Quarta, 05 de Agosto de 2020 - 14:00

Grupo espalha fake news apontando morte de influenciador por 'obesidade'

por Júnior Moreira Bordalo

Grupo espalha fake news apontando morte de influenciador por 'obesidade'
Foto: Reprodução / Instagram

O influenciador e ativista da causa gorda, Caio Cal, desabafou em suas redes sociais nesta quarta-feira (5) após ser vítima de fake news espalhada no grupo LDRV do Facebook. O espaço reune milhares de pessoas e costumam tratar de temas da comunidade LGBTI+. A nota apontava que ele teria falecido, em São Paulo, de Covid-19 por conta do “excesso de peso”. "É ódio ao corpo gordo mesmo, crueldade. Sinceramente não entendo o porquê de pessoas gordas incomodarem tanto a esse ponto, ainda mais em um momento tão complicado que estamos vivendo”, comentou, referindo-se às quase 100 mil vítimas fatias da doença. 

 

“Acordei com a notícia de que tinha morrido. Tô aqui explicando pra minha mãe, familiares e amigos que tá tudo bem. É mais um ataque de ódio que sofro em um grupo do Facebook. Cruel. Gordofobia com requinte de crueldade”, escreveu no Instagram. O assunto entrou para os mais comentados do Twitter. Usuários compartilharam como a história foi criada. Veja: 

 

Abalado, o influenciador pediu para que as pessoas sigam cuidando da saúde mental. “Não é fácil tomar porrada todos os dias. Fui parar nos TTs com pessoas preocupadas comigo. Até quando o Facebook vai permitir grupos de ódio? É um sentimento de impotência”, desabafou. No início deste ano, ele deu “um tempo” das redes sociais após receber ataques gordofóbicos após sua participação no Encontro com Fátima Bernardes (relembre aqui).  

Histórico de Conteúdo