Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 16 de Dezembro de 2021 - 09:20

Baseado em música de Renato Russo, filme 'Eduardo e Mônica' chega aos cinemas

por Alexandre Brochado

Baseado em música de Renato Russo, filme 'Eduardo e Mônica' chega aos cinemas
Fotos: Divulgação | Globo Filmes

Após o lançamento de “Faroeste Caboclo” em 2013, foi a vez da música “Eduardo e Mônica”, da banda Legião Urbana, ganhar os cinemas brasileiros. O filme será lançado nesta quinta-feira (16). 

 

É difícil não saber alguns dos spoilers de “Eduardo e Mônica” se você já escutou a música interpretada por Renato Russo, que atravessou gerações e traz uma certa nostalgia a parte da população. E é contando com esse clima que o filme retrata as vivências de dois jovens dos anos 1980 que se conhecem através de uma série de coincidências. 

 

Eduardo (Gabriel Leone) e Mônica (Alice Braga) têm como cenário do seu primeiro encontro uma festa estranha com gente esquisita, na cidade de Brasília. No primeiro diálogo entre os personagens surge uma paixão que os leva a embarcarem numa jornada que ressalta as diferenças entre ambos, afinal Eduardo tem apenas 16 anos e Mônica é uma mulher adulta prestes a se formar em Medicina. 

 

A diferença de idade entre eles hoje é um assunto que, se colocado em pauta, poderia levar a discussões sobre envolver um relacionamento com um jovem menor de idade. Porém, o filme prefere abordar a questão de forma menos "problematizada". A diferença de idade surge na trama a partir de uma discussão sobre maturidade, que muitas vezes está mais presente exatamente naquele que nem atingiu a maioridade. 

 

Além dessa questão etária, existe ainda a contrariedade de pensamentos. Mônica é antenada em política, gosta de Manuel Bandeira, Bauhaus, Van Gogh, dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud, além de assuntos esotéricos. Já Eduardo curte novela, cinema, clube e jogar futebol de botão com seu avô. 

 

E apesar de todas as diferenças entre o casal existia a vontade de se ver, mas o final da história vocês só vão poder saber assistindo o filme, que traz alguns detalhes em sua adaptação que ilustram o imaginário de quem um dia já foi apenas ouvinte da música. 

 

A trilha sonora conta com músicas brasileiras e internacionais dos anos 1980, além de referências musicais da canção “Eduardo e Mônica”. Dirigido por René Sampaio, o filme tem como parte do elenco Victor Lamoglia, Otávio Augusto, Juliana Carneiro da Cunha e Fabrício Boliveira.

Histórico de Conteúdo