Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 11 de Agosto de 2021 - 00:00

Tradicional na folia, bloco Coruja tem participação incerta no Carnaval de 2022

por Bianca Andrade

Tradicional na folia, bloco Coruja tem participação incerta no Carnaval de 2022
Foto: Instagram / Divulgação / Rafa Mattei

Tradicional no Carnaval de Salvador, o desfile do bloco Coruja ainda é incerto para a folia de 2022. 

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, Paulo Góes, um dos sócios do bloco que atualmente desfila três dias no circuito Dodô (Barra-Ondina) sob o comando de Ivete Sangalo, afirmou que aguarda um posicionamento mais claro das autoridades para que se dê início à venda dos abadás.

 

"Ainda há uma incerteza se vai ser lançado o Coruja para o Carnaval de 2022 ou não. Como não havíamos ainda aberto as vendas, nós estamos esperando uma posição mais clara do que vai ocorrer, isso deve acontecer nos próximos 70 dias. Caso isso aconteça, e a gente veja que vai ser possível o Carnaval, aí nós vamos abrir as vendas", disse.

 

Apesar da incerteza com o bloco Coruja, Paulo Góes se mantém positivo quanto a realização do Carnaval de rua em 2022.

 

"Antes do São João, nós estávamos bastante ressabiados com os números das UTIs em alta. Mas está muito positivo o quadro, e eu credito isso ao resultado da vacinação. E a demanda dos foliões está reprimida, porque como não teve o Carnaval em 2021, eles estão ansiosos para curtir em 2022". 

 

Fundado em 1963, o bloco Coruja já teve Ricardo Chaves como puxador e se chamava 'Corujas' no comando do intérprete de 'É O Bicho'. Em 2002, Ivete assumiu o posto no bloco e tirou o S do nome, transformando em 'Coruja', e ao longo dos 20 anos, dividiu em 2017 os holofotes com a banda Timbalada.

 

Caso não esteja presente na folia em 2022, esta será o segundo ano de desfalque do Coruja em um Carnaval. O primeiro aconteceu em 2018, ano em que Ivete Sangalo deu à luz Marina e Helena.

 

A folia do próximo ano já não contará com a participação do bloco Me Abraça, puxado por Durval Lelys, também de tradição no Carnaval. De acordo com o comunicado, o motivo da não participação na festa é a pandemia da Covid-19 (relembre o pronunciamento).

 

Vale lembrar que mesmo sem definição da Prefeitura de Salvador e do Governo da Bahia, alguns blocos já deram início às vendas de abadás com data para a folia que originalmente aconteceria entre os dias 24 de fevereiro e 2 de março, entre eles o Bloco Camaleão, As Muquiranas, Bloco do Eva e o Bloco do Nana (confira a lista).

 


CARNAVAL INDOOR COM IVETE

A semana começou com a possibilidade de uma folia indoor promovida pela Iessi Music Entertainment, empresa de Ivete Sangalo, e a SAN, responsável pela Micareta Salvador.

 

De acordo com o blog do Marrom, a festa está prevista para acontecer no mesmo período que o Carnaval no Centro de Convenções de Salvador (leia aqui).

Histórico de Conteúdo