Álvaro e Verena são presos em 'Amor' após Penha dedurar plano e morte de atirador
Foto: Reprodução / TV Globo

Com cenas previstas para irem ao ar na segunda fase de “Amor de Mãe”, Álvaro (Irandhir Santos) e Verena (Maria) acabarão presos após uma tentativa de fuga. Nesta altura da trama de Manuela Dias, os planos para usar um atirador em um falso atentado contra o vilão, como também a morte do próprio bandido, serão descobertos. 

 

De acordo com a colunista Carla Bittencourt, do Extra, Estela (Letícia Lima) com sede de vingança, vai encontrar um comprovante de depósito do ex-presidente da PWA referente a um pagamento feito a Penha (Clarissa Pinheiro). 

 

A data da transação, não por coincidência, vai ser a mesma do dia em que a bandida matou o atirador. Com a prova em mãos, a piloto levará o documento para Vitória (Taís Araújo), que entregará a inspetora Miriam (Ana Flavia Cavalcanti).

 

Penha que, antes do casal, vai parar atrás das grades revelará tudo. Sem saída, a ex-empregada de Lídia (Malu Galli) confessará o crime e detalhará que o uso do atirador foi uma ideia de Álvaro para limpar a imagem perante a Raul (Murilo Benício) e demais integrantes da PWA. 

 

Segundo o Notícias da TV, ao tomar conhecimento de que foi dedurado pela mulher de Belizário (Tuca Andrada), Álvaro e Verena decidirão fugir com Álvaro Jr. a tiracolo. Em um carro o casal fugirá até próximo à fronteira com o Paraguai, para onde pegariam um jatinho. 

 

Verena, inclusive, avisará a Érica (Nanda Costa) que a carreira de cantora foi por água abaixo. Mas não só o lado artístico da funkeira acabará arruinado, como também toda a sua vida. Escondidos em um hotel beira de estrada, o vilão e a esposa serão pegos por Miriam (Ana Flavia Cavalcanti), que prenderá os dois e o filho do casal será entregue ao conselho tutelar. 

Histórico de Conteúdo