Assessora rebate Ludmilla após ser chamada de arrogante no leito de morte do pai; ouça
Montagem: Bahia Notícias

Assessora de imprensa de diversos famosos, como Tatá Werneck e Isis Valverde, Juliana Mattoni vem chamando atenção nas redes sociais após um áudio anterior ao encerramento da parceria profissional com Ludmilla - que durou poucos meses - ser divulgado.

 

No material, a empresária rebate a funkeira após ter sido chamada de "arrogante". "Eu acho que você está pegando um pouco pesado, porque uma coisa que eu sei é falar com as pessoas, Ludmilla. Eu sei falar por favor, sei falar obrigada… Eu mandei um livro na sua casa e nunca recebi um obrigada de volta. Eu vejo você me dando ordens e não fala um por favor, você diz 'faz isso'. Então, quem tem que aprender a falar com as pessoas é você", começou.

 

Em outro momento, a comunicadora - que cuidou por anos de Bruna Marquezine e Anitta - disse que nunca havia sido rotulada por agir de maneira grosseira com seus clientes. "Eu faço isso há 20 anos e nunca ouvi reclamação de que eu sou grosseira. Pode perguntar para qualquer pessoa que já tenha trabalhado comigo", informou.

 

"E eu já te disse que eu tenho um time e existe um grupo chamado 'team Ludmilla', que a gente criou com as pessoas de assessoria, com seu empresário e com seu time de mídias sociais. Eu te pedi mais cedo, falei: 'Ludmilla, se eu não estiver online - porque eu tenho outras coisas pra fazer, não sou obrigada a ficar online 24h, não sou paga para isso e nem meu combinado é esse - eu tenho um time que sim, 19h30 está lá para você. É só você mandar sua demanda e eles me procurariam na hora. Então eu acho que você foi um pouco equivocada na sua colocação. Mas eu vou entender que foi um estresse. Não quero encerrar essa parceria com essa energia", avisou.

 

Por fim, Juliana deu um conselho para a ex-cliente. "Vou te dizer mais: acho que não é nem humano você falar para uma pessoa que ela é arrogante e fazer esse tipo de acusação depois de ela dizer que o pai dela está morrendo. De verdade, é só um toque. Por mais que eu fosse isso que você está dizendo que eu sou - que eu sei que não sou - acho que é um pouco cruel você falar isso. Mas acho que você ainda é muito jovem, você ainda vai aprender", apostou. As informações são da colunista Fabia Oliveira. Ludmilla não se pronunciou sobre o ocorrido. Ouça:

 

Histórico de Conteúdo