Ivete Sangalo ocupa mais de 19 horas de exposição na TV durante Carnaval 2020
Foto: Saulo Brandão

Sem surpresas, Ivete Sangalo foi a atração que mais obteve mídia televisiva da última quinta (20) até terça-feira (25). Além disso, as estruturas relacionadas a ela - Camarote Veveta e Bloco Coruja - também predominaram nos noticiários e transmissões ao vivo durante o Carnaval 2020. Segundo um levantamento realizado pela empresa de pesquisa MidiaClip, a cantora ocupou mais de 19 horas somadas de exibição.

 

Atrás dela, aparece a cantora Cláudia Leitte, com 12 horas e 42 minutos, e o cantor Bell Marques, com 12 horas e 12 minutos no ranking dos artistas mais falados e comentados da folia momesca.

 

Imagem: MidiaClip

 

O Camarote Veveta, que estreou este ano, foi o que obteve maior projeção nas transmissões, com mais de sete horas de veiculação, seguido pelo Planeta Band, que teve mais de três horas, e do Mirante do Gigante, também em seu primeiro ano, que teve mais de duas horas de veiculação.

 

Entre os blocos de corda, o maior destaque é o Coruja, com desempenho midiático de mais de 12 horas. Na sequência, vem As Muquiranas, com mais de oito horas, e o Camaleão, com mais de seis horas na mídia.

 

Quanto aos blocos afro e afoxé, o Olodum foi o grande destaque com mais de sete horas de exibição. Atrás dele, veio o Ilê Aiyê, com mais de quatro horas, e os Filhos de Gandhy, com mais de três horas.

 

Ivete só perdeu no quesito "música mais executada". Embora "O Mundo Vai" tenha conquistado o título de "música do Carnaval" nas premiações mais populares (veja aqui), a faixa somou 48 execuções, sendo ultrapassada por "Contatinho" (63 vezes), de Léo Santana e Anitta, e "Tá Quente" (60 vezes), de Psirico.

 

Realizada há 17 anos, a pesquisa visa medir os resultados dos esforços de marketing e mídia espontânea de todas as atrações do Carnaval. Este ano utilizamos inteligência artificial para aferir os números”, afirma o jornalista Luís Cláudio Garrido, responsável pela metodologia do levantamento. “Ganhamos em rapidez e assertividade. É a primeira vez que a inteligência artificial entra na pesquisa do Carnaval de Salvador”, destaca.

 

De acordo com a MidiaClip, caso toda a exposição de Ivete fosse transformada em investimento publicitário, as marcas associadas a ela teriam que desembolsar nada menos que R$ 42,5 milhões em propaganda paga. No caso de Cláudia Leitte, o valor seria de R$ 20,7 milhões. Garrido explica que a diferença entre o tempo e o valor de medição comercial está associado ao horário em que cada atração aparece na TV, às vezes de maior ou menor audiência.

Histórico de Conteúdo