sertaneja para seu filho, Léo, o único herdeiro da artista.

 

A princípio, o valor divulgado foi de R$ 500 milhões, no entanto, a quantia não foi confirmada pelos representantes da artista.

 

Em nota enviada ao colunista Leo Dias, do site Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o advogado da família, Robson Cunha, afirma que o valor não é o certo por não contar com a divisão de parte da carreira da cantora.

 

Segundo o advogado, Marília não ficava com 100% dos valores obtidos com a venda de shows, publicidade e contratos com a gravadora, porque a carreira era divida com outras pessoas.

 

O comunicado pontua que o valor não chega perto da realidade de Marília, que viveu a vida priorizando ajudar a família e pessoas próximas. O ex-companheiro da sertaneja, pai do único filho da cantora, Murilo Huff, abriu mão da tutela de bens (veja aqui).

 

“Foi dado entrada, na semana passada, na Justiça de Goiânia, no processo de Inventário da Marília Mendonça. Ela deixou como único herdeiro o filho, Léo Mendonça Huff, que, em razão da menoridade, será acompanhado e tutelado pela avó materna, D. Ruth. Ato decidido em comum acordo com o pai do menor, Murilo Huff e a família de Marília, que sempre mantiveram e vão continuar mantendo uma relação harmoniosa e respeitosa, há um carinho recíproco e entendem que o bem principal sempre será o Léo. Por essa razão, inclusive, Murilo Huff concordou em compartilhar com a avó materna a guarda do filho, visto que a avó sempre contribuiu com esse papel na criação do Léo.


Por fim, em que pese a ação estar correndo em segredo de Justiça, as informações que vêm sendo aventadas na imprensa sobre valores do inventário (R$ 500 milhões) não correspondem nem perto da realidade do patrimônio da Marília, sendo que, ao longo da sua vida, priorizou ajudar a família e pessoas próximas a constituir grandes patrimônios, até porque possuía apenas uma parte da sua carreira”.

Histórico de Conteúdo