Vanessa da Mata faz publicação sobre educação financeira e é criticada: '30% você guarda'
Foto: Márcio Reis /Ag Haack

A cantora Vanessa da Mata publicou um conselho sobre educação financeira em sua conta no Instagram nesta sexta-feira (22) que não pegou muito bem. A intérprete de "Amado" foi intensamente criticada por seguidores ao dizer que, independente da renda, o brasileiro deveria guardar 30% do que ganha - a solução, que parece simples, seria, na opinião da cantora, uma atitude que poderia minimizar os impactos da pandemia da Covid-19 na população.

 

"Não há salgadinho, nem cerveja, nem churrasco ou o que quer que seja, que possa tirar sua poupança. Nós, brasileiros, não sabemos fazer gestão familiar e agora muitos estão sofrendo, o que seria uma troca maravilhosa de churrasco para dias de tranquilidade", argumentou.

 

Vanessa ponderou afirmando que a sugestão seria aplicável aos que tenham uma quantia suficiente para guardar, não sendo aplicável aos "miseráveis" e aos que "não tenham grana para nada". "Se sobra para o churrasco e cerveja, sobra para guardar!".

 

Nos comentários, usuários rebateram a artista. "Adoro gente rica querendo ensinar pobre a viver", disse uma delas. Em resposta, a cantora desabafou: "querida, já fui muito pobre. Passei fome muitas vezes e frio também. Estou falando porque sei!".

 

Com a recorrência de críticas Vanessa alegou em um comentário que estavam querendo jogar nela "a responsabilidade de um país com desigualdade atroz em um post corriqueiro". 

 

Confira a publicação:

Histórico de Conteúdo