Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Paulo Gustavo ajudou financeiramente 120 pessoas que trabalharam em seus filmes
Foto: Reprodução / Instagram

A diretora Susana Garcia, melhor amiga de Paulo Gustavo, publicou um texto emocionante nesta quarta-feira (5) em homenagem ao ator. Na publicação, Susana revela que Paulo fez doações para a compra de oxigênio em Manaus, durante o colapso no sistema de saúde no estado em janeiro deste ano (veja aqui). 


"Você enviou 500 mil reais para compra de oxigênio e nunca divulgou nada. Lembro um dia, antes de você ser intubado, que você me disse que estava sentindo muita falta de ar, mesmo com cateter de oxigênio, e que você estava feliz de ter comprado oxigênio para as pessoas. Nesse dia no hospital, como sei o quanto você ama os seus amigos, eu comecei a falar de cada um deles e você se emocionou, chorou, a sua saturação caiu e eu na hora mudei de assunto e comecei a falar de projetos. Você disse que queria transformar todo aquele seu sofrimento em arte", escreveu a diretora. 

 

A amiga pessoal do humorista também contou que ele ajudou financeiramente 120 pessoas durante três meses. "Você, na pandemia, depositou por três meses, mil reais por mês para quase 120 pessoas que trabalharam nos filmes que nós fizemos. Você mandou um e-mail pra todo mundo das equipes perguntando quem estava precisando de ajuda. E as pessoas foram tão corretas, que várias falaram que estavam conseguindo segurar e que não precisavam. Mas a maioria recebeu essa ajuda", contou. Susana dirigiu Paulo em diversos projetos, como Minha Vida Em Marte.

 

Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (4), aos 42 anos, após complicações da Covid-19. O artista estava hospitalizado desde 13 de março, em uma unidade do Rio de Janeiro (veja aqui).

 

Histórico de Conteúdo