Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Preso na França, Justiça confirma pedido de extradição de ex-Karametade, Tody Cantuária
Foto: Reprodução / Record TV

Valterson Ferreira Cantuária, mais conhecido como Tody Cantuária, por sua passagem pelo grupo de pagode Karametade, teve seu pedido de extradição da França para o Brasil confirmado pelo juiz Alexandre Abrahão Teixeira, da 3ª Vara Criminal do Rio.

 

De acordo com a coluna de Ancelmo Gois, do jornal 'O Globo', o músico é um dos quatro acusados de homicídio qualificado pela morte do argentino Matías Sebástian Carena, que aconteceu em março de 2017.

 

O crime aconteceu no Brasil, após uma briga em um bar de Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro. A vítima bateu com a cabeça na calçada e foi agredida por golpes de muleta.

 

Tody fugiu do país após ter sua prisão preventiva decretada em abril de 2017. Antes de chegar em Paris, onde foi preso, ele passou por Madri.

 

Além da extradição, segundo a publicação, o ofício enviado pela Polícia Federal prorroga por mais cinco anos a Difusão Vermelha no site internacional da Interpol, isto é, o mandado de captura internacional que garante a possibilidade de prisão da pessoa no país estrangeiro.

Histórico de Conteúdo