Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Se existe uma certeza é que vai ter Carnaval', diz coordenador da folia em Salvador
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

O coordenador do Carnaval de Salvador, Washington Paganelli, voltou a falar sobre a realização da folia momesca na capital baiana nesta terça-feira (23). Presente na audiência pública "Pandemia, Saúde e Carnaval 2022", realizada na Câmara de Salvador, Paganelli dá como certa a festa em 2022.

 

"A nossa maior preocupação é com o cuidado com a população, se existe uma certeza com todos os baianos é que vai ter carnaval em Salvador, vai acontecer. Agora, como vai acontecer, os governantes terão que decidir se teremos um carnaval com controle sanitário, obedecendo as regras do Conselho Estadual de Saúde, da OMS, na qual exigiremos que todos estejam com pelo a segunda dose", disse o coordenador em entrevista à TV Câmara.

 

"Ou se teremos o carnaval dos bairros, que todos [os bairros] terão, desorganizado, sem controle e com violência aumentando. Não vai ter segurança pra dar em todos os bairros, a responsabilidade do governo é com a população", completou Paganelli.

 

A audiência desta terça (23) ocorre no Centro de Cultura da Câmara e é promovida pela Comissão Especial de Acompanhamento da Retomada de Eventos e Comissão do Carnaval.

 

No último sábado (20), o Conselho Estadual de Saúde (CES) - na figura do presidente Marcos Antônio - adotou tom mais cauteloso sobre a folia momesca, mesmo o órgão tendo liberado uma autorização para a realização do Carnaval, condicionado a uma série de recomendações sanitárias (leia mais aqui).

 

Na última quinta-feira (18), o governador Rui Costa (PT) manteve firme a sua posição sobre o assunto. "Não colocarei a população baiana em risco dando uma definição sobre o Carnaval agora, quando estamos com 2,5 mil casos ativos na Bahia e com o coronavírus voltando com força em diversos países. O Carnaval não pode estar acima da vida das pessoas", disse durante conversa com a imprensa (leia mais aqui).

 

No início do mês, o Conselho Municipal do Carnaval (Comcar) deliberou pela realização do Carnaval de Salvador em 2022 (leia mais aqui).

Histórico de Conteúdo